História Thousands Of Pain ... Tenth Deception ... First Certainty - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Mitologia Romana, Steven Universe
Personagens Blue Diamond, Personagens Originais, Pink Diamond, White Diamond, Yellow diamond
Tags Bellow Diamond, Originais, Poderes, Romance Bissexual, Romance Lésbico, Whink Diamond
Visualizações 18
Palavras 1.699
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Crossover, Ecchi, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, LGBT, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Saga, Universo Alternativo, Violência, Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir culturas, crenças, tradições ou costumes.

Notas do Autor


oiiiiin pezoas,aqui estou eu novamente pra encher a paciencia de vuxes nyehhehhee,entao,hj a fanfic ta muito ao ponto de vista da white e mais ou menos de pink,espero que gostem,nos vemos laaa embaixo.
fiquem com a fic

Capítulo 2 - Beautiful And Hypnotizing Pink Eyes....


Fanfic / Fanfiction Thousands Of Pain ... Tenth Deception ... First Certainty - Capítulo 2 - Beautiful And Hypnotizing Pink Eyes....

P.O.V - White Theodotus Diamond

Império Diamond – Roma – Aposentos da White Diamond

Estava eu ,em meus aposentos, andando de um lado para o outro com as mãos nas costas, aquelas garotas ,são do Caelinus, um império meio rival, não temos muitas guerras contra eles...mas bom...não é uma aliança.

Preciso pensar em algum modo de ver o que posso com elas...talvez a fazerem de empregadas...seria engraçado se um dia um deles a vissem hahahahah...ou talvez...parando pra pensar melhor não...não quero destruir mais outro reino...temos boas trocas de lá...hm.

- Como será que elas estão...alguém tem que vê-las...vou mandar Yellow ir até lá .-Disse pra mim mesma ,logo ponho novamente minha grande coroa e meu manto indo até se arrastar pelo chão, assim que saio, vários soldados fazem reverência, vou até um deles e o mesmo me olha com um pouco de pavor, meu olhar ,frio, com um rosto inexpressivo.

 

-onde estão as Caelinus ?...-Falo para ele desviando o olhar, levantando bem o rosto ,sou um pouco maior que eles, mas quando ponho meu calçado com um tipo de base, me deixa bem mais alta.

 

-Estão na cela temporária minha senhora...-O mesmo olha para mim,um pouco mais sério, aceno com a cabeça,suspiro.

 

-Yellow...onde ela está?- ando e ele, junto a mais dois guardas atrás de nós, continuo olhando pra frente.

 

-Em seus aposentos, foi a última vez que a vimos.-Sabia...yellow não gosta de atrair muitos olhares, então fica no quarto, conheço bem aquela amarelinha.

 

Chegando aos aposentos dela, abro a porta suavemente, óbvio, depois de bater é claro, mas como nenhuma resposta foi esclarecida, eu abri, logo vi uma garota apenas de trajes de dormir, uma pequena calça, e uma camisa sem mangas , humpf... preguiçosa, espero que não acorde durante a noite pra me encher a paciência...melhor eu dar uma olhada nas garotas.

 

Após sair e fechar a porta ,Peço para que me levassem até a cela, logo eles me deixam sozinha, não havia perigo, logo que vou até a janela onde dava pra vê-las...acabo me surpreendendo...a mais nova...eu acho, mantinha uma moça com a pele mais escura em seu colo, ela tinha cabelos meios cinzas, estava dormindo provavelmente...mas a garota...foi que me chamou atenção, ela acariciava o cabelo da maior... suas mãos tão finas e delicadas, seu corpo tão esguio, e o que me encantou, mais que sua voz tão bela cantando uma música que eu não sabia identificar, era seus cabelos e olhos, eram rosas, seus olhos eram bem mais escuros óbvio, mas seu cabelo era claro, seu vestido, rosa com flores rosas, parece que aquela garota tinha uma paixão pela cor rosa...combinava com a cor dela.

 

Notei o quão concentrada nela eu estava, logo, notei meu rosto esquentar quando ela se virou pra mim ,seu rosto, tão delicado, um pouco manchado de sangue ,os olhos tão brilhosos, porém pareciam molhados, acho que havia chorado, o jeito que sua franja caiu sobre seu olho bem devagar ,depois o modo que ela tirou ,fez meu coração ,acelerar, ela deu um sorriso, vendo como eu a observada boquiaberta, e que sorriso...

 

 Não! esqueça White, lembre...não se apaixone novamente...mas e tão difícil...seu olhar, tão infantil, porém tão profundo, uma boca com lábios levemente voluptuosos, com um sorriso encantador...mexe com meu ser!

 

-Mande a mais nova até meu templo, coloquem a maior em uma cama confortável, agora-desviei o olhar e andei, entrando a sala do trono, logo me sento, meu trono...ele tem o cheiro da mamãe e com um toque sofisticado do papai, era um trono de prata, com alguns cristais a sua volta, o de Yellow era menor, a pedido dela, o mesmo era de ouro, com pequenos metais a volta banhados a ouro também ,logo, alguns guardas apareceram, logo atrás deles, a garota...nossa...ela é mais linda de pé!

White cale-se, pare com isso, ela é uma inimiga!...se bem que não...aahrg...concentre-se..

-Aqui está minha senhora...-Deram espaço para que ela fosse visível ,pobre garota, estava se tremendo, dava pra ver suas pernas tremendo ,mas logo vacilaram, como uma luz, aparecia a frente dela e a segurei ,os guardas me olharam meio assutados, meu manto voava, mas logo pararam ,olhei para os guardas meio friamente.

 

-Saiam, preciso usar meus poderes...-apos uma reverência eles saíram ,logo a grande porta foi fechada, olhei novamente pra ela,a mesma me olhava assustada,pequenas gotículas de água escorria de sua testa.-Esta bem?...está sentindo algo?...-porque estava me importando tanto?...ela é um ser tão...inferior...

 

-S-sim...n-nao na verdade...m-minha soberana...-ela olhou pra baixo, vi que sua roupa, tinha uma pequena abertura lateralmente ,dando pra ver suas coxas, no momento corei um pouco, mas logo vi o quão roxo estava, uma mancha tão destacada em uma pele tão clara, o que fizeram com ela....

 

- A multidão fez isso com voces?..-tentei levanta-la...na verdade quase a pego no colo,de tão leve ,leve até demais, deve não ter comido nada, coloco ela sentada perto de uma escada sentada,sento-me ao seu lado,podendo encara-la melhor, podia ver seus olhinhos começarem a lacrimejar, e ela soluçou, parecia uma criança.

- n-nao...não foram eles...quer dizer...não foram só ele...homens...homens com o rosto coberto nos pegaram...acharam que pagariam uma quantia de ouro grande pelas folhas do rei...mas quando viram que o rei não daria nada por nós...acabaram por nós jogando em meio ao nada...e-e...- começou a chorar, novamente, senti algo estranho...uma dor no peito, logo depois de soluços e suspiros, ela continuou- Fomos atacadas por tantos cantos...porém eu não me machuquei...não muito... minha irmã está mais, ela está muito ruim ,tentei cura-la, mas não consegui, nem a mim mesma, estamos fracas...-Ela abaixou a cabeça, pus a mão em seus delicados ombros...soltei um sorriso, faz anos que eu não sorrio...mas tinha que deixar aquele pequeno ser, que cabe nos meus abraços tranquilamente, tranquilo.

 

-Qual seu nome pequena...se acalme, irei lhe ajudar...mas preciso saber e ter total certeza de que não irá fazer algo de ruim...-olhei ela com uma cara preocupada, porém seria ainda,logo a mesma enxugou as lágrimas, e respirou fundo, tomando controle da respiração, agora...diferente de antes, sua voz saiu mais clara, e que bela voz, me faria dormir, só em falar, porém me arrepiaria as espinhas...

 

- Me chamo Pink Aelianus Caelinus...princesa do Império Aelianus Caelinus...-Olho meio surpresa, Ah sim ,ela me disse...acho que não me dei conta, logo suspirei com um sorriso falei.

 

- Qual sua Idade?...- Falei de modo tranquilo, pegando um pano e limpando sua bochecha com sangue e sujeira.

 

- 17 minha senhora...-Juro, que minhas intenções não eram ruins, apenas queria saber sobre ela, mas confesso, que quando ela falou isso, meio que corei ,e soltei um sorriso, a mesma deu um sorriso pra mim, vendo que eu estava acariciando sua bochecha com um sorriso, perdida em meus pensamentos...ah princesa...o que está fazendo comigo...nunca a vi, nem sei muito sobre...mas porque já estou assim...? Só uma coisa eu sei..

Seus olhos são Belos e Hipnotizantes....

 

P.O.V- Pink Aelianus

 

Roma - Império Diamond - Sala Do Trono

 

- Minha Senhora?...-Estávamos nos olhando tão intensamente...estava corada, senti que o pequeno lenço que estava limpando minha bochecha, foi trocado por seu dedo, ela parou e se afastou, estávamos perto, demais até, logo ela se levantou, me deu a mão, peguei meio acanhada, pelo o que meu pai me disse achava que ela era pior...por isso chorei, achei que ela iria nos Matar...pensei errado.

Estava sendo muito bem tratada... acho que até melhor do que em meu próprio lar...,assim que nos levantamos ela falou com uma voz fria e alta, fazendo me arrepiar, não sei o motivo, mas me arrepiei...

-Soldados!-Logo Alguns soldados fortes se aproximaram, uns olharam pra mim sorriram, de maneira perversa ,logo me aproximei dela, me escondendo um pouco, acho que ela notou, logo olhou pro guarda que sorrio e falou friamente.

-Oque está Rindo seu Inútil?...saia daqui...e se eu souber que você tocou em alguma parte dessa menina...estarão mortos!...e isso foi para todos...agora, chamem as empregadas, digam para dar banho, vestirem-nas, e alimentarem ela, tratar um pouco delas...e...hm?- puxei sua roupa, ela se abaixou e me olhou.

-Não de atenção a mim...ajude minha irmã...por favor... o nome dela é Blue Aelianus Caelinus ...ela precisa mais de ajuda...-Ela sorri, logo passa a ordem, peço para ir vê-la, ela assente, logo saio indo ver minha irmã, assim que chego na sela, vi que ela estava em um lugar mais confortável, estava sentada, olhando pela janela o horizonte.

 

-Blue!- vejo ela e corro, logo a abraço, ela retribuiu, sorrindo, ela separa do abraço, beija minhas bochechas várias vezes.

 

-Oh céus Pink, como você está?ela te tratou mal?oque ela fez..?!-me encheu de perguntas, vendo meu corpo ,eu apenas sorria e lembrava dela.

 

-Nao mesmo minha queria irmã, ela me tratou como uma princesa ,Blue ,eu não sei...mas ela corou...ela...foi tão...tão...gentil e meiga..ah Bluee...-Suspiro ,começo a cantarolar e a dançar ,logo sou cortada por uma voz ,era Blue e sua voz arrepiante.

 

- Pink, calma, não se precipita, não tenha tanta certeza assim ,pode ser que você tenha gostado dela, e ela de você, mas não vá pensando que ela vai te beijar e te pedir em casamento...ou assumir a todos que estão juntas...-vi ela suspirando tristemente ,porém logo respirou fundo, voltou a olhar pra mim com um sorriso, dando uma vida a aquele olhar melancólico ,minha irmã...me dá vontade chorar só em pensar de como deve estar machucada por conta de receber tantos maus tratos, só pra me salvar, vou até ela e me sento do seu lado,  falo com ela o que conversamos na sala da Imperadora, ela ria, eu também, foi bem tranquilo.

Um tempo depois, os soldados nos chama, ajudo ela a se levantar, logo eles nos leva pra outro lugar, tendo uma porta um pouco grande ,logo ela se abre e revela um quarto branco, com duas camas uma ao lado da outra, penteadeira e outras coisas, ao lado das camas, tinha duas roupas ,uma pra mim e a outra para a Blue eu suponho, que linda...espero que fique bonita em mim, porém estava cansada, vi que Blue já tinha se deitado, estava dormindo, peguei um pano e limpei umas partes do seu corpo, me limpei e me deitei também ,tive alguns pensamentos sonhadores de White...admito que alguns foram impróprios...mas ninguém e santo ,logo adormeço...tendo sonhos maravilhoso!


Notas Finais


prooonto,espero que nao esteja ruim,ta acontecendo umas coisas ai que eu nao to com tanta emoçao kskkss,mas acho que da pro gasto skskskkkks,comemente oque acharam se puderem,aceito criticas construtivas ,ate a proxima talvez se vcs quiserem, byyyyyyee


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...