1. Spirit Fanfics >
  2. The love art (imagine BTS hot) >
  3. Eu tenho provas que o Taehyung não te traíu

História The love art (imagine BTS hot) - Capítulo 14


Escrita por:


Notas do Autor


Mores no capítulo anterior eu botei aquela mulher estranha, mas não quis ofender em momento nem um as mulheres de programa, ok? Bjs😙

Capítulo 14 - Eu tenho provas que o Taehyung não te traíu


 

•S/n on•

Eu corri pra longe daquela sala, na intenção de achar Yumi, e quando eu acho ela corre em minha direção vendo meu estado.

Yumi: -S/n, o que aconteceu com você? Você está chorando muito, fala, o que aconteceu?-

S/n: -ele não me amava Yumi, ele me traiu Yumi, ME TRAIU!- falei chorando horrores.

Yumi: -quem te traiu? Calma friend, vamo sair daqui e você me explica- ela correu pro ponto de ônibus e me levou pra casa dela.

Yumi: -amiga o que aconteceu?-

S/n: -o Taehyung me traiu com a primeira puta que apareceu-

Yumi: -Não acredito!-

S/n: -ACHA QUE EU ESTOU MENTINDO?-

Yumi: -Vem cá- ela me puxou pra uma abraço.

Yumi: -quer tomar uma água?-

S/n: -Pode ser- nós fomos pra cozinha e ela me deu a água.

Yumi: -o que vai fazer?-

S/n: -o que eu vou fazer?- pego uma faca no armário.

S/n: -isso é o que eu vou fazer!- 

Yumi: -S/n!-

S/n: -o que foi?-

Yumi: -eu sei muito bem do que você é capaz, não faça isso!-

S/n: -por que? E por quem?-

Yumi: -porque você não pode tirar a vida de alguém só porque essa pessoa te fez mal, não faça isso, por mim, pela Laura, pelos meninos, por tudo que passamos-

S/n: -tá! Nem minha melhor amiga me entende- larguei a faca e sai da casa.

Yumi: -S/n! Volta!-

S/n: -eu me viro Yumi-

Fiquei andando sem rumo por Seul, parecia que tudo tinha acabado, não tinha mais forças pra continuar. Caminhei até um rio e fiquei pendurada na ponte.

S/n: -eu te amava muito Kim Taehyung, ainda te amo, você me fez tão feliz, nós rimos tanto, me diverti tanto com seu pau de Ana conda, já me fudi tanto por você, fui sequestrada, quase morri, fui estuprada, e agora vou morrer, pra não ficar com o peso do amor da minha vida ter me traido. EU TE AMO KIM TAEHYUNG, E NEM UMA PUTA VAI FAZER EU PARAR DE TE AMAR, NO INFERNO OU NO CÉU EU SEMPRE VOU TE AMAR!- 

Não aguentei e me joguei na ponte, caindo com tudo no rio. não via mais nada, tudo estava preto, estava um silêncio perturbador, acho que meu desejo foi concedido, acho que toda a dor foi embora, acho que eu morri.

• • • 

Comecei a sentir o corpo, e me movimentar, provavelmente já tinha chegado a área do julgamento. Até que ouço uma voz familiar, estava chorando, e... ESTAVA FALANDO MEU NOME!-

$$$: -S/n, não me deixe, não vou saber viver sem você, S/n, por favor fique comigo, é tudo culpa minha se aquela idiota não tivesse aparecido na minha sala nada disso teria acontecido- eu abro o olho e vejo quem era.

S/n: -Tae Tae?-

Taehyung: -S/n! Enfermeira ela acordou!-

S/n: -o que?-

Taehyung: -achei que ia te perder S/n-

S/n: -por que está aqui? Você não se importa comigo-

Taehyung: -claro que me importo S/n!-

S/n: -se você se importasse não teria me traído-

Taehyung: -eu não te traí S/n-

S/n: -então quem estava te beijando?-

Taehyung: -Não sei o nome dela-

S/n: -NÃO SABE NEM O NOME DA PUTA E ME TRAIU COM ELA?-

Taehyung: -S/não,  eu me importo muito com você, só você ainda não percebeu isso. Eu tenho certeza que essa foi só mais uma barreira pro nosso amor, mas eu te garanto que eu não te traí-

S/n: -eu sou cega agora? Vai dizer que não estava aos beijos com ela?-

Taehyung: -ela me beijou-

S/n: -você cedeu-

Taehyung: -S/n quando a Yumi apareceu e disse que você tinha sumido eu botei toda a polícia de Seul atrás de você, até que te encontraram no rio, disseram que você tinha se jogado, sabe como eu fiquei S/n? Por que fez isso?-

S/n: -pra tirar o peso de ver o amor da minha vida me traindo com uma puta que nem sabe o nome-

Taehyung: -você ainda me ama?-

S/n: -nunca disse que parei de te amar, mas eu não quero ficar com você, acha que eu sou um brinquedo? Que quando se cansa pega outro?-

Taehyung: -S/n, por favor- a enfermeira chegou na sala.

Enfermeira: -senhor por favor se retire, os batimentos da paciente estão aumentando muito com sua presença-

Taehyung: -Tá certo S/n, já que é assim- ele saiu chorando da sala que eu estava.


•Taehyung on•

Sai da sala, fui pra empresa pra encontrar o Jimin, ele sempre tem ideias boas, com certeza ia me ajudar.

Taehyung: -Jimin!-

Jimin: -oi!, sinto muito pela S/n, eu vi no jornal que ela está internada-

Taehyung: -me ajude a provar que eu não traí ela-

Jimin: -e você traíu?-

Taehyung: -claro que não! Eu amo a S/n mais que tudo na vida-

Jimin: -ok, me explica como aconteceu-

Taehyung: -bom, eu estava trabalhando normalmente até chegar uma mulher estranha na minha sala sentou no meu colo e disse que queria ser minha secretária, eu disse pra ela que não tinha vaga e tirei ela do meu colo. Ela ficou se insinuando e oferecendo programa, aí eu recusei e disse que era fiel a S/n, ela me beijou e começou a xingar S/n, eu me estressei e bati nela, ela me beijou de novo e a S/n entrou na sala-

Taehyung: -Não quero perder a S/n, ela é muito importante pra mim, ela é minha cara metade, ela me completa-

Jimin: -porra, aí complicou-

Taehyung: -pois é-

Jimin: -vamo pra sua sala pra eu ver se tem alguma coisa- fomos andando e falando possibilidades até chegarmos na sala.

Taehyung: -tá aí a cena do "crime"- Jimin ficou olhando a sala toda.

Jimin: -Ali!-

Taehyung: -o que?- 

Jimin: -as câmeras!-

Taehyung: -isso! Sabia que você acharia um jeito!-

Jimin: -juntando o vídeo e o áudio vamos ter provas que você não fez nada!-

Taehyung: -a sala de controles! Vamos logo- fomos correndo pra a sala de controles das câmeras.

Jimin: -espera, espera...-

Taehyung: -VAI LOGO!-

Jimin: -pronto!-

Taehyung: -isso!-

Jimin: -áudio e vídeo prontos! Provas perfeitas!-

Taehyung: -tenta convencer ela agora-

Jimin: -por que você não vai?-

Taehyung: -ela não que me ver seu trouxa-

Jimin: -tá certo! Vou fazer com que vocês voltem!-


•Jimin on•

Fui pro hospital ao encontro de S/n, precisava fazer com que aqueles dois se reatassem, eu nunca vi amor tão verdadeiro como o deles, não era qualquer paixão passageira, eu sentia que o amor deles era diferente, era verdadeiro.

Jimin: -com licença, enfermeira pode me dizer onde está Kim S/n?-

Enfermeira: -Acabou de ser transferida pra outro hospital-

Jimin: -Qual?-

Enfermeira: -um hospital em Busan-

Jimin: -Busan!?-

Enfermeira: -sim, mas ela acabou de sair, pode ser que a encontre no aeroporto-

Jimin: -obrigado!- corri o mais rápido que pude até o meu carro, dei partida e acelerei com tudo, poderia levar uma multa, mas a S/n é muito mais importante.

Jimin: -S/n!-

S/n: -o que você está fazendo aqui?-

Jimin: -achei que ia pra um hospital?-

S/n: - eu ia me mandar de Seul pra esquecer o Taehyung-

Jimin: -como fez isso?-

S/n: -falei pra enfermeira que qualquer pessoa que aparecesse me procurando era pra dizer que eu fui transferida pra um hospital em Busan-

Jimin: -ia pra Busan?-

S/n: -vou pra Dae... não te devo satisfações!-

Jimin: -S/n, eu tenho provas que o Taehyung não te traíu-

S/n: -me mostre!-

Jimin: -aqui- mostrei o vídeo pra ela.

S/n: -aaaah então essa puta era garota de programa, como briguei com o Taehyung por causa disso? Ele deve me odiar agora- ela falou abaixando a cabeça.

Jimin: -ei, ei, ei, S/n, ele me pediu pra procurar provas que ele não te traíu-

S/n: -Sério?-

Jimin: -ele te ama S/n, e... eu gravei isso também, aqui olhe-

 -me ajude a provar que eu não traí ela-

 -e você traíu?-

-claro que não! Eu amo a S/n mais que tudo na vida-

 -ok, me explica como aconteceu-

 -bom, eu estava trabalhando normalmente até chegar uma mulher estranha na minha sala sentou no meu colo e disse que queria ser minha secretária, eu disse pra ela que não tinha vaga e tirei ela do meu colo. Ela ficou se insinuando e oferecendo programa, aí eu recusei e disse que era fiel a S/n, ela me beijou e começou a xingar S/n, eu me estressei e bati nela, ela me beijou de novo e a S/n entrou na sala-

 -Não quero perder a S/n, ela é muito importante pra mim, ela é minha cara metade, ela me completa-


Jimin: -viu? Ele te ama!-

S/n: -obrigada Jimin!- ela me abraçou.

S/n: -muito obrigada mesmo!- ela saiu correndo do aeroporto deixando tudo que ia levar no chão.


•Taehyung on•

Eu já estava aflito, Jimin não tinha chegado, e não tinha nem um sinal de S/n. Até que eu vejo a porta da minha sala ser aberta com força, e quando eu olho mais perto, é a S/n!-

Taehyung: -S/N!-

S/n: -me desculpe por tudo!- ela me abraçou.

Taehyung: -não tem problema, o importante é que você está aqui! Comigo!-



Notas Finais


E aí mores gostaram???


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...