1. Spirit Fanfics >
  2. Um amor (im)possível >
  3. A despedida

História Um amor (im)possível - Capítulo 17


Escrita por:


Capítulo 17 - A despedida


Cumprimentei todos com um "bom dia". E tudo continuou normal: peguei minha tigela, despejei o leite junto com o cereal e comi enquanto mexia no celular. Eu tentava, apesar de não ser nada fácil, ignorar a presença dela, me doía, mas não precisava ser rejeitada duas ou três vezes para entender que fui ou sou um tanto faz para ela.

- Hey, Iz, estamos pensando de hoje à noite, depois da programação normal, irmos para o lago daqui de redding e sentar ao redor da fogueira. Cada uma vai falar sobre a experiência dessa viagem, o que acha? {Disse Samuel bem animado}

- Ah, legal! Acho ótimo

- Uhuul. Vou repassar para os outros.

Logo depois levantei. Percebi pela minha visão periférica que a Lua me olhou, apesar de rapidamente, todavia eu não retribui. Saí o mais rápido possível da sala para não cair na tentação. Fui para a sala e fiquei conversando com as outras pessoas. Depois fui la para fora e, não pude evitar de pensar nela. Ela mexia comigo demais! Como assim amanhã cedo já vamos pegar o vôo e nada aconteceu, nada de conversa. Será que a nossa história irá terminar assim? Não vale nem um diálogo? 

- Izzie?

Logo virei um pouco assustada

- Oi, Clara! 

- Desculpa, acho que te assustei. Bom, só vim te pedir desculpas... você sabe, pelo que houve. Enfim, aproveita o dia! 

Estava Samuel e Lua bem do lado quando ela falou isso. Em uma altura razoável. 90% de chances de ter ouvido. A Lua estava atenta, mas bom, não importa.  Sobre a Clara... Desde que tudo aconteceu ela e eu não nos falamos mais. Ela nem sequer olhava nos meus olhos. E bom, eu resolvi esquecer tudo e não me chatear, eu até a entendo de certa forma. A desculpei e ficou tudo tranquilo. 

Hoje iremos conhecer Sacramento e visitar um museu famoso de lá e assim fizemos! Entramos na van, houve a contagem e rumo a capital do estado da Califórnia!

Essa cidade tem um diferencial, apesar de não ser nada pequena com cerca de 440 mil habitantes, ela possui o aconchego de interior. dispõe de museus e atividades culturais para a população e turistas. Além de um lago incrível que corta a cidade e possui o mesmo nome da capital, inclusive, por isso o nome. Logo após visitar o museu e tomar um "banho" de cultura norte-americana, tivemos a oportunidade de ir até o rio sacramento e presenciar o pôr do sol. O sol refletia na água e a paisagem foi indescritível. 

Bom, eu interagia com algumas pessoas, mas estava na vibe de aproveitar o momento. Aproveitar a Califórnia, aproveitar os EUA! Esquecer um pouquinho os problemas ou o problema. Enfim, o passeio foi o máximo. Ah, e a Lua? Estava sendo guia de outro grupo. E mais uma vez fomos divididos em 5. 

Já estava quase anoitecendo. Certamente chegaríamos em Redding por volta das 20h. 

- Galera, vamos indo? Em Redding ainda temos muito o que aproveitar e falar sobre este e os demais passeios. 

Disse Samuel indo em direção da van, local marcado para todos os grupos se encontrarem. Quando todos de fato chegaram, entramos no carro e voltamos para nosso lar provisório. 

Como já chegamos um pouco tarde em Red, os organizadores sugeriram que fossemos direto para o lago caso ninguém se incomodasse, pois assim passaríamos mais tempo lá. Todos concordaram e assim fizemos. Teríamos de aproveitar agora mais do que nunca, afinal, é o último dia! Apesar de tudo, ja me bateu uma saudadezinha. De tudo, de todos...

- Bem vindos ao Lake Redding Park! {Disse Samuel abrindo a porta da van}

Todos desceram entusiasmados e surpresos! O lago era o máximo... a noite, então? 

- Uau! 

Fui logo encomendar meu chocolate quente para me acochegar ao redor da fogueira. Muitos assim fizeram... Quando ficou pronto, fui para lá. Sentei-me do lado da Anna e da Aline ficamos conversando até todos chegarem. Só faltava uma pessoa...

- Luaa, vem, só falta você {Grita Erika}

- Desculpaa, gente, meu chocolate tava empacado. Mas vamos lá?

Disse ela toda displicente, não de modo negativo, ela ficava ainda mais linda daquele jeito, um charme a mais. Estava de gorro, casaco preto e calça jeans. Sentou-se e finalmente  Samuel começou a explicar

- Bom, gente, a "gincana" é a seguinte: Cada um terá cerca de 5 minutos para falar um pouco da experiência que foi essa viagem na vida de cada um. Queremos saber os pontos positivos e negativos, o que pode melhorar, enfim, queremos saber o que vocês acharam. Quem começa? 

- Eu posso começar! {Disse Erika animada} 

- Então vamos lá!

- Bom, então... Eu não preciso falar muito uma vez que essa pessoa maravilhosa aqui do meu lado {Erika aponta para o João} já demonstra tudo 

- Uuuuuhhh {Todos dizem aplaudindo de uma só vez}

- Calma, calma... mas não é apenas isso. Além de ter conhecido o João, ter tido a oportunidade de encontrar alguém legal e assim engatarmos um namoro, aqui mesmo, nesse lugar maravilhoso que é Redding, eu tive a oportunidade de conhecer pessoas incríveis. Conhecer um pouco da história de cada um. São amizades que com certeza levarei comigo para o Brasil. Quero agradecer a todos os envolvidos que nos proporcionaram isso. A organização de vocês, Lua, Samuel, Patrick e aos demais dos bastidores, vocês foram incríveis, parabéns de verdade. Ai gente, eu só tenho a agradecer. Metade de mim é gratidão e a outra também!!!

Termina Erika emocionada. Todos se juntam para um abraço coletivo, alguns bastante emocionados, porém com certeza, muito felizes. Não tinha como não estarmos pois apesar de tudo aquela vibe e atmosfera que tavam ali nos preenchiam muito. Depois da Erika continuou... Chegou a vez da Clara

- Bom... {Risos} Não sou muito boa em discursar assim, maas... enfim, quero dizer que a experiência que tive nessa viagem pôde me acrescentar bastante: eu amadureci, eu aprendi e eu de fato posso dizer que vivi tudo isso aqui com intensidade, por mais que tenha exagerado algumas vezes {sorrisinho sem graça}. Além de ter conhecido pessoas maravilhosas e lugares maravilhosos. Enfim, acho que é isso, so quero agradecer e dizer que tudo isso aqui foi demais para mim e vou guardar tudo comigo. Vocês são incríveis! 

{Todos aplaudem emocionados}

- Sua vez, Izzie! {Disse Samuel}

Confesso que estavam bem sem graça. Não sabia o que dizer. Queria dizer muita coisa, estava sentindo tantos sentimentos, mas talvez não fosse legal falar tanto

- Então... É... {Suspiro}. Quando chega o finalzinho assim, de momentos bons, a gente sempre tem uma dificuldadezinha pra falar, né? {Sorriem}. Bom, eu sempre quis conhecer um pouquinho da Califórnia, qualquer estado que fosse, mas não imaginaria que seria Redding, tão menos que eu sairia tão apaixonada desse lugar e tão menos ainda que fosse com pessoas tão receptivas, amorosas e empáticas. Sou muito grata por isso, por ter conhecido pessoas assim. Por ter conhecido pessoas determinadas, que dão a cara a tapa, que arriscam, que vivem. Bom, eu não sei como será daqui para frente, se nos encontraremos, se manteremos contato, mas quero que todos saibam que foi o máximo. que tudo que vivi com vocês foi sincero e vocês são o máximo, guys! 

- Aeeehh 

- Uhuuul

- É isso aí! 

Todos exclamam e aplaudem. A Lua estava emocionada e o Samuel estava zoando ela. Apesar de tudo, eu não conseguia sequer sentir uma raivinha por menor que fosse, dela. A conversa que tivemos na cozinha, no primeiro dia, continua no meu pensamento, tudo que ela disse, a sinceridade com que ela disse. Eu me apaixonei por ela, pela empatia, pela sinceridade, pelo coração! Ela só reforçou, naquela noite, que a garota do Instagram era melhor ainda! Se eu já estava apaixonada só com o que eu via por la, imagina quando tive a oportunidade de conhece-la pessoalmente. Além da Lua, conheci muitas pessoas incríveis... A Anna, por exemplo, sempre muito amiga. É o tipo de pessoa que está ali quando você precisa e até mesmo quando não precisa. Ela sempre se mostrando muito disposta. A Erika, o Samuel, a Clara... Além dos próprios nativos americanos que conheci na igreja de Redding. Foram várias pessoas e a experiência foi incrível.

- Ah, gente, não dá! Tá muito emocionante isso aqui {Sam diz com os olhos inchados de chorar!}

- Hahahaha o Sam chorando é uma exceção mesmo! 

- Vamos fazer story que esse merece ser gravado! 

Todos se divertem.

- Tá, gente, mas falta só a Lua agora.. Vamos la, srta? Está pronta? {Diz Samuel}

- *Suspiros* Ai gente, sinceramente, não sei se vou conseguir falar tudo sem chorar 

Lua abana os olhos com as mãos. Já estava com os olhos cheios de lágrimas de novo! haha

- Bom, vocês não imaginam o quanto é gratificante para mim ouvir tudo isso de vocês. Esse projeto estava na minha cabeça há taanto tempo, há anos. Eu sempre estudava ele para pôr em prática, mas nunca era a hora... nunca era o momento. Até que no iniciozinho de setembro eu pensei "Vai ser agora. No final desse mês irei fazer isso!" Por mais loucura e insanidade que parecesse ser... Eu, com 24 anos, ser lider de varios jovens, que vêm de vários paises e estados se juntaram com um único propósito em uma casa em Redding, parecia algo impossível, improvável, mas aconteceu! E ver esse meu sonho se concretizando, sendo real e as pessoas que participaram estarem aqui, agora, contando todas essas coisas. Indo embora sendo outro ser humano, moldado e mudado para melhor, não existe nada mais gratificante, de verdade, não há palavras para descrever essa sensação. Eu só consigo dizer obrigada, obrigada e obrigada! De coração! 

Todos aplaudem e correm para abraça-la. Todos se abraçam coletivamente. Se abraçam entrei si e choram muuuito. A emoção tomava conta daquele lugar. Tava tão aquecido que o coração aquecia junto. De fato, gratidão descrevia aquele momento e todos os outros momentos. 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...