História Till Death Do Us Part - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias Caitlin Beadles, Chaz Somers, Christian Beadles, Justin Bieber, Kendall Jenner, Kylie Jenner, Lil Za, Madison Beer, Ryan Butler, Selena Gomez
Personagens Justin Bieber, Personagens Originais
Visualizações 10
Palavras 3.264
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Festa, Literatura Feminina, Luta, Policial, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Esse capítulo vai ser a coisa mais fofa do mundo✨ Espero que gostem🤞🏻😘

Capítulo 4 - The Best Sunset


Fanfic / Fanfiction Till Death Do Us Part - Capítulo 4 - The Best Sunset

Camila estava a uns trinta minutos falando no meu ouvido o quanto Ryan é fofo, engraçado, divertido e romântico. Resolvi não mandar ela calar a boca, afinal, se ela está feliz deixa ela gritar aos sete ventos que está amando alguém.

- Oi amor!- Falou Ryan ao encontrarmos o pessoal no restaurante do hotel. Ela correu até ele e o abraçou. Murmurei um "Obrigado Deus". Sentei-me ao lado de Chris e Chaz. Fiquei de frente para Camila, Ryan e Harry. Justin e Fredo ficaram nas pontas da mesa.

Após fazer nossos pedidos eu começei a conversar com Chris e descobri que ele tinha uma irmã, Caitlin Beadles. Conversei um pouco com Chaz e Justin, ambos idiotas que ficavam fazendo piadinhas de duplo sentido. As vezes Justin me encarava e quando eu ia olhar de volta ele desviava o olhar, não percebemos em que momento, mas parece até que virou um jogo, se eu conseguisse encara-lo ele perdia, claro que eu venci e o Justin Imaturo Bieber me deu a língua. Até que eu me lembrei de algo.

- Cami. Tu tomou a pílula já?- Perguntei em português a ela

- Claro minha filha. Quero sentir de verdade o pau dele- Meu Deus ainda bem que ninguém sabe português aqui

- Ei! Parô com essa conversa. Não sou obrigado a ouvir isso pelo amor de Deus- Reclamou Harry. Começamos a rir. Logo chegou a comida e começamos a comer.

- Amiga que cor de calcinha eu devo usar?- Perguntou Cami. Harry nos encarou tipo "PAREMMMM"

- Não sei amiga. Eu usaria uma lingerie da cor preferida dele. Foi isso que eu fiz na minha primeira vez- Harry cuspiu todo o suco.

- Qual foi mano- Reclamou Chris todo ensopado

- VOCÊ NÃO É MAIS VIRGEM?- Perguntou Harry

- Não, qual é o problema?- Arqueei uma sombrancelha

- Porra! Pensei que tu fosse me falar quando acontecesse. Foi com quem?

- E te interessa?- Perguntou Camila

- Ei! Tem como falar em inglês ou Francês por favor!- Pediu Justin

- Inglês!- Gritaram juntos o resto dos garotos

- Não será preciso- Chaz tirou seu celular debaixo da mesa- Eu gravei tudo é só botar no Google tradutor

- Me da essa merda de celular Chaz- Avancei pra cima dele. Mas o puto jogou o celular pro Justin que saiu correndo. Corri atrás dele e me joguei em suas costas, nós caímos no chão do saguão

- Me dá!- Tentei alcançar sua mão mas ele me prendeu com a outra, me puxando para perto e...merda! Eu tô em cima do pau dele! Dei um pulo pelo contato. Eu estou sem short oque me faz ter muito atrito com ele. Justin encarou minha boca e depois meus olhos. Ficamos assim por uns cinco segundos. Como um garoto consegue ser tão bonito? Com um rosto angelical e jeito moleque. Divertido e estressante ao mesmo tempo. Fomos nos aproximando e então começamos a ouvir uns "Clicks". Justin suspirou e sua feição ficou enraivecida.

- Não se mexe. São paparazzis e na posição que estamos eles vão me massacrar, mas se tu se virar amanhã seu rosto estará estampado nas revistas- Continuei em cima dele. Ele tirou seu moletom e pôs em minha volta, de modo que tapasse meu rosto. Lentamente me levantei e tentei não olhar pra trás. Justin me levou até o elevador. Só então soltei o ar que estava preso. Começei a estapea-lo enquanto ele ria

- Tu ri é caralho?

- Precisava ver a tua cara quando eu aproximei seu corpo do meu, foi Ilário- Ele gargalhava

- Há, há muito engraçado. Me da o celular Justin- Me aproximei dele que recuou encostando na parede

Justin's POV

- Pega o celular então- Levantei a mão o máximo que pude. Ela cruzou os braços emburrada e do nada sorriu.

- Não vai me dar?

- Não- Mandy se aproximou de mim e arranhou minha nuca fazendo eu me arrepiar, ela levantou um pouco a minha blusa e passou o dedo pelo meu abdômen

- O...oque você tá fazendo?- Encarou-me com um sorriso travesso e deu um beijo em meu pescoço fazendo meu amigo dar um sinal de vida, senti suas mãos pelos meus braços e...

- Me devolve Diamond!- Pedi a ela. Ela negou e se afastou pro canto do elevador, andei em sua direção. Apoiei uma mão no elevador e a prensei contra a parede, seus peitos estavam subindo e descendo assim como o meu, isso me fez sorrir, pois adorei a proximidade de nossos corpos. Segurei em sua cintura e ela mordeu o lábio ao olhar minha boca.

- Não faz isso- Pedi beijando seu maxilar

- Oque?- Perguntou fingindo inocência. Encarei seus olhos azul-esverdeados. Suas pupilas dilatadas indicavam que ela queria aquilo tanto quanto eu, quando me aproximei de seus lábios o elevador abriu, nos dando um belo susto.

- Diamond?- Perguntou um cara todo tatuado, de olhos mel e cabelo escuro

- Zayn?- Mandy paralisou ao vê-lo

- Justin- Falei. Os dois me encararam- Tava todo mundo falando seus nomes então resolvi me apresentar- Abri um sorrisinho- Prazer, Justin Bieber e você é?

- Zayn Malik. O ex dela- É impressão minha ou o seu tom era meio ameaçador?

- Oi Malik- Diamond acenou. Ele foi em sua direção para abraça-la mas ela o parou com um gesto- Sem contato por favor- Talvez, tipo só talvez eu tenha gostado do fato dela não querer contato com ele.

- Mandy...hey bebê- Ele tentou se aproximar dela. Me pus na frente e o encarei

- Não ouviu que ela não quer você perto dela?- Cruzei os braços

- Bebê, nós precisamos conversar- O garoto falou. Diamond me puxou pelo braço o mais rápido que pode e abriu a porta do quarto- Diamond!- Ouvi Zayn gritar. Ela me empurrou pra dentro do quarto, logo em seguida entrou e fechou a porta.

- Desculpa por isso- Falou chorando. Me aproximei e abracei-a, meu coração disparou ao sentir sua proximidade. Ela correspondeu de imediato e ficou chorando com a cabeça encostada no meu peito, eu realmente não me importava de minha camisa ser branca e ela estar de rímel, porque naquele momento eu queria proteje-la de tudo, mesmo não sabendo o porquê de aquele garoto ter abalado ela nesse nível, eu queria tirar a sua dor e por ela em mim, mas já que não posso fazer isso, ao menos quero passar tranquilidade e confiança através desse abraço. Guiei ela até um mini sofá que tinha ali. Me sentei e então Mandy apoiou a cabeça no meu colo ainda chorando, fiquei passando a mão pelo seu cabelo até que seus soluços foram parando.

- Você quer falar sobre isso?- Ela negou com a cabeça- Tá bom então. Oque eu vou falar vai ficar meio clichê mas...quando quiser falar sobre isso eu estarei aqui, ok?

- Obrigado JB- A ouvi murmurar

- JB é?- Cruzei os braços. Ela soltou um risinho, pegou um dos meus braços e pôs novamente em sua cabeça

- Eu gosto do seu toque

" E eu do seu" pensei comigo mesmo. Eu tô fudido, não posso estar me apaixonando por essa garota. Mas porra, ela tinha que me atrair dessa maneira? Sete bilhões de pessoas no mundo e justo a irmã do meu melhor amigo que eu vou começar a me afeiçoar. Todos os seus detalhes me atraem, seu olhar inocente, a boca rosada, o modo como ela junta os cabelos num coque quando está com calor, até mesmo a firmeza de segurar uma arma, e aliás, eu tava com um puta tesão imaginando ela uniformizada de policial, mas não vem ao caso agora. Percebi sua respiração pesada, Diamond estava dormindo tranquilamente em meu colo, não resisti e peguei meu celular tirando uma foto, sem amostrar seu rosto, lógico. Postei no Instagram e na discrição um coraçãozinho. O pessoal começou enlouquecer tipo "Quem é a morena?" "Justin você tá me traindo?" Brincou uma de minhas fãs. Fiquei uns minutos mexendo um pouco nas redes sociais, e então saiu uma matéria, a foto de capa era a Diamond em cima de mim

" O astro pop Justin Bieber, que está tirando férias com seus amigos em Las Vegas foi visto com uma mulher de longos cabelos escuros. Nós do TMZ conseguimos algumas fotos dele e da garota num momento digamos que íntimo, vejam as fotos onde o casal aparece se divertindo. Após perceberem que estavam sendo filmados, Justin tapou o rosto de seu novo affair e entrou no elevador. Minutos atrás Justin postou uma foto com uma garota em seu colo, ao que aparenta é a mesma garota. Será que Justin Bieber está se apaixonando novamente, ou está tentando esquecer Selena Gomez sua ex-namorada, quem sabe até esteja tentando fazer ciúmes pra ela. Até a próxima notícia"

Toda vez que sai uma matéria minha no TMZ é pra me esculachar. Textos cheios de mentiras e intrigas, mas pelo menos agora eles tem um pouco de razão, será que Justin Bieber está se apaixonando? Olhei para Mandy em meu colo e a vi abrir um sorrisinho e me "abraçar" de uma maneira meio estranha. É tão ruim quando você fica olhando pra uma pessoa e bate uma vontade enorme de chegar beijando loucamente mas não pode. Cara isso é muito estranho pra mim, eu a conheço a alguns dias, não a beijei ainda e já tô gostando dela. Olhei para o teto

- Senhor, me ajuda a entender oque está acontecendo aqui dentro de mim

Me lembrei de Selena e quando eu me apaixonei por ela. No início foi tudo faixada, só depois de alguns meses eu comecei a me apaixonar verdedeiramente, mas o sentimento era recíproco até um ponto, a relação não estava balanceada pois eu era quem amava mais entre os dois, foi então que ela terminou comigo a umas semanas atrás. Abri meu twitter e postei "Só peço a Deus que me ajude a entender oque está acontecendo comigo. Porque tudo está bem confuso na minha cabeça". E assim adormeci, afundado em meus pensamentos

>>

Acordei com meu celular tocando. Quando abri os olhos Diamond já não estava mais em meu colo. Peguei meu celular e atendi antes mesmo de ver quem era

- Justin Derew Bieber! Custava você pegar a vagabunda e comer no quarto sem que a mídia visse o rastro dela?- Scooter gritou

- Scooter, ela é minha amiga!

- Uma amiga que tava montada em você- Debochou

- Cara sério, acabei de acordar e tu já tá gritando. Entenda Scooter nem tudo é oque parece ser

- Não me vem com as frases de música da tua ex não!

- Porra Scooter eu tô tentando ter uma conversa civilizada contigo

- Desculpa- Suspirou- Mas porque postou aquela foto? Justin, era a mesma garota da do TMZ?

- Porque eu quis e sim, era a Diamond

- Justin você não pode simplesmente postar uma foto daquelas e foda-se o mundo. Você é Justin Bieber cara, e não um ser qualquer e...- Fiz meu papel de bom moço e ouvi Scooter por um bom tempo

- Justin!- Ouvi Mandy me chamar

- Tchau Scooter tenho que ir

- Juízo Justin!

Desliguei a ligação e fui até a varanda onde Diamond estava sentada no chão

- Olha isso- Ela apontou com a cabeça pra paisagem.

- O entardecer de Vegas é lindo- Sentei-me ao seu lado. Ela apoiou a cabeça em meu ombro e ficamos observando o sol se pôr.

- Tudo começou quando meu irmão foi pra Londres passar uma semana lá. E então na volta ele trouxe um garoto consigo, Zayn Malik. Na verdade eles já se conheciam a muito tempo, só que se reencontraram. Um dia eu e Zayn começamos a nós aproximar e quando vi aquele sorriso perfeito foi tarde demais, eu me apaixonei. E parece que ele também porque um mês depois começamos a namorar. Meu irmão não gostou nadinha e com razão porque eu resolvi pegar o celular de Zayn- Ela riu sem humor- Eu vi algumas mensagens meio...picantes por assim dizer, mas a trouxa aqui se negava a acreditar que ele tava com outras também- Ela começou a chorar

- Ei, não chora, ok?- Limpei suas lágrimas e dei um beijo em sua testa

- Teve um dia que eu vi uma calcinha na cama dele e isso depois de só dois meses de namoro. A gente brigou e como sempre eu o perdoei. Isso se repetiu umas duas vezes, e eu o perdoava, mesmo com toda aquela merda eu amava ele. Até que um dia Camila chegou pra mim e perguntou o porquê de eu amar ele ainda. Eu falei "Eu tenho medo de machucar ele". É até vergonhoso pensar que eu já achei que minha felicidade dependia dele. E então Cami respondeu "Tá, mas o Malik tem medo de te machucar?". Mas você acha que eu dei ouvidos a ela?

- Não- Respondi. Demos um risinho, mesmo a situação não sendo engraçada.

- Eu pensei que se eu me entregasse a ele, ele me amaria assim como eu o amo. Tem pensamento mais idiota? E então eu me entreguei a ele, foi bom até- Saber daquilo me deu um leve enjôo. Só de pensar as mãos daquele cara na Mandy me dá vontade de espancar ele- Mas acho que no dia seguinte eu nunca me senti tão suja e arrependida. Só Camila e agora você, sabem disso. No dia seguinte ele parecia frio e me desprezou. Eu saí aos prantos da casa dele. Cheguei em casa e perguntei da minha mãe quando era o momento certo de se entregar a alguém e então ela me respondeu "Você vai amar aquela pessoa e vai ser recíproco, de uma maneira que tu vai ficar tipo como eu sou merecedora desse amor? E aí você vai sentir que é a hora, porque você saberá que é pra sempre". Naquele momento eu me senti uma merda, literalmente, porque eu me entreguei para um cara que nem sequer falou de futuro. Eu o amava, mas não era correspondida no mesmo nível

- Tipo eu com a Selena. Eu estava praticamente amando por dois

- Mas Camila falou que ela te amava e você que deu um de sem sentimento- Ela me olhou com aquela carinha confusa

- A mídia faz ipoteses, mente e cria muita discórdia. Tudo isso pra favorecer eles mesmos e foda-se nós famosos. Eu a amei muito, muito mesmo Mandy. Tanto que até doía o meu peito quando ficava uma semana sem vê-la- Ela sorriu e acariciou minha Buchecha

- Eu acredito em você- Sorri e a aninhei em meus braços.

Ficamos assim um bom tempo, até o sol não estar mais a nossa vista. Somente as luzes de Vegas brilhavam agora.

- Antes de eu terminar com Zayn eu tive uma conversa com meu irmão. Ele tinha acabado de descubrir uma traição, não foi um momento bom para nós, sabe. Então eu cheguei a uma conclusão: As vezes você precisa parar de perdoar tanto. As pessoas sabem exatamente o que estão fazendo. Insistir em algumas relações é tóxico para a sua saúde emocional. Terminei naquela noite com Zayn, no dia seguinte ele chegou pra mim com um buquê de flores falando que me amava. Graças a Deus foi ao mesmo tempo em que minha mãe descobriu a traição de meu pai, e então saímos do Amazonas e fomos para o Rio de janeiro, onde minha mãe virou uma das maiores empreendedoras do Brasil.

- Grandes aprendizagens e amadurecimentos- Ela sorriu concordando

- Já volto- Mandy se levantou e entrou no quarto. Segundos depois apareceu com um violão

- Você sabe tocar?- Ela fez que sim com a cabeça 

- Harry me ensinou

- Oque você não sabe fazer garota?- Perguntei rindo. Ela pensou um pouco

- Não sei patinar no gelo, não sei falar Espanhol, não sei nenhuma música sua além de Baby, Never say never e One less lonely girl- Ela soltou um riso

- Bem informada viu senhorita Davidson- Brinquei

Depois de zoar mais um pouco ela eu finalmente levei um tapa no braço oque me fez calar minha boca

- Justin eu vou fazer uma coisa e peço com todo carinho, paz e tranquilidade do mundo pra que você não ria- Falou sentando-se em frente a mim

- Você pedindo assim acho que eu posso até pensar- Brinquei

- Quer levar mais um tapa?- Neguei rindo- Que bom

- Oque você vai fazer?

- Botar tudo pra fora, e você também vai fazer isso- Ela me entregou um caderno e uma caneta, só então entendi.

- Vamos falar sobre oque?

- Zayn e Selena.

- Polêmica a senhorita- Ela revirou os olhos e começou a tocar umas notas no violão.

- I gave you the key when the door wasn't open. Just admit it. See, I gave you faith, turned your doubt into hoping, can't deny it- Me impressionei ao ver que sua voz era linda, aveludada e incrivelmente tocante. Comecei a anotar a letra. Ela mudou algumas notas e então me veio algo a cabeça

- Now I'm all alone and my joys turned to moping. Tell me here, where are you now that I need ya?- Comecei a encarar a cidade. A última vez que estive aqui Selena me falou que não me deixaria nunca, pois é nunca diga nunca.

- Where are you now?

- Where are you now?- Repeti a frase. E anotei novamente- Where are you now that I need ya?

Ela parou um pouco pra pensar e continuou

- Couldn't find you anywhere. When you broke down I didn't leave ya. I was by your side- Eu percebi que ela estava sentindo a música. Pondo tudo que estava ali dentro daquela cabeça na letra.

- So where are you now that I need ya?- Me fiz essa pergunta dias atrás. Quando fui dormir e não senti o calor do corpo de alguém ao meu lado

- I gave you attention when nobody else was payin', hm- Mandy deixou uma lágrima escorrer mas logo se recompôs.

- I gave you the shirt off my back whatchu sayin'. To keep you warm- Anotei no caderno

Mandy parou de tocar, olhou para a vista e respirou fundo. Mudou algumas notas e completou

- I showed you the game everybody else was playin', that's for sure. And I was on my knees when nobody else was prayin', oh Lord- Diamond acelerou mais o ritmo no violão

- Where are you now that I need ya?- Fiz um sinal para Mandy me acompanhar na voz

- Where are you now that I need ya?- Cantamos juntos.

- I need you, I need you, I need you, I need you, I need you- Começei a brincar com a minha voz, trocando de tom

- Where are you now that I need ya?- Ela subiu alguns tons. Fui anotando essas variações

- I need you, I need you, I need you, I need you, I need you. I need you the most

- I need you the most- Deu a nota final

Sorrimos um para o outro por que realmente havia ficado bom.

- Até que você canta bem

- Eu sei- Mandy beijou seu ombro

- Depois sou eu que tenho o ego lá em cima- Brinquei

- Mas você realmente tem- Me levantei do chão

- Eu sei- Sorri. Ela levantou as duas mãos pra eu ajuda-la a levantar

- Eu tô com fome- Falou pondo o violão no canto do quarto

- Vou pedir serviço de quarto- Ela assentiu


Notas Finais


Link da música: https://youtu.be/nntGTK2Fhb0
Mt fofos mano😍


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...