História The Second Dimension - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Visualizações 4
Palavras 2.666
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Ficção Adolescente, Luta, Magia, Mistério, Sobrenatural, Universo Alternativo
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Espero que gostem, me desculpem por demorar a postar, mas ultimamente eu tenho estado desanimada para fazer qualquer coisa, se possível deixe seu comentário caso esteja gostando, ou ate mesmo digas do que possa melhorar. :-)

Capítulo 3 - A escola Parte 2


Descemos a pequena colina e caminhávamos por um caminho de grama, a nossa volta havia casas, pequenas colheitas, e muitas pessoas passando e a maioria ia para o mesmo lugar, uma construção de madeira que mais parecia uma cabana pequena, até demais, porém as pessoas continuavam entrando de montes no local, mas ao entrar me deparei com um enorme salão cheio de mesas e pessoas sentadas nelas, havia crianças e adultos que não passavam dos 25 anos, havia animais por todos os lados e pessoas com traços de animais como orelhas de coelho, olhos de águia, unhas de tigre e entre outros, porém mais uma vez assim que nos viram todos nos encaravam. Olhei para Lara e ela não desviava o olhar, então perguntei.
  - Por que a diferença de tamanho daqui de dentro para a de fora?
  - Aqui não aprendemos apenas a lutar, também aprendemos alguns truques. -Disse Lara sorrindo.
  - Mais por que estão... 
   Não consegui acabar minha fala, pois uma voz feminina gritou pelo nome de Lara, no mesmo instante vi Lara se abaixando e algo ou alguém passando voando por cima da mesma. Uma menina de cabelos lisos e loiro escuro, pele branca, olhos verdes, vestia um Jens escuro e uma blusa azul marinho, ela era linda, até parecia que tinha saído de um retrato, ela olhou para Lara aborrecida e disse.
  - Por que você se abaixou?
  - Porque você iria me acertar. -Diz Lara calmamente.
  - Eu ia te abraçar. - Diz a menina cruzando os braços e olhando brava para Lara.
  Lara apenas revirou os olhos e antes que eu percebesse Lara estava pegando várias comidas em uma banca que havia pizzas, batatas fritas, arroz, salada, e outros tipos de comidas como sushi, espaguete, sopa, e outros que não consegui identificar o que eram, Lara me passou um prato cheio com um pouco de cada coisa que eu conhecia, arroz, batata frita, pizza e macarrão, a menina ainda estava a brigar com Lara quando nos sentamos na mesa mais afastada de todos.
  - Você é muito chata. -Diz a menina.
  - Ok. -Respondeu Lara comendo pizza.
  - Você nunca vai ter amigos desse jeito. -Diz a menina a provocando.
  - Huhum. -Limitou-se Lara a dizer.
  - Mais não se preocupe você tem a mim. -Diz a menina orgulhosa apontando para si mesma.
  - Entendi. -Lara não tirava os olhos de sua comida.
  - PARA DE SER TÃO FRIA. -Gritou a menina.
  - E você pare de encher o saco dela.
   De repente surgiu um menino atrás de nós, seu cabelo era um pouco comprido o suficiente para cobrir suas orelhas e preto, seu cabelo estava meio arrumado e meio bagunçado, seus olhos eram azuis, sua pele era bronzeada, ele usava um Jens escuro e uma blusa branca junto a um moletom preto que estava aberto.
  - Eu não estou enchendo o saco dela. -Diz a menina.
  - Está sim. -Diz Lara.
  - É... Desculpem-me mais estou voando no assunto. -Digo meio sem graça.
  - A me desculpe eu nem me apresentei, sou Bruna e este é meu Soul Leon, e somos amigos da Lara. -Diz ela alegremente.
  - Run. -Bufou Lara.
  - Ei Lara, o professor de "Lobos" está te chamando. -Diz Leon.
  - Estou comendo. -Diz Lara.
  - Mais ele mandou você ir agora. -Diz Leon olhando para Lara.
  - Você é surdo? Estou comendo. -Diz Lara mais uma vez e olhando para ele, e eu podia jura que vi faísca saindo dos olhos dos dois.
  - Mais e ele? Ou melhor, qual o seu nome? –Pergunta Bruna. 
  - Me chamo Rafael. -Digo.
  - O professor já foi informado do aluno novo e que ele estava com Lara, então fomos encarregados de fazer o que Lara estava fazendo e a mandar ir ver ele. -Diz Leon sem emoção alguma.
  - Entendi, então irei ver o que aquele velho quer, falta apenas mostrar a escola. -Diz Lara se levantando e saindo.
  - O que te trás aqui? - Pergunta Bruna.
  - Na verdade nem eu sei, vi algo brilhando na parede de minha sala de aula, fui tentar tocar e uma mão me puxou, e agora estou aqui. –Digo.
  - Que estranho alguém te puxou? -Pergunta Bruna.
  - Sim.
  - Realmente estranho geralmente todos que vem para cá é por acidente. -Diz Leon.
  - Como assim por acidente? Como vocês vieram parar aqui? - Pergunto confuso. 
  - Eu estava acabando de descer as escadas e "cai em um buraco", agora estou aqui. -Diz Bruna, comendo o resto de batata que Lara havia deixado no prato.
  - Eu estava em uma piscina e quando fui subir para respirar, eu estava em um lago a alguns metros daqui. -Diz Leon.
  - E quem trouxe vocês? -Pergunto confuso.
  - Lara. -Disseram ambos em uníssono.
  - Uau.
  - Mas não pense que é qualquer um que vem para cá, você tem que ter uma média de magia, para poder passar pelos  portais, senão você apenas passa por ele mais não é teletransportado pra cá. -Diz Leon.
  - Entendi.
  - Mas então, já acabou de comer? -Pergunta Bruna.
  - Não eu... Que? 
  Sem que eu percebesse eu já tinha comido toda aquela comida que Lara havia me dado. Saímos e andamos até a "quadra".
  - Bem não vamos te apresentar o Campus inteiro, apenas os principais lugares. - Diz Leon.
  - Entendo, e o que é essa quadra enorme? 
  - É o nosso campo de treinamento, com as Souls, magias e o treino na forma animal. -Diz Bruna apontando para lugares diferentes enquanto fala.
  - Entendo. -Digo olhando para a quadra, então foquei em vários lobos que fazia uma espécie de circuito, desviando de obstáculos, pulando sobre um enorme buraco e escalando uma parece rochosa.
  - Veja, Lara está treinando como lobo, você sabe dizer qual é ela? – Pergunta Bruna alegremente.
  Olhei atentamente eles correrem, havia várias cores de lobos, marrons, cinzas, alguns eram avermelhados, olhei mais atentamente e vi um lobo que se destacava entre todos, um lobo negro, na verdade o único lobo negro, então eu apontei e disse.
  - Aquele ali, o lobo negro.
  - Isso mesmo, ela se destaca entre todos. -Diz Bruna parecendo triste.
  De repente ouvimos latidos e barulhos de lobos brigando, três lobos por algum motivo brigavam com Lara, eu olhava aterrorizado, eles brigavam e não hesitavam, de repente um homem adulto de cabelos compridos e castanhos, alto e todo forte parou a frente deles e pôs as mãos no chão. Não acreditei no que eu via, foi como se a terra o obedecesse e uma jaula feita de barro cercou cada um dos lobos individualmente os separando, por estarmos longe não pude entender o que ele dizia, mais liberou Lara, ela voltou a sua forma humana e foi caminhando até a floresta.
  - Ela vai para a enfermaria, vou ver como ela esta. –Diz Leon se transformando em um cavalo e correndo em direção a Lara.
  Surpreso eu olhei para Bruna e ela apenas sorrio para mim.
  - Vamos continuar? Tenho que te mostrar mais algumas coisas. -Diz Bruna sorrindo.
  Andamos em direção a duas construções de quatro andares enormes em comprimentos, entramos e por dentro era maior ainda, igual o refeitório que engana seu tamanho de fora com o de dentro, ela me mostrou o andar térreo, onde havia a recepção, sala de limpeza e outras salas que estavam trancadas, subimos apenas no primeiro andar, e meu Deus eu nunca havia visto tantas portas na minha vida, ela explicou que aqui era os dormitórios e cada quarto tinha um quarteto dormindo nele, e era tudo junto e misturado meninos com meninas, pois as Souls devem ficar perto de seus parceiros caso algo aconteça.
Saímos e a poucos metros dos dormitórios tinha duas casas de banho, uma para meninos e outra para meninas e cada andar tinha seu horário para tomar banho.
  - Vamos Rafael ? Só faltam as salas de aula. -Diz Bruna sorrindo.
   Andamos por uma trilha de grama que passava por várias casas, pessoas normais pareciam morar ali, mais não sei, vai que não é.
  - Bruna quem vive nessas casas? -Pergunto olhando para todos os lados procurando sinais de alguém.
  - Lara não te disse?
  - Não.
  - Bem sabe aquelas lendas todas, desde lobisomens até fantasmas?
  - Sei. -Digo meio desconfortável.
  - Bem, deve ser só história para boi dormir, mais pelo que me falaram, assim que o dragão negro selou seu irmão, ele pediu a alguém mais poderoso que ele, provavelmente seu mestre, que criasse outro mundo, ele queria que os humanos e criaturas vivessem separadamente para assim não haver mais conflitos como o que eles passaram, pois muitas vezes humanos morreram por causa de criaturas "paranormais” como são chamadas no outro lugar.
  - Entendo então elas realmente existiram, eu pensei que o ser humano apenas tinha uma mente fértil para poder cria-los e colocar em filmes. -Digo tentando assimilar toda aquela informação. 
  - É eu também pensava, e bem toda a alma que não consegue tomar seu caminho até o céu, é manda para cá e fica vagando até finalmente chegar a hora de subir ou descer. –Diz Bruna chutando uma pedra a nossa frente.
  - Entendo isso é incrível. –Digo ainda tentando assimilar a informação. 
  - Sim, e algumas dessas criaturas vivem aqui pacificamente conosco, por isso dessas casas, é o lar deles, lógico que tem aqueles que fazem maldades e outras coisas, e é aí que nós guerreiros e Souls entramos, ajudamos a manter este mundo pacífico e calmo, apesar de ser difícil. - Bruna ria como se aquilo tivesse sido uma piada.
  - Bruna me responde uma coisa? 
  - Claro.
  - Por que todos olham diferente para Lara? -Olhei para Bruna e ela havia ficado com um olhar triste.
  - Bem... -Bruna parecia ter parado para pensar antes de falar.
  - Bem?
  - Já que provavelmente você vá ficar aqui e vire parceiro de Lara, você tem que saber.
  Eu apenas a encarei, ela continuava a caminha, porém de cabeça baixa.
  - A alguns anos atrás Lara tinha um parceiro chamado Lucas. Eu, Leon, Lara e Lucas nos dávamos muito bem, nós quatro riamos, brincávamos e fazíamos missões juntos, mas em uma missão, Lucas havia sido ferido gravemente pela ordem da Luz.
  - Ordem da Luz ??
  - Sim um grupo que dizem servir ao grande dragão branco.
  - Entendo, continue. -A motivei a prosseguir. 
  - Lucas foi ferido gravemente e desmaiou, ficamos chocados, pois pensamos que ele havia morrido nos braços de Lara. Lara ficou tão furiosa e chateada que se transformou no Dragão Negro, e por não conseguir controla-Lo ela saiu atacando tudo e todos, até mesmo Leon e eu ela atacou, de repente sem que percebêssemos Lucas havia levantado e caminhado até o Dragão, de tanto ele chamar por seu nome Lara havia voltado para a forma humana, eu tinha pensado que já estava tudo bem, mas os olhos de Lara ainda mostravam o Dragão Negro, e quase que sem que conseguíssemos perceber Lara atravessou sua mão e braço pelo peito de Lucas, o mesmo a abraçou e caiu no chão, Lara voltou a si quase que na mesma hora e quando percebeu o que fez começou a gritar de desespero.
  - Uau, isso é realmente triste. -Digo abaixando a cabeça.
  - Depois disso Lara, não sorri mais como antes, não brinca, ela ficou fria, e toda vez que alguém daqui puxa briga com ela, ela se deixa mais apanhar do que se defender, pois ela pensa que deve ser punida por isso. -Diz Bruna parecendo que ia chorar a qualquer momento.
  - Por isso todos a olham diferente. 
  - Sim, naquele dia foi como se algo dentro da Lara tivesse morrido.
  O clima havia ficado tenso mais eu ainda tinha mais uma pergunta.
  - Por que eles não controlam os animais focos deles e os tipos normais e especiais sim?
  - Por serem tipos sagrados eles têm mais poder já de natureza, os tipos normais e especiais controlam tão bem, pois esse poder eles nascem e vão aprimorando, assim como uma recarga, já os tipos sagrados já nascem com um poder extremo e pode ser melhorado, mais isso só afeta os animais foco, já que os outros animais deles não tem tanto poder quanto os focos. 
  - Confuso, mais entendi.
  Antes que eu percebesse tínhamos chegado a um prédio de 3 andares, que literalmente se parecia com uma escola normal, entramos e dentro era normal o tamanho de fora era o mesmo que o de dentro, então Bruna falou.
  - Cada andar é de uma série diferente, primeiro andar os novatos, segunda andar os médios e no terceiro os fodões.
  - Entendi, e quais as aulas?.
  - Temos aulas de conhecimento de plantas, aulas de magia, história, estratégias, medicina, artes marciais e luta com armas. - Bruna contava nos dedos enquanto falava as matérias.
  - Uau são muitas.
  - Sim mais as Souls tem uma aula a mais por conta do treino na forma animal.
  - Lara havia dito que posso ter um foco em uma dessas disciplinas. 
  - Sim, magia, medicina, estratégia ou lutas com armas, na hora da batalha dependendo de qual for seu foco te dará uma posição diferente dos demais, mais mesmo assim você tem que fazer todas as matérias. -Diz Bruna me encarando pra ver se eu estava entendendo.
  - Certo Bruna.
  - Sim?
  - Você e Leon vieram da onde?
  - Eu vim da Espanha e Leon dos EUA. -Diz Bruna rindo e caminhando para a saída.
  - Espera e como eu estou entendo o que vocês estão falando? E porque vocês vieram parar aqui? - Eu definitivamente estou confuso com isso.
  - Os portais abrem aleatoriamente pelo mundo, mas felizmente só alguns passam por ele, e você está entendendo o que falo, pois... Bem nem mesmo eu sei, acho que foi coisa do dragão, mais não sei ao certo. -Diz Bruna também um pouco confusa.
  - Ok então, mudando de assunto por que tem tantas salas pra poucas matérias?  
  - Porque cada andar tem 5 níveis, você tem que passar por todos pra poder ir pro próximo andar, é tipo fazer uma escola normal, porém várias vezes você passaria pelo primeiro, segundo e terceiro, para poder ir do novato para o médio. -Diz Bruna com um sorriso tentando me motivar.
  - Uau e cada nível demora quanto tempo? 
  - 2 anos cada.
  - Espera o que? Em que andar você está?
  - Estou no médio nível 3, Leon está no Médio nível 4 e Lara esta nós fodões nível 2. 
  - A quanto tempo Lara está aqui, e você e Leon ?? 
  - Você quer em tempo daqui ou em tempo do mundo normal?
  - Que? -Digo confuso.
  -  Se for em tempo do mundo normal vai fazer 11 anos já que eu tenho 19 anos, eu vim pra cá quando tinha 8 anos, agora se contarmos em tempos daqui, eu nem sei dizer quanto tempo faz. -Diz Bruna fazendo careta como se estivesse tentando lembrar.
  - Ue por que, o tempo daqui é igual o do outro lado ne? 
  - Não, simplificando 10 anos aqui equivale há 10 segundos lá. 
  - Como isso é possível?
  - Eu também não sei, eu gosto de pensar que aqui funciona igual Nárnia. -Diz Bruna rindo. 
  - Isso é confuso demais.
  - Mais o estranho é, quando voltamos pro mundo normal o tempo volta a fluir normal, se la se passar um dia, aqui também se passará um dia.
  - Como se sabe ? 
  - Eu já fui e voltei no mesmo dia la e aqui era o mesmo dia, mais quando fiquei 3 dias aqui era o mesmo dia de 3 dias atrás la.
  - Ok, eu vou apenas aceitar, eu estou começando a ficar confuso. -Digo rindo.
  - Tudo bem má... -Bruna havia parado de falar e parecia estar escutando alguém, então ela virou pra mim é disse.
  - Leon está com dificuldade com Lara.


Notas Finais


Obrigada por ler.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...