1. Spirit Fanfics >
  2. Um Adolecente trans >
  3. Minha primeira namorada

História Um Adolecente trans - Capítulo 15


Escrita por:


Notas do Autor


Não tem como eu escrever diariamente mais eu posso fazer semanalmente que tal?

Capítulo 15 - Minha primeira namorada


Fanfic / Fanfiction Um Adolecente trans - Capítulo 15 - Minha primeira namorada

Tá ok eu falei que ia contar algo legal né é bom a única coisa que veio na minha cabeça certas coisas que eu já fiz a maioria erradas e claro mais tipo eu tô muito comportado ultimamente então só me resta falar das besteiras que um dia eu fiz bom eu avia me mudado pra uma escola nova e tava conhecendo o pessoal ainda é bom eu me envolvi só com pessoas erradas que me apresentaram a bebida e aos cigarros isso não é uma das coisas que eu me orgulho acho que eu já falei sobre o meu aniversário no qual eu perdi meu bv? Se não falei comente aí que eu posto um depois falando tudo tá depois do meu niver eu ganhei uma caneta de narg e uma pela dor de cabeça eu conheci a Vanessa eu gostava pra caralho dela e tipo ela era mais velha tava no segundo ano já é tipo ela era muito bonita tanto de rosto como de corpo e todo mundo duvidava que a gente ia ficar meu amigos no caso e tipo eles queria ficar com ela a gente se conheceu atrás de um menino que se chama Isaque bom o Isaque era amigo da Vanessa e um dias eles conversando eu acabei na conversar não sei como mais comentaram que eu gostava de meninas e aí o Isaque não acredito e foi perguntar pra mim e eu confirmei que gostava de meninas aí ele me conto que a Vanessa queria ficar comigo eu fiquei surpreso e feliz e claro aí eu e ela ficamos e claro e ela ia pra frente da minha escola todo dia pra gente se pegar e as vezes eu matava aula pra gente ir lá pra casa se pegar e as vezes o Isaque ia tbm pra ficar de vela kkkkk é bom q gente terminou o nosso lance eu fiquei com outras garotas e claro muitas outras eu e a Vanessa voltamos algumas vezes eu e o meu melhor amigo Kaique fizemos uma aposta que em 2 meses a gente tinha que pegar o alfabeto de meninas eu ganhei porque peguei o maior número isso é muito errado mais vai explicar isso pra alguém que não tinha o amor dos pais não tinha nota boa não gosta do próprio corpo e só se sentia vazio o tempo todo como não tivesse motivo pra viver bom eu não tinha eu tentei me matar unas 2 ou 3 vezes entupido de remédio e álcool pra falar a verdade não sei como tô vivo eu mudei de escola e foi aí que eu conheci a Bia ela me deu motivos pra tentar ser uma pessoa melhor e isso realmente faz dela uma pessoa muito especial pra mim porque ela me faz pensar duas vezes quando vou fazer algo de errado 


Notas Finais


To pensando se conto ou não uma coisa no próximo cap


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...