1. Spirit Fanfics >
  2. The Resurgent Prince(Surubangtan) >
  3. Capítulo 26

História The Resurgent Prince(Surubangtan) - Capítulo 30


Escrita por:


Notas do Autor


Oiii

Todo bem com vocês ? ❤️❤️❤️❤️❤️❤️❤️❤️

Mais alguém está chateado (a) com o Spirit? 🤔🤔🤔🤔😪😪😪😪

Boa leitura ❤️❤️

Capítulo 30 - Capítulo 26


Narradora on

Há mais de 300 anos um ser possuído pela obsessão ao poder passou a fazer coisas horrendas para obtê-lo. Causando revolta entre outros seres que não via outra forma a não ser pará-lo a qualquer custo.

Custo esse que poderia marcar uma pobre alma para sempre. Tendo em mente que uma alma corrompida pode levar a todos há mais profunda escuridão.

Onde detenemos nossos medos e angustias.

Nenhuma morte é valida, se só uma alma corrompida pode com o mais profundo mal deixa-te ser lavado pelas sombras, é destruí o que a de bom em se mesmo.

Luta contra às sombras é luta contra seus medos, é perder sua inocência, é entregá-la ao mais profundo frio.

Para vencer às sombras lutará contra se mesmo, é não deixa que bem e mal te controle, é briga por seu próprio controle e destino.

É está pronto para morrer se necessário, é está pronto para ser feliz por suas decisões.

Beijar seu mais profundo demônio e deixá-lo partir…

Narrado por isso

Como todos já se encontravam na sala, suspiro e começa a contar a história/lenda sobre ás sombras.

- Há 300 anos atrás quando os seres sobrenaturais viviam em harmonia crianças começaram a desaparecer com isso as brigas começaram bruxas culpavam os vampiros, os vampiros os lobos e assim por diante. Mesmo que seus filhos fossem sequestrados eles não param de culpa a todos, enquanto isso acontecia mais crianças desapareciam. Um ser obcecado por poder utilizar as crianças como sacrifício e até mesmo como alimento para obter mais poder.

Comendo partes específicas das crianças conseguia mais força e uma quantidade de poder imenso. Até que em uma noite nasceu primeiro híbrido que se tornaria um dos seres mais fortes e poderosos.

Com a ganância por poder você foi atrás da criança que tinha acabado de vim ao mundo, arrancando bebê dos braços da mãe o levou para sacrificá-lo e comer seus órgãos, partes do corpo. Mãe revoltada pelo sequestro do bebê foi atrás dos Deuses perdido pelo seu filho, a Deusa lua sentida pelo o que acontecia mesmo que a jovem mãe não fosse um dos seus filhos.

Ela lidaria a força e o poder necessário para dertê-lo, mas teria um preço a se pagar. - respiro fundo e continuou contando enquanto imagens passavam em frente de nossos olhos.- Ela foi de encontro com o ser, Chegando a tempo de salva seu filho. Bom, isso foi o que ela pensou. Mas como a Deusa disse teria um preço a se pagar.

Ao chega viu seu filho em cima de um tipo de alta, assim que chegou perto foi repelida para longe.

__ Achou mesmo que deixaria o alta sem proteção. __ falou se aproximando dela.

__ Não, mas a esperança é a última que morre.__ disse com um tom de amargura.

__ Não séria a última que fica. Já que ela foi a única que ficou na caixa de Pandora. __ sorriu de lado de deboche. __ O que quer? Na verdade não precisa falar, já sei, que o seu filho de volta. __ foi até o alta.

__ Não encosta nele.

__ Não vou. __ em meio ao deboche com uma adaga foi aproximando-se do bebê.

A jovem desesperada começou a receita palavras para ela desconhecida. Quando percebeu fumaça negra saía do ser que aos poucos desaparecia.

Ao vê que seria seu fim a criatura enfiou a faca no coração do bebê o marcando como receptáculo, ao passo que a fumaça ficava mas densa adentrava a obtenção criança.

__ Sombra me tornarei e o fim de todos trarei.

Com essas palavras desapareceu por completo e por fim a morte da criança, destruição de uma alma.

A jovem não entendo o que ocorreu, começou a chora a sua perda.

__ Deusa lua, perdi pelo o meu filho __ chorando disse.

__ Disse que teria um preço a se pagar, salvei as futuras crianças mas o preço foi uma alma inocente que por culpa do acaso foi o seu filho. Todo tem um preço na vida, assim como nas escolhas que fazemos não pode salva seu filho, para que pudesse salva outros. Foi uma boa vontade sua pois seu filho foi destinado para outra missão dá próximo vida.

__ Não perdi por isso, só queria meu filho.__ movida pela raiva e pelo ódio jurou a Deusa que todos iram paga. Os anos passaram e ela conseguiu o controle sobre ás sombras mas não antes de que as mesmas tivessem seu primeiro herdeiro já que podia se possuir um humano de alma sombria.

E assim foi que às sombras passou a existir. - termino de conta.

- Se ás sombras estava sobre o controle dessa mulher, como ela está agora atrás do Perth? - perguntou o Saint.


Notas Finais


Desculpa se tiver algum erro ❤️❤️
Até o próximo ❤️❤️❤️❤️❤️❤️❤️❤️❤️❤️


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...