História The Unemployed - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jungkook, Suga
Tags Bts, Sugakook, Yoonkook
Visualizações 7
Palavras 208
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção, Lemon, LGBT, Shoujo (Romântico), Slash, Universo Alternativo, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi, como vão vocês? Minha primeira fanfic então espero que vcs gostem.

Dêem amor a palavra literalmente.

Boa leitura sz.

Capítulo 1 - 05052010


Querido diário da solidão da minha vida,

Muitas pessoas dizem que um dia todo mundo vai encontrar a sua alma gêmea. Sabe, não acredito muito em metade da laranja, a tampa da panela e se isso for verdade sem sombra de duvidas sou uma frigideira, literalmente. Na verdade isso é desnecessário, minha mãe pede para que eu saia, beba, me divirta e o principal: arrume uma namorada. Ocasionalmente penso em como será a reação dela quando descobrir que não sou o que a mesma quer. Mas qual é? Sou um cara com 22 anos e ainda virgem sem contar que passar o dia inteiro trancado dentro do quarto lendo um livro não é tão saudável, tentei ser social, fazendo bem ou não devo aceitar a vida que levo.

Cresci ouvindo todos os meus familiares dizendo uma mesma coisa: uma moça conhece um garoto, começam a namorar, casam-se, tem dois filhos, filhote cachorro, um gatinho branco e vivem felizes para sempre, como nos contos de fadas. O problema é que não estamos nos livros de cor rosa e onde vivemos existem as brigas, sofrimento, traições e até términos. Que soe melancólico, contudo, para mim o amor é igual a uma estrela cadente: aparece do nada, brilha e some ligeiramente.

Tchau! Até logo.


Notas Finais


O que vocês acharam? Tentarei postar o novo capítulo sexta feira. Beijos!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...