História The opposite sides - Capítulo 3


Escrita por: ~ e ~Choii_Mandyy

Postado
Categorias Black Pink, Got7, Jay Park
Personagens BamBam, Jackson, Jay Park, JB, Jennie, Jinyoung, Jisoo, Lisa, Mark, Personagens Originais, Rosé, Youngjae, Yugyeom
Tags Aventura, Blackpink, Criminal, Got7, Jackson, Jay Park, Suspense, Vingança
Visualizações 54
Palavras 1.609
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Festa, Hentai, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


LaLaLa, ninguém lê as notas do autor, e eu nunca sei o que colocar, então... Só vai kkkk

Capítulo 3 - The Party


Fanfic / Fanfiction The opposite sides - Capítulo 3 - The Party

Pov. Min Moon

 

  Estava pensando em tudo que aconteceu, em um único dia, descobri que minha melhor amiga é uma gângster, meu pai matou minha mãe, a mesma que me esconde algo desde que nasci e agora estou fugindo de casa para nunca mas voltar. Sinto algumas lágrimas escorrendo por minhas bochechas, enxugo rapidamente meu rosto, olho para janela, vendo as ruas movimentadas de Seul, vejo o céu estrelado, olho para Mandy e pergunto:

 — Vai demorar muito? Eu quero beber para caralho. – Ela me olha e da risada, começo a rir junto.

 — Não, já estamos chegando, só toma cuidado não fique muito longe de mim, vai ter vários mafiosos e você ainda não sabe se proteger, pode dar algo errado, a qualquer momento. – Ela me responde, e me olha séria.

 — Tudo bem. – Volto a olhar pela janela, logo ela estaciona o carro, Mandy pega uma arma no porta luvas e coloca na cintura, saímos do carro, tinha uma fila enorme, Mandy passa reto até os seguranças, vou atrás dela, ela pega minha mão e sai me arrastando para dentro da boate Papillon, entramos logo senti o cheiro forte de maconha, a música alta tocando, varias pessoas chapadas, dançando, a noite só está  no começo, começamos a subir as escadas em direção à área VIP, logo os seguranças deixaram-nos passar, olho em volta, vejo o Bambam, o YuGyeom, um garoto com o cabelo castanho, muito bonito, sentado, bebendo, e conversando com um guri que estava de camiseta branca, uma calça jeans rasgada e um vans preto, logo o menino de blusa branca vem até nós e fala:

 — Oi Mandy. – Mandy fica vermelha, ele à abraça e da um beijo na testa dela. Olho para onde estava o YuGyeom, ele vem em minha direção e diz: 

 — Vem aqui comigo, e deixa o casal ai. – Eu dou risada e sigo ele até os grandes sofás, me sento ao lado dele, vejo uma garota com roupas vulgares, entrando com várias bebidas em uma bandeja, ela vem até onde estamos coloca a bandeja em cima da mesa, senta no colo do YuGyeom e começa a beija-lo, olho para o lado com nojo dela, pego uma bebida que está na mesa e bebo de uma vez, reparo que alguém se senta do meu lado.

 — Oi, eu sou Jackson Wang e você? – Ele sorri, cato outro copo de bebida, bebendo aos poucos, olho para ele e digo.

 — Moon... Min Moon. – Ele me olha com sangue nos olhos, levanta, tira uma arma da cintura, destrava e aponta para minha cabeça. Já imaginava que ele ia fazer isso, afinal sou filha do maior inimigo dele, coloco o copo em cima da mesa novamente, me levanto. Todos param o que estão fazendo e olham para nós dois.

 — QUEM DEIXOU ESSA GAROTA ENTRAR NA MINHA BOATE? – Wang pergunta um pouco alterado. — VOCÊS TEM MERDA NA CABEÇA NO LUGAR DO CÉREBRO? – Mandy se aproxima, junto com o garoto de camiseta branca, BamBam, YuGyeom, e mais 3 garotos.

 — Calma Dude, ela está acompanhando a Mandy, não está armada, nem com algum tipo de rastreador ou escuta. – O garoto da camiseta branca fala.

 — CALMA O CARALHO MARK, ELA PODE FALAR DEPOIS PARA O PAPAIZINHO DELA AS INFORMAÇÕES QUE ELE PEDIU, E VOCÊ MANDY, DA ONDE CONHECE ESSA GAROTA? – Então o garoto de camisa branca se chama Mark, interessante.

 — Ela é minha melhor amiga, conheço ela a anos, você deveria se acalmar, porque ela vai ser muito útil para você ainda. – Olho para Mandy, pego meu copo da mesa, bebo tudo, olho para Wang reviro os olhos e digo:

 — Escuta aqui, não tenho medo de você, nem pense que apontando uma arma para minha cabeça eu vou ter, acabei de perder minha mãe, porque o idiota do homem que se diz meu pai matou ela, estou com vários problemas na minha mente, então faz o favor de abaixar essa arma, antes que eu perca o resto da minha paciência. – Me sento, YuGyeom entra na frente do Jackson e fala:

 — Cara, melhor se acalmar, ela está passando por vários problemas, não merece isso. – Me levanto novamente, olho para ele mortalmente e digo: 

 — Não preciso da sua dó, muito menos da do seu amiguinho, volta a comer aquela puta, porque é a única coisa que você fez de útil hoje. – O empurro para sair da minha frente, pego mais um copo de bebida, desço as escadas deixando todo mundo lá em cima, vejo quatro meninas muito bonitas vindo em minha direção, olho para trás, Mandy está descendo as escadas correndo. 

 — Que merda foi aquela? Ele poderia ter te matado. – Ela fala, reviro os olhos e bebo todo o conteúdo do meu copo.

 — Eu estou pouco me fudendo para ele, olha minha cara de quem se importa se o menino mimadinho não gostou da minha presença aqui. – Mandy começa a rir e eu olho para ela sem entender, cato mais uma bebida do garçom que acabou de passar do meu lado, Mandy também cata uma.

 — Oi Mandy, e você deve ser a Moon, certo? – As quatro garotas de antes aparecem, a de cabelos ondulados pergunta.

 — Oi, que bom que vocês chegaram, Moon essa é a Jennie, essa é a Lisa. – Ela aponta para a garota dos cabelos ondulados, depois para uma ruiva. – Essa é a Rosé e a Jisoo. – ela aponta para as outras duas.

 — Olá garotas, devem ser vocês que vão me ensinar, o necessário para me vingar, Mandy já contou toda a minha história né? – Elas concordaram com a cabeça.

 — Bem, vamos esquecer toda essa história, teremos dois meses para isso, vamos curtir a festa, vamos dançar. – Lisa fala, fomos eu, Mandy e as quatro para a pista de dança.

 — Ei tem alguém olhando para você sem parar. – Jisoo fala um pouco alto para mim, por causa do som e aponta com a cabeça para cima, olho e vejo YuGyeom olhando para mim enquanto danço com as meninas, ao lado do Mark que olha fixamente para a Mandy, eu shippo muito os dois, YuGyeom fala alguma coisa no ouvido do Mark, eles se olham e se viram. Continuo dançando, quando de repente sinto mãos em minha cintura, sinto o cheiro do perfume e reconheço ser do YuGyeom, me viro e comprovo que é, continuo dançando com ele, olho e vejo as meninas com outros garotos, Lisa com o BamBam e Mandy com o Mark.

 — Me desculpa por não ter te dado à atenção necessária, você está linda. – YuGyeom fala no meu ouvido, enquanto dançávamos.

 — Não tem problema, me desculpe por ser grossa, não foi minha intenção, os problem... – Ele me interrompe com um beijo, sua mão desceu de minha cintura para minha bunda, me puxando para mais perto e apertando a mesma. Ouço barulho de tiros e me afasto olho em volta ele pega minha mão tirando a arma da cintura apontando para todos os lados, as meninas também pegaram suas armas, logo alguns seguranças se aproximaram, YuGyeom ia me puxar para área VIP quando, Jennie puxa meu braço e fala:

 — Ela precisa vir com a gente. – YuGyeom me olha confuso, me dá um beijo rápido, solta meu braço e eu saio correndo por uma saída de emergência, as meninas e Mandy correm atrás quando eu sinto uma ardência no meu braço esquerdo, solto um grunhido de dor e vejo escorrer sangue, continuo correndo até chegar no carro de Mandy.

 — O que aconteceu com seu braço? – Ela pergunta.

 — Uma bala pegou de raspão, vou ficar bem. – Ela rasga o tecido da minha blusa, amarra no meu braço.

 — Você vem com a gente, vamos para Anyang agora. – Rosé fala. Vejo os meninos se aproximando, Jackson não estava com uma cara nada boa.

 — O que aconteceu com seu braço? Você está bem? Machucou muito? – YuGyeom começa a falar rápido, Jackson olha para mim e revira os olhos, também reviro os olhos e mostro o dedo do meio para ele.

 — Estou bem, foi uma bala que pegou de raspão, mas agora eu preciso ir. – Fico na ponta dos pés e dou um beijo na sua bochecha, ele fica vermelho e bagunça seus cabelos, dando um sorriso.

 — Chega de melação, precisamos ir embora, essa garota não vai vir junto né? – Jackson aponta para mim, e faz cara de nojo.

 — Para sua infelicidade tenho que ir para Anyang, só volto daqui a dois meses, não precisa chorar de saudades. – Digo rindo da sua expressão.

 — Não sonha. – Ele se vira, entra num Bugatti preto e sai cantando Pneu.

 — Ele é sempre escroto desse jeito, ou é a TPM? – Pergunto e faço os meninos darem risada.

 — Você precisa ir, vou sentir saudades. – Mandy diz, me abraçando.

 — Vamos conversar por ligação todo dia, vai passar rápido. – Ela concorda, dou tchau para todos os meninos e entro no banco de trás da Lamborghini das meninas, com elas já me esperando lá.

 — Está pronta para aprender a ser uma gângster de qualidade? – Jennie pergunta, ainda prestando atenção na pista.

 — Sim, sempre quis aprender a atirar, acredito que vou aprender rápido, quero ser a melhor, quero destruir meu Appa e todos que ajudaram a matar minha Omma, também quero descobrir, o que ela pretendia me contar e porque ela foi morta. – Digo sentindo um nó na minha garganta.

 — Vamos te ajudar e os meninos também, Jackson pode ser difícil de lidar no começo, ainda mais por você ser filha do maior inimigo dele, mas depois ele muda. – concordo com a cabeça e seguimos a viagem em silêncio.


Notas Finais


Era para euzinha ter postado ontem, postei? Não, porém foi por uma boa causa, eu juro. Espero que tenham gostado, até domingo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...