1. Spirit Fanfics >
  2. Um Gangster Em Minha Vida 3 >
  3. Capítulo 14

História Um Gangster Em Minha Vida 3 - Capítulo 14


Escrita por:


Notas do Autor


Maratona?? Ameei a ideia manas, vamos fazer assim, darei uma pausa pequena em CH pra obter mais ideias e até lá irei seguir com um cap por dia de UGEMV3 até chegar no tanto de capítulo que está Choices tudo bem pra vocês? Pelo menos a quarentena n será chata pra todas nós ❤

Oque a Mell não faz por vocês hein?

Farei de tudo pra escrever os capítulos e posta-los mais rápido. #FiqueEmCasa n deixem de se cuidar mesmo dentro de casa viu minhas Gangsters, é super importante lavar bem as mãos 😘😘😘

Bora começar essa maratona?

Boa Leitura ❤❤❤

Capítulo 14 - Capítulo 14


Fanfic / Fanfiction Um Gangster Em Minha Vida 3 - Capítulo 14 - Capítulo 14

Leonard on:

Tentava a todo custo ver a Miúda e saber o porquê estava vestida daquela forma sendo que ela só vai fazer um Streep como a Luara e a Vanessa estão fazendo. Os sombras viram ela também e ficaram comentando em como ela era gostosa, pela primeira vez tive vontade de sair arrancando a língua de cada um na velocidade da luz. Mas deixei isso pra depois, agora preciso saber oque a Madame mandou a Miúda fazer.

-Onde vai Rogers?-  Olhei pra Lorenzo e Kurt que esperavam o show da atração principal começar.

-Virou minha puta agora?- Perguntei e eles ficaram calados. Não falei mais nada e sai dali dando a volta pelo salão. Não era de agora que eu notava a Luara tentando chamar minha atenção, já fazia horas que isso vinha acontecendo, talvez ela saiba algo sobre a Miúda que já era pra estar no palco a muito tempo. Parei na entrada do corredor onde vai pro banheiro. Quando olhei pra ela, a mesma desceu do palco como se não quisesse nada e veio até mim. Pôs a mão em meu ombro e se aproximou do meu ouvido.

-Preciso da sua ajuda, a Madame pôs a Zoh como atração principal, agente precisa evitar que isso aconteça.- Falou ela se afastando e me encarando.

-Como ela teve coragem de por a Miúda pra ser essa porra de atração? Ela disse que seria Streep apenas.- Luara negou.

-Eu achava que ela não iria participar mais a Madame pelo jeito forçou ela.- Trinquei o maxilar de tanta raiva.- Tira ela de lá Leonard, sei lá, foge com ela daqui, leva ela pra longe desse lugar, se ela pisar nesse palco como atração principal, vão querer compra-la e isso não vai dar certo.- Disse Luara que logo foi chamada por um dos homens dali.- Eu preciso ir, cuida da minha amiga, ela está muito assustada.

Assenti.

-Deixa comigo.- Falei e ela sorriu mais aliviada saindo em seguida. Sabia que tinha algo errado, eu sabia. Segui por trás do palco e antes que eu entrasse Vanessa se joga sobre mim.

-Ola meu amor.- Disse ela só de calcinha se esfregando em mim.- Mata minha saudade hoje vai, só um pouquinho.

-Sai garota, tenho coisas mais importantes pra fazer agora.- Falei a afastando pelos pulsos.

-Não antes de me foder gostoso como sempre fez.- Disse ela aproximando seu rosto do meu mesmo eu estando de Sombra e não de Leonard. Eu ainda tentava ver a Miúda por trás daquelas cortinas vermelhas mas nada ainda.- Leonard eu te amo!- Meu rosto foi puxado pra ela e na tentativa de afasta-la, pus minhas maos em sua cintura. Afastei Vanessa e segurei em seus cabelos fortemente os puxando pra trás.

-Fica longe de mim, essa é a última vez que te alerto pra que o pior não aconteça.- Falei pra mesma que sorria mais logo ficou séria.

-Voce...você não gosta da novata, me trocou por ela pela mesma ter grana,  por ser a herdeira de uma máfia poderosa.- Dizia ela enraivecida.- Você disse que me amava Leonard, e do nada essa garota vira sua favorita me deixando de escanteio, vai, assume, tá querendo fazer a garota confiar em você pra pôr a mão na grana dela que eu sei.- Eu iria respondê-la mais avisto a Miúda entre as cortinas nos encarando com um semblante triste, ela ouviu tudo. A mesma negou com a cabeça e entrou novamente sumindo da minha vista.

Que Merda!!

-Olha aqui Vanessa, eu quero a Zoey pra ser minha não você, eu a quero porque gosto dela e porque ela sim é mulher pra mim independente da grana que ela tem, não quero dinheiro porque isso eu já tenho, é ela quem eu quero quem eu desejo, então da próxima vez que vier falar bosta pense bem o caminho que vai querer seguir quando eu arrancar sua linda cabeçinha estamos entendidos?- Ela me olhava com lágrimas nos olhos. Nem liguei, a joguei pro lado e segui rapidamente até o fundo do palco.

Ao entrar vi que a Miúda já ia entrando no palco, corri até ela segurando seu braço a fazenda virar pra mim antes de cometer esse erro.

-Miuda para.- Falei pra mesma e tirei o capus da cabeça deixando meu rosto a mostra.

-Pra que? Minha vida não pode piorar mais que isso.- Disse ela segurando o choro.

-Não, você não vai entrar nesse palco, eu não vou deixar.- Falei já sabendo que poderiam tirá-la de mim se ela colocasse os pés naquele lugar.

Não, eu não posso deixar.

-Me deixa ir Leonard, pelo menos se algum desses velhos me comprarem eu sairei daqui.- Disse ela se soltando do meu braço mais logo a puxei de volta pra mim.- Me solta Rogers.

-Eu sei que ouviu tudo oque aquela garota disse, mas nada daquilo é verdade Zoey, acredita em mim, não é ela quem eu quero.

-E eu com isso? Eu sou apenas uma herdeira de quem você quer se aproveitar não é?- Disse ela parecendo magoada.- Pois saiba que eu não sou fácil como você pensa, e eu vou provar.- Se soltou da minha mão retirando o sobretudo que usava ficando só de langerie preta que PORRA...UAU...- Que foi? Nunca viu uma mulher semi nua na vida não?

-Varias vezes...mais você... é a primeira vez.- Ela revirou os olhos e seguiu pro palco, mais fui mais rápido e a puxei novamente fazendo a mesma se chocar com meu peito.- Eu já disse que você não vai pra la, muito menos assim tão exposta.- Ela me olhou nos olhos sem desviar por um minuto. Estávamos próximos demais.

Proximos demais...

-Leonard a Madame...aí meu deus!- Luara apareceu fazendo a Miúda baixar a cabeça quebrando o contato visual comigo.- Desculpa atrapalhar mais... a Madame está vindo aí, vocês já deviam ter saído daqui.- Ela olhou pra fora das cortinas e voltou a nos olhar.- Eu preciso ir, ela não pode me ver aqui, vocês precisam ir agora.

-Eu não vou a lugar algum com ele.- Disse a Miúda pegando o sobretudo do chão.

-Sera que dá pra me ouvir?- Falei pra mesma que me olhou.

-Ouvir oque?

-Ei deixem a DR pra depois tá? Cuidado.- Disse isso ela saiu deixando nós dois sozinhos novamente. Fui até ela pegando em sua mão a virando pra mim.

-Miuda...esquece oque a Vanessa falou tá legal? Ela está com raiva por ter sido rejeitada por mim, coisa que nunca havia acontecido antes.- Peguei sua outra mão e beijei as duas.- Acredita em mim, eu não quero ter sua confiança por causa do império que você tem em mãos, eu também tenho e voce sabe disso, eu quero que confie em mim por que eu...- Deixei a frase no ar pensando se dizia ou não isso a ela.

-Voce oque?- Perguntou ela esperando que eu continuasse. Se eu disser a ela que sou louco por ela desde quando vi sua foto com 15 anos de idade, sera que ela me acharia um psicopata?- Você oque fala?

-Miuda eu...- Fui interrompido por uma garota que entrou empurrando a miúda pro palco.- Ei!- Falei tentando pegar na mão dela mais sou segurado por dois Sombras.- Mas oque é isso? Soltem-me agora.

-So se eu quiser querido sobrinho.- A-olhei surpreso e ao mesmo tempo querendo me soltar pra ir atrás da Miúda que deve estar sendo comida pelos olhos por vários velhos nojentos lá fora.

-Tia...oque é isso?

-Isso sou eu evitando que você se apaixone pela filha do nosso inimigo Leonard, coisa que já está acontecendo não é?- Eu olhava a todo instante pro palco tentando ver a Miúda mais não dava. Puxava meus braços mais não dava...nada dava porra!

-Não pode fazer isso comigo Beatriz.- Falei e ela sorriu.

-Quem disse que não?- Ela se aproximou de mim passando as unhas em meu maxilar.- Ela tem destino certo essa noite meu amor, esse seu romancesinho com ela terá que ficar pra outras vidas.- Terminou de falar e logo atrás dela vi Vanessa sorrindo sarcástica.

Filha de uma puta mano!

-Oque você fez?- Perguntei pra Beatriz enquanto tentava me soltar das mãos dos dois sombras que eu nunca vi na vida.- Cadê a Zoey??

-Eu a vendi.- Disse ela normalmente.- Podem levá-lo.

-Voce oque??- Perguntou perplexo e comecei a me debater mais ainda tentando me soltar.- Me soltem Porra!- Eles me arrastaram pra fora dali e passamos pela Vanessa, a encarei mortalmente fazendo a mesma engolir seco.- Meu assunto com você eu trato depois...me aguarde Vanessa!- Falei num tom de ameaça vendo que ela sentiu medo pois desviou seu olhar do meu.  

Continuaram a me levar pelo meio de todos até que vi a Miúda num canto sentada confusa sem saber oque estava acontecendo, até que dois seguranças aparecem e segura cada um em cada braço dela a levantando, aí que ela entrou em pânico ao ver Beatriz pegar uma maleta prateada das mãos do senhor Cooper, um velho bilhonario da França e fazer um aperto de mãos com ele. 

Ele vai leva-la pra Paris...ah não, isso não.

-Vou falar pela última vez, me soltem ou não vão gostar do vem a seguir.- Falei e eles sorriram achando graça. Revirei os olhos.- Eu vou contar até 3...1...2..

-Me soltaaa!- Segui o grito da Miúda e vi que já levavam ela pelos fundos da Vision. Luara estava apavorada e eu logo tratei de me soltar daqueles filhos da puta. Acertei o queixo de um com o cotovelo e o mesmo soltou meu braço, soquei o rosto do outro várias vezes até que me soltou tambem. O segurei e o joguei por cima do outro carinha apagando os dois. Nesse momento toda a Vison estava em pânico. Todos corriam, uns pra fora da mesma e as meninas gritavam enquanto corriam assustadas. Aproveitei e peguei um paletó que vi no chão e corri até Luara jogando pra ela.

-Pra onde eles foram?- Perguntei a Luara que apontou pra saída dos fundos.- Toma, vai pra onde está o meu carro, assim que chegar no estacionamento subterrâneo é só apertar esse botão, irá saber o qual é, chegando lá vá com ele até o 5° quarteirão depois da Vision, virea sua direita e entre no segundo beco que você avistar okay?- Falei tudo rapidamente mais ela entendeu.- Irei buscar a Miúda e nos encontramos lá.

-Tudo bem, boa sorte!- Disse ela e logo corrermos cada um pro lado assim que dei cobertura pra mesma sair da Vision aproveitando a correria. Vi quando Vanessa saiu correndo também pra fora dali, e jurei pra mim mesmo dar o troco nessa vadia, ela que me aguarde. 

Ainda pelo salão da Vision, corri tentando alcançar os seguranças do Cooper e logo consegui os ver levando a Miúda com eles a força enquanto a mesma chorava tentando se soltar. 

-SOLTEM ELA!!!- Gritei já chegando dando uma voadora nos demais seguranças ao redor deles que se bateu com mais três, eles vieram pra cima de mim entrando em luta corporal comigo enquanto pessoas passavam correndo pela gente. Quebrei o braço de um deles e logo tratei de fazer o mesmo com a perna de um sabidinho que tentou me dar uma rasteira...peen! Tentativa falha.

Só que acabei me descuidando e ao virar um deles acabou me esfaqueando na cintura, facada essa que infelizmente a Miúda viu.

-NÃO!!!- Gritou a mesma em prantos, o som ecoou no salão atraindo o olhar do bocó burro da faca enferrujada a minha frente. Num movimento rápido, retirei a faca da minha cintura pois ainda não estava sentindo nada pelo sangue está quente e enfiei em seu pescoço. Deixei que o corpo caísse e corri até os outros dois que tentavam por a Miúda a força no carro, peguei a cabeça de um e acertei no carro o mesmo caiu desmaiado Mas já?

O outro jogou a miúda pro lado e veio pra cima de mim tentando acertar socos, mais só dei dois e ele caiu feito uma pena de tão lento que chegou no chão. Corri até ela vendo que ela estava assustada demais.

-Calma sou eu, vem comigo, agente precisa sair daqui.- Falei a levantado. Retirei minha capa e pus ao seu redor a cobrindo.

-Voce está ferido Leonard.- Falou ela ofegante e bem apavorada.

-Eu vou ficar bem, vamos.- Notei que havia um movimento entranho dentro da Vision já que daqui dava pra ele a entrada da mesma.

-Oque esta havendo? Cadê a Luara?- Perguntou ela olhando pra entrada da Vison onde havia vários Sombras indo até lá armados até os dentes. Minha tia foi esperta, saiu antes de toda confusão. Mas ela também não perde por esperar.

-Ela esta bem, está nos esperando, vamos.- Falei e quando íamos sair ela travou olhando pro mesmo lugar.- Miúda...Ei oque foi? Precisamos sair daqui.

-Ali...a-ali, é ele ...

-Ele quem Miúda?- Olhei na mesma direção que ela e vi dois homens entrando correndo na Vision também armados, atirando nos sombras que também atiravam neles. Miúda olhava pro cara do lado esquerdo que se protegia dos tiros enquanto olhava pro andar de cima.

-É ele Leonard...- Falou ela e me olhou com os olhos marejados e um sorriso lindo nos lábios.- É o meu Pai!



Notas Finais


Mds...😨😨 o negócio tá ficando bom Gzuis😏😏

Estão gostando?

Até o próximo capítulo ❤❤❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...