1. Spirit Fanfics >
  2. Um acaso em minha vida. >
  3. Desfecho.

História Um acaso em minha vida. - Capítulo 9


Escrita por:


Notas do Autor


dcp a demora... chorei dias me achando insuficiente por conta da história não ter muitas visualizações, mas resolvi escrever e me dei conta que essas poucoas visualizações são o suficiente, obrigada por lerem ainda. ❤

Capítulo 9 - Desfecho.


Fanfic / Fanfiction Um acaso em minha vida. - Capítulo 9 - Desfecho.

Yg: Você conseguiu algum jeito de eu poder ver o meu filho antes de fazer um ano ?

Nj: Está bem difícil, mas eu só consegui mudar as frequências de visita depoisde fazer um ajo de afastamento.

Yg: Que droga, nada da certo. *ele apoia seus cotovelos na mesa e apoia sua cabeça nas mãos*

Nj: É questão de tempo, para ele verem que você está seguindo o protocolo corretamente... aí eles podem dar uma trégua para você.

Yg: Espero que eles percebam rápido, não estou aguentando mais.

Nj: Calma amigão, muita calma. 

**Namjoon afaga os cabelos lisos e castanhos de Yoongi.**

...    

Xx: Uma moça está a caminha da sua sala, falou que é urgente.

**A secretária de Yoongi fala pelo telefone.**

Yg: Ok.

**A porta é aberta delicadamente, Yoongi reconhece aquele perfume em qualquer lugar, o salto batendi contra a madeira do chão é ecoado pela sala.**

Yg: Achei que não queria mais me ver.

Sn: Eu te devo satisfações.

Yg: Tudo bem, eu não faço questão.

Sn: Mas eu faço, peguei suas coisas.. vamos almoçar.

Yg: Mas..

Sn: Te espero no carro.

**Ela vai em direção à porta, olha para Yoongi e sorri por cima do ombro, logo em seguida fechando a porta.**

**Yoongi pega suas coisa mais importantes e sai da sala, passando no corredor e falando com sua secretaria.**

Yg: Por favor, desmarque a reunião de 13h. 

Xx: Sim, senhor. 

**Yoongi pega o elevador e só sai quando o mesmo o deixa no estacionamento da empresa.**

Yg; Quanto mistério. *ele sorri se aproximando de Sn que estava escostada no carro*

Sn: Assim que chegarmos no restaurante eu te conto tudinho.

Yg: Ok então. *ele sorri*

...    

**Eles chegam ao restaurante e fazem os pedidos, e começam a conversar do assuntos "misterioso". **

Yg: Pode me dizer agora ?

Sn: Sim, ja estava na hora.

Yg: Sim. *os dois riem juntos*

Sn: Eu deixei a sua casa as pressas naquele dia pois o meu padrinho havia faladi no telefone que estava passando mal.

Yg: Mas ele ficou bem ?

Sn: Na verdade, era mentira. Ele disse aquilo só para que eu pudesse me afastar de você.

Yg: Nossa, eu nunca faria nada que pudesse te machucar.

Sn: Eu sei, é mais questão de sentimentos do meu padrinho.

**Yoongi permanece em silêncio.**

Sn: Meu padrinho disse que te conhece desde pequeno, te pegou no colo.

Yg: Me pegou no colo ? então ele é ou era alguém próximo da minha família.

Sn: Sim, ele se afastou depois do acidente dos seus pais. Se mudou por não aguentar viver ao lado de sua casa, que depois do acontecimento ficou cinza e sem vida.

Yg: Senhor Kim. Ele é o seu padrinho.

Sn: Você lembra ? enfim, é ele mesmo.

Yg: Ele é pai de Sehun.. você é meia irmã dele ?

Sn: Exatamente, fomos criados juntos desde que vim morar aqui.

Yg: Mas isso não justifica você se afastar.

Sn: Ele diz que você lembra o seu pai... demorou meses, quase um ano para superar a perda de um grande amigo, que era o seu pai. Acho que ver você daria algum tipi de gatilho nele.

Yg: Eu sinto muito, eu não sabia.

Sn: Tudo bem, eu que devia ter explicado antes.. é seu direito saber.

Yg: Agora ele consegue me ver, não vai dar problema ?

Sn: Não, avisei ele agora e ele ja está vindo para cá. Disse que vai trazer boas lembranças para ele te ver.

Yg: Que bom, acho que vai ser legal. 

...     

Sn: O que foi ? Você almoçou quieto e meio para baixo.

Yg: Nada demais, é só que... parece que quando eu vou tentar recomeçar a minha vida sempre tem algo de errado.

Sn: Como assim ?

Yg: Desde o acidente dos meus pais eu tento recomeçar, mas acontece coisas que parece que eu não vou conseguir superar o acidente.. parece que eu estou destinado a chorar e lembrar de uma maneira triste dos meus pais para sempre.

Sn: Calma, acho que depois da conversa com o meu padrinho tudo vai se encaixar, você terá lembranças boas e poderá se livrar desse "peso" e ser feliz com alguém ao seu lado.

Yg: Não têm ninguém, mas eu posso superar. *ele sorri fraco*

Sn: Você está com a cabeça cheia e não consegue enxergar que às vezes a pessoa certa está bem na sua frente. *ela sorri tímida

Yg: É.. talvez seja. 

**Ele diz tentando entender se ela está mesmo afim dele ou é só maneira de falar.**

...   


Notas Finais


Obrigada por lerem. ❤❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...