1. Spirit Fanfics >
  2. Um acaso perfeito >
  3. Capítulo 4

História Um acaso perfeito - Capítulo 4


Escrita por:


Capítulo 4 - Capítulo 4


 Capítulo 4
Adriana POV’s
Mal entramos no quarto e ele já foi me deitando lentamente na cama. Ele descolou sua boca da minha por poucos segundos, somente para trancar a porta e logo voltou a me beijar, ficando por cima de mim. Suas mãos se adentraram sob os meus cabelos e isso era um dos meus pontos fracos. Ele sabia muito bem. Enquanto uma de suas mãos fazia isso, a outra mais do que depressa começou a passear pelo meu corpo. Ainda por dentro da blusa senti suas carícias. Senti um arrepio quando passou pela barriga e meu corpo tremeu quando chegou ao meu seio. Por cima da renda do sutiã, pude sentir suas mãos apertando de leve ali, soltei um gemido e logo ele tomou a atitude de jogar a minha blusa longe, se livrando também do meu sutiã, com a parte de cima totalmente exposta e livre, ele passou a chupar um e acariciar o outro e isso, obviamente já me levou a loucura. - V... Vlad. -Falei ofegante- Para de me torturar, quero você dentro de m... -Fui interrompida com um dedo seu na minha boca, ele soltou um sorriso de canto safado do qual me deixava ainda mais excitada e suas mãos foram descendo lentamente até chegar na beirada do meu short. Ele fez questão de tira-los lentamente, como era um short escuro e eu não iria sair não me preocupei em usar calcinha e assim que ele percebeu, e me olhou, seu olhar era de total desejo.

-Facilitando meu trabalho né senhorita Brichta? -Disse em um sussurro rouco. Mordi os lábios e pisquei um dos olhos pra ele. Rapidamente ele começou me torturando ali, 
acariciando meu clitóris primeiro, eu gemia de prazer e quando eu estava prestes a explodir, senti dois de seus dedos entrarem em mim, sem querer dei um grito alto, ele 
arregalou o olho e deu uma risada. Voltou a me beijar certamente pra não correr o risco de acontecer de novo, ele foi movimentando seus dedos lá dentro e quando sentiu que eu estava quase lá novamente, tirou. Ele jogou sua camiseta longe e na parte de baixo, fui mais rápida que ele, desci meus pés e puxei seus shorts pra baixo, que caiu no chão rapidamente junto com a cueca, seu membro duro saltou pra fora e eu rapidamente inverti nossas posições, ficando agora por cima dele. Me ajeitei sentando em seu colo e peguei em seu membro, o colocando dentro de mim, comecei a rebolar e os meus gemidos se misturavam com os dele agora. Ele variava suas estocadas entre lentas e rápidas o que me fazia ver estrelas no céu, suas mãos agarravam as minhas cinturas, ficamos assim por alguns minutos até chegarmos ao 
clímax juntos. Respirei fundo e sai de cima dele, deitando ao seu lado na cama, ele logo me puxou pra perto de si, deitei a cabeça em seu peitoral e senti seus carinhos 
em meus cabelos e costas nuas.
-Eu nunca vou me cansar de dizer o quanto eu amo fazer amor com você. - Falou ainda ofegante e eu sorri, fazendo um carinho em sua barba.
-Você me faz sentir amada como nunca ninguém fez, não me canso de te falar isso. - Me declarei, ganhando um beijo no topo da cabeça. Ele ligou a televisão deixando em uma novela que passava e nós ficamos um tempo deitados naquela posição curtindo um ao outro até um enjoo forte surgir me obrigando a correr pro banheiro da suíte, 
coloquei tudo pra fora e logo senti as mãos de Vlad segurando os meus cabelos, me recuperei e me levantei meio tonta, me apoiando nele, lavei a boca e ele me olhou , provavelmente preocupado e sem entender nada.
 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...