História Um amor de verão (hot) - Capítulo 20


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Bts, Jimin, Mochi, Romance, Suga
Visualizações 513
Palavras 647
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Lemon, Luta, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa tarde, dia ou noite.

Obrigada pelos comentários, amo ler todos.

Boa leitura 🐇❤️😚

Capítulo 20 - Conversa agradável


Fanfic / Fanfiction Um amor de verão (hot) - Capítulo 20 - Conversa agradável

JM: sinto que finalmente sou feliz.- eu já havia dormido

 

 

 

                    *JIMIN ON*

 

Acordo e olho diretamente para o relógio, são 06:00 da manhã e eu preciso ir trabalhar, pois hoje é terça feira e eu faltei ontem, aquela empresa realmente não é nada sem mim. Olho para o lado e vejo S/n aninhada no edredom com uma cara de bom sono.

 


Pego o meu celular e envio uma mensagem pra Dalva pedindo para ela trazer um café da manhã aqui no quarto com uma rosa lilás na bandeja.

 


Dez minutos depois eu ouço batidas leves na porta do meu quarto, era Dalva com a bandeja de café da manhã, com suco de laranja, café, ovos, pão integral com ricota, uvas, morangos e mamão na taça além da rosa.

Eu pego a bandeja de seus braços e sussurro um obrigado.


Coloco a bandeja em cima da cama e começo a beijar o pescoço de S/n, a mesma acorda rindo, sentindo cócegas do que fiz.

 

 

JM: Bom dia meu amor, tem café da manhã aqui pra gente.

 

 

S/n: tô me sentindo uma princesa com isso.- ela boceja

 

 

JM: E quem disse que você não é?.- pego a rosa e dou pra ela, seus olhos se iluminaram na hora.

 

 

S/n: obrigado Jimin.- ela se inclina e me beija. Eu já havia esquecido que tenho que ir trabalhar eu tomo o café da manhã com ela e corro em direção ao banheiro, eu quase nunca me atraso, mas foi por uma causa nobre.

 

 

Saio do banheiro já pronto, e vejo S/n me olhando o tempo todo.

 

 

JM: eu já te disse que a casa é sua, pode ficar a vontade pra mandar em tudo.

 

 

S/n: aiish, tá bom, agora se me der licença eu vou dormir, então vem logo dar o meu beijo de tchau.- eu vou até ela e a beijo com paixão até perdermos o fôlego.

 

 

JM: até mais tarde, volto às seis.- dou um selinho e saio do quarto, deixando ela dormir de novo.

 

 

                      *S/N ON*

 

Acordo era quase onze horas, eu ainda estava nua por causa da noite passada (e que noite hein) eu precisava de um banho urgente. Me levanto da cama e vou até o banheiro.


Encho a banheira e preparo o meu banho com sais de baunilha silvestre ( não sei se esse sabor de sabão existe, mas isso aqui é ficção) fico lá por uns quarenta minutos. Minha barriga ronca e eu saio para vestir uma roupa, um vestido preto quase até o joelho com detalhe em v na frente e de zíper atrás.

Eu ainda estava toda marcada por ter usado a mesma calcinha apertada num vôo de vinte e duas horas, que eu resolvi ficar sem, já que o vestido não era tão curto .


 Quando desço as escadas sinto um cheiro maravilhoso vindo da cozinha, chegando lá eu vejo Dalva cozinhando o que me parecia ser filé Mion com cogumelos e aspargos tostados no molho de vinho tinto.

 

S/n: o cheiro tá maravilhoso Dalva.

 

 

Dalva: obrigada, eu já vou servir, senhora.

 

 

S/n: por favor me chame de S/n, Tá bom?

 

 

Dalva: tudo bem então.

 

 

Dalva serve o almoço e eu a convido para almoçar comigo, depois de muita insistência da minha parte, ela aceitou, conversamos bastante e devo dizer que ela me lembra a minha mãe de tão doce que é.

 

S/n: Já são uma hora, eu preciso sair e comprar umas roupas de frio, o inverno logo chega e só tenho roupa de usar no inverno da Bahia, ou seja biquíni hahaha

 

 

Dalva: o motorista Baek te leva tá? Vou chamá-lo.

 

 

Fui no shopping do centro de Seul e mal cheguei lá comprei várias roupas, já eram 15:00 horas e eu já estava no carro de novo.

.

Baek: está vendo aquele prédio mais alto? É lá que o senhor Park está agora

 

 

 

S/n: hmmmm, poderia me levar lá?...


Notas Finais


Ainda não editado.

Eu queria mudar o nome de Dalva pra Valda pq na hora de escrever eu tava só escrevendo Valda kkkkkkkkkkk, agora é tarde. Continua?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...