História Uma mãe de 16 - Capítulo 11


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Visualizações 20
Palavras 1.430
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 11 - Cap 11


3 meses depois

Eu estava com 4 meses, já estava cansada e nao aguentava mais. Eu resolvi nao ficar mais com o Pedro, mas a gente continua sendo amigos, acho que ele voltou com a Rafaela depois daquele final de semana. Eu e o Henrique nao voltamos, mas ele esta se mostranto aqui.
Hoje eu tenho uma ultra e eu vou descobrir o sexo do bebe, eu to nervosa, chamei o Pedro para ir comigo a final ele é o meu melhor amigo.
- Você esta nervosa ?- ele falou e segurou minha mão
- To muito - falei e ele sorriu
- Calma, eu estarei aqui com você - ele falou e sorriu
-Amanda Castagnolli - me levantei assim que uma enfermeira chamou o meu nome
-Castagnolli ?- escutei o Pedro falar vindo atras de mim
- Mendes Castagnolli - falei e ele riu - ruim eu sei - falei e ele parou ao meu lado
- Não, não é ... é ate fofo- ele falou e riu
- Olha aqui você cala a boca que o seu é Orleães- falei assim que entei na sala e ele me fuzilou com os olhos
- Bom dia, pode se deitar e levantar a blusa por favor - ela falou e eu obedeci
Ela passou o gel na minha barriga e eu contrai a barriga por estar gelado entao era começou a passar o aparelho pelo meu ventre
- Mamãe, tenho noticias - ela falou e eu travei e olhei para a telinha sem entender nada - preparada para ouvir o coraçaozinho ? - ela falou e eu assenti empolgada
Entao logo soou pela sala um barulinho calmo, e entao outro ao fundo. Meus olhos se encheram de lagrimas
- São gemeos - ela falou e o Pedro me olhou assustado
- GEMEOS ? - ele falou levemente alto
- Sim gemeos ! - ela falou sorrindo
TEM DUAS CRIANÇAS AQUI DENTRO ! ACHO QUE EU TO DESESPERADA
- São dois meninos, univitelinos ... parabens, mamãe e papai - ela falou e passou um papel tirando o gel abaixei a blusa e sai atordoada da sala
- ela falou que eu sou o pai - ele falou rindo
- Ela tambem falou que sao gemeos - Falei e revirei os olhos
- Ei !! Eu nao seria um pai tão ruim assim - ele falou dando um soquinho no meu ombro
- Você nao seria um pai ruim, mas tem um pessimo gosto para mulheres - falei assim que botamos os pés para fora da clinica - Ja pensou, esses bebezinhos tendo aquela naja como madrasta ? Eu chega fico tristinha - falei e ele revirou
- Ela nem é nao ruim assim e se eu fosse o pai ela nem existiria pq eu estaria com você- ele falou e entrou no carro
- Só se for com você por que comigo falta pouco ela me matar assim com os olhos - falei fazendo jatinhos de layzer com os dedos
- Ai Amanda e você nao fica muito por tras não, ja parou para ver o pai dos seus filhos ? Ele é tao estranho - ele falou e ligou o carro
-Mas eu nao tinha opçao e você meu caro, tem uma bandeja de opçoes para escolher quem vc quiser -  falei e passei meus dedos pela manga da blusa dele
- Ta ... me fala uma pessoa - ele falou e eu parei para pensar
- A Senhora Gomes, ela poderia bancar você - eu falei e ele revirou os olhos
- Ela tem idade para ser minha avó- ele falou fazendo uma cara de tedio para mim - e a nossa relaçao nao passa de passeios com o cachorro dela - ele falou me fazendo rir
- Olha acho que ela seria uma otima opçao, afinal ela mora sozinha naquela casa enorme ... - falei rindo
- Uma otima opçao se eu quiser alguem para me adotar né Amanda, pelo amor de Cristo ... o que vc quer para nao falar mais besteiras ?- ele falou e eu sorri empolgada
- Sorveteee - falei batendo palmas e fazendo uma dancinha muito louca

Chegamos a sorveteria e ficamos la sentados tomando sorvete. Talvez esse fosse o nosso programa favorito, era muito bom sentar e tomar um sorvete com o meu melhor amigo. Entao o nosso momento de paz foi quebrado quando o telefone dele começou a tocar
- Oi... aahh me desculpe, eu fui fazer a ultra com a Mendy e acabei me perdendo no tempo.... calma amor ... Rafaela pelo amor de Deus para de dar show pelo menos um minuto - ele falou e eu me segurei para nao rir - uma pena ... você para de palhaçada .... eu? Eu to na sorveteria ... quer alguma coisa ? .... Tem certeza ? Sorvete de graça ... tudo bem entao ... ta ... fica calminha ai valeu ? Tchau ... tbm beeeijo  - ele falou e eu cai na gargalhada
- Pelo menos a Senhora Gomes te daria dinheiro para você vir tomar sorvete comigo- falei rindo e ele tacou um guardanapo na minha cara
- Eu esqueci que a gente esta fazendo 2 meses hoje, ela esta la em casa ... e eu to "na sorveteria com umazinha qualquer " - ele falou fazendo aspas com os dedos
- olha mas eu só nao chamo ela para a mão pq eu estou gravida, mas se eu nao tivesse ninguem me segurava - falei e revirei os olhos
- Amanda vc é a metade dela - ele falou e eu me levantei
-Olha Pedro vc tem que parar de nao acreditar no meu potencial ... eu sou capaz -  falei indo em direçao ao carro
- Eu sei que é ... mas eu realmente nao quero chegar a um ponto que eu tenha que escolher uma de vocês, nao quero que ela saia machucada - ele falou entrando no carro
- Entao pq você ainta ta com ela ? - falei alto entre os dentes
- Pq você ainda esta com o Henrique ? - ele falou e me fez pensar
- Vamos para casa, vamos ? - falei e virei mei olhar para frente

Quando chegamos no condominio eu fui ver se a tia Carolina estava em casa e entao subi com o Pedro, quando chegamos na sala a Rafaela estava la, mexendo no telefone
- achei que tivesse roubado meu namorado para sempre - ela falou puxando ele para si
- Oi para voce tambem Rafaela - falei nem ligando para o que ela tinha falado anteriormente
- onde minha mae esta, amor ?- ele falou e deu um selinho nela
- No quarto dela - ela respondeu e eu subi
- Tia ... - falei batendo na porta
- oi, pode entrar - ela falou e eu entrei - Amanda, como vocês estao ? -ela falou e sorriu ao me ver
- Estamos bem ... - falei fazendo um carinho no meu ventre
- Olha ainda bem que voces chegaram pq essa garota esta me colocando de pernas para o ar - ela falou e eu ri - E ai, ja sabe o sexo ? - ela perguntou curiosa mudando totalmente o rumo da conversa
- Sim ... descobrimos hoje, e escutamos o coraçaozinho tambem ... foi tao lindo - falei e me lembrei daquele som tao lindo
- aahh e é uma menininha ?- ela perguntou empolgada
- Sao dois ... meninos - o queixo dela caiu na hora em que eu terminei de falar
- Meu Senhor da Gloria, gemeos ? - ela perguntou e eu ri
- Sim gemeos ! - falei arregalando os olhos
- E sua mae ja sabe disso ? - ela perguntou e eu neguei - boa sorte quando for contar viu - ela falou rindo
- Vou precisar mesmo, mas em fim tia vim só falar isso e te dar um beijinho ... ainda tenho que contar para o Henrique- falei dando um beijo em sua testa e ela retribuiu
- Boa sorte meu amor, nao demora para voltar nao em ... você mora aqui do lado nao tem desculpa - ela falou e eu sorri
- Ok tia, beijos - falei e fechei a porta delicadamente
 Desci as escadas e passei pelo Pedro, me despedi dele e da Rafaela e fui para casa. Quando cheguei tomei um banho gelado e vesti uma blusa que eu tinha roubado do Henrique um tempo atras, entao mandei uma mensagem para ele falando para ele vir aqui em casa 


Notas Finais


Oi sumidas sdds rsrs
Desculpem sumir, mas eu estou de volta rsrs espero que tenham gostado do cap que eu fiz com tanto amor e carinho para vcs


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...