1. Spirit Fanfics >
  2. Uma peça do destino >
  3. Luau

História Uma peça do destino - Capítulo 7


Escrita por:


Capítulo 7 - Luau


Fanfic / Fanfiction Uma peça do destino - Capítulo 7 - Luau

DIA SEGUINTE 

Michael pov 

Depois que as crianças saíram em direção ao hotel que a senhorita Miller está hospedada, peguei meu livro e fui com Blanket aproveitar a praia. Montei um guarda-sol e coloquei um pano para sentarmos. Blanket estava com muito sono e acabou adormecendo do meu lado agarrado com o senhor urso. 

Após o término da aula das crianças pretendo organizar um pequeno luau pra nós, então passarei o dia ocupado preparando tudo o que for preciso. Estou cogitando a possibilidade de convidar a senhorita Miller para vir também, pois sei que as crianças ficariam muito felizes, entretanto para isso eu teria que usar algum disfarce pra que ela não me reconheça. Sei que é muito arriscado, porém estou disposto a correr esse risco.

Lauren pov

No momento em que Bill chega para buscar as crianças, ele pergunta se eu teria algum plano para esta noite.

- Tinha pensado em apenas explorar o lugar, visitar algum barzinho, por quê? - pergunto meio intrigada com uma pergunta que não estava esperando.

- O senhor Johnson está preparando um luau para as crianças e gostaria que a senhorita fosse também - responde sorrindo. 

- Então eu finalmente poderei conhecer o chefe? - pergunto entusiasmada.

- Bem, mais ou menos - me olha estranho - tecnicamente você vai conhecê-lo pessoalmente, mas não vai realmente conhecê-lo porque ele vai estar usando um disfarce. 

- Bom, melhor do que nada né - respondo com um pouco menos de entusiasmo.

- Entao você vai?

- Claro - sorrio - eu não perderia a oportunidade de finalmente poder conversar com o chefe pessoalmente. 

- Vou mandar Javou te buscar lá pelas 19h então.

- Combinado. 

- O papai tá preparando um luau mesmo Bill? - pergunta Paris com os olhinhos brilhando. 

-  Sim querida - responde Bill sorrindo.

- Agora tô tão feliz que a senhora Miller finalmente vai conhecer o papai - fala Paris olhando pra mim.

 - Eu também querida - respondo sorrindo pra ela.

- Bom então vamos indo pra que ninguém se atrase - fala Bill pegando na mão das crianças - até depois Lauren.

- Até - fecho a porta do quarto para finalmente começar a me preparar. É meio estranho que as aulas agora estão sendo feitas no meu quarto de hotel mas já estou me acostumado. 

Me dirijo ao chuveiro e ligo a água bem quente para relaxar.

Michael pov

Quando Bill chegou com as crianças ele me informou que a senhorita Miller realmente viria para o luau, então preciso começar a preparar o meu disfarce. Odeio ter que fazer isso, porém é necessário. Lá fora só falta acender o fogo, coloquei várias almofadas em volta da fogueira para que todos pudessem sentar e preparei alguns drinks sem álcool para que as criança possam tomar. Para a janta pedi que Bill pegasse um pouco de KFC pra nós e também comprei marshmallows para que pudéssemos assar.

Sentando-me no banquinho em frente ao espelho da penteadeira começo a organizar o disfarce. Depois de todos esses anos eu tive que aprender na marra a fazer o meu próprio disfarce e não depender dos outros pra isso. Claro que alguém profissional consegue fazer bem melhor, porém quando eu mesmo faço ainda consigo ficar irreconhecível e é isso que importa.

Depois de um tempo fazendo a maquiagem finalmente chega a hora de eu colocar uma peruca de cabelo castanho claro e as lentes de contato azuis. De roupa estou vestindo uma calça e manga curta pretas com uma jaqueta cinza por cima para esconder o meu vitiligo. Nos pés coloquei um tênis esportivo.

As crianças já estão prontas lá embaixo e quando desco as escadas elas me olham estranho.

- Você ta muito engraçado assim papai - diz Prince dando uma risada.

- Verdade, nem parece você - completa Paris.

- Esse é o objetivo princesa - falo sorrindo.

- Isso vai ser muito estanho - arregala os olhos - só espero que a senhorita Miller não se assuste papai - da uma risada.

- Paris! - falo fingindo estar bravo - nem tá tão ruim assim - encaro eles - a partir de agora ta proibido falar mal do meu disfarce ok? - dou uma risada. 

Eles me olham sufocando o riso. 

Lauren pov

Depois de tomar meu banho resolvi colocar uma calça jeans, uma regata azul e um casaco preto, pois sei que pode ficar meio frio à beira-mar de noite. No momento estou no carro com Javon indo em direção ao local que o senhor Johnson e as crianças estão hospedados. Confesso que tenho um frio na barriga só de pensar em como será conhecê-lo pessoalmente, espero que ele seja gentil como tem se mostrado nos bilhetes e que as nossas conversas fluam bem.

Meus pensamentos são interrompidos quando chegamos em frente a uma casa muito bonita de dois andares meio isolada. Javon me conduz até a porta que dá direto em uma sala de estar. Olhando para o sofá percebo um homem de meia idade com cabelo castanho claro e olhos azuis segurando uma criança pequena, a qual presumo ser o filho mais novo. O homem percebe a minha presença e rapidamente coloca a criança no chão e se levanta estendendo a mão pra mim.

- É um prazer finalmente conhecê-la senhorita Miller - noto que ele tem um sorriso muito bonito com os dentes bem brancos.

- O prazer é todo meu senhor Johnson - aperto sua mão grande e suave.

- Este pequeno aqui é o Blanket - fala pegando na mão do menino fazendo-o olhar pra mim - diga olá para a senhorita Miller. 

- Oi - fala um pouco envergonhado se escondendo atrás das pernas do pai. 

- Olá - sorrio pra ele.

- Ele é um pouco tímido perto de quem não conhece - senhor Johnson fala um pouco envergonhado também. 

- Sem problemas - sorrio - é normal as crianças se comportarem assim perto de estranhos - ele sorri de volta. 

Nesse momento Paris e Prince surgem na sala e correm me abraçar. 

- Senhorita Miller! - dizem em uníssono.

- Que bom que a senhorita veio - diz Prince.

- Eu tô muito feliz por estar aqui também - sorrio para eles.

- Bem, vamos indo lá pra fora? - pergunta senhor Johnson pegando Blanket no colo.

- Claro - sorrio pra ele.

- Sim! - dizem as crianças. 

Michael pov 

Quando chegamos lá fora sentamos nas almofadas e começamos a tomar os drinks de frutas.

- É realmente muito lindo aqui - fala a senhorita Miller olhando pra mim - e esse drink tá muito bom mesmo. 

- Obrigado - sorrio - é uma pena que a senhorita não pode ver o pôr do sol daqui, é realmente uma vista espetacular. 

- Eu imagino - toma mais um gole.

- Espero que goste de KFC, pedi para Bill buscar para a janta.

- Tá brincando? Eu sou basicamente viciada em KFC - sorri pra mim.

- Mesmo? - pergunto entusiasmado que ela também gosta do meu fast-food favorito.

- Sim! Durante a faculdade eu comia quase todos os dias, não sei como ainda não tive um ataque cardíaco - da uma risada.

- Eu também - rio bastante - mas não foi durante a faculdade. 

- Acho que o papai deve ter o recorde de pessoa que mais comeu KFC na vida - fala Paris de divertindo.

- Quem vê pensa que eles patrocinam o papai - Prince completa e todos riem.

Depois que Bill chega com a janta, as conversas fluem muito bem com a senhorita Miller. Acabei descobrindo que a mãe dela mora em Nova York e o pai tem outra família, que ela tem uma amiga de infância chamada Melanie, a qual vive fazendo festa por aí e que o sonho dela sempre foi trabalhar com crianças porque sempre se deu muito bem com elas.

No momento estamos comendo marshmallow e conversando sobre nossos filmes favoritos da Disney.

- O meu favorito é Branca de Neve. O papai até comprou o vestido dela pra mim - diz Paris.

- Qualquer dia você pode mostrar para a senhorita Miller o que acha? 

- Sim! - exclama Paris entusiasmada. 

- Deve ser um vestido muito bonito, eu adoraria de ver algum dia - responde a senhorita Miller com um sorriso.

- Eu não gosto desses filmes de princesa - fala Prince com uma carranca - Rei Leão é muito melhor. 

- É um filme muito bom também - fala a senhorita Miller.

- O papai conseguiu assistir antes da estreia - diz Prince olhando pra mim - né papai?

- Verdade Prince.

- Uau - senhorita Miller responde sorrindo - então o senhor trabalha nessa área?

- Na verdade foi mais sobre conhecer a pessoa certa - respondo sem querer expor demais - alguns amigos meus trabalharam na produção e quando ficou pronto eles me mandaram uma cópia antes de chegar aos cinemas.

- Você já conseguiu assistir outros filmes antes da estreia também?

- Sim - sorrio - quase todos que a Disney lançou desde os anos 80 eu pude ver antes.

- Isso deve ser muito legal - sorri.

- Foi muito divertido ver as pessoas especulando sobre os filmes e eu já saber o que acontece - olho pra ela - e qual é o seu favorito?

- A Bela e a Fera - sorri - e o seu?

- Peter Pan com certeza - falo colocando um marshmallow na boca.

- Você acredita que eu nunca assisti? - me olha divertida - só estou lendo agora o livro que o senhor me emprestou. 

- Não creio - arregalo os olhos - precisamos providenciar urgentemente que a senhorita assista. 

- Vamos convidar ela pra noite do cinema então papai - fala Paris olhando pra mim e sorrindo.

- Claro meu amor é só a gente combinar - retribuo o sorriso.

Após mais algumas horas as crianças já estão bem cansadas, então ajeito cada uma em seus quartos e depois desco as escadas para me despedir da senhorita Miller.

- Fiquei muito feliz em finalmente conhecê-la - sorrio - é bom saber que as crianças estão em boas mão. 

- Também fiquei feliz em finalmente conhecê-lo, você é um pai incrível. Esses pequenos tem muita sorte.

- Muito obrigado, você não imagina o quanto isso significa pra mim. Eu tento o meu melhor para ser um bom pai pra eles.

- Então pode ter certeza que está fazendo um ótimo trabalho.

-  Você não tem ideia o que ouvir isso significa pra mim. Muito obrigado mesmo.

- Só estou falando a verdade - sorri.

- Então, eu estava pensando que talvez possamos começar a nos comunicar pelo telefone. Creio que facilite um pouco as coisas - lhe entrego um papel com o meu número escrito - pode me mandar uma mensagem depois pra conferir se é o número certo mesmo, já que às vezes eu troco de número e acabo confundindo com os antigos.

- Ok, depois te mando uma mensagem então - responde guardando na bolsa - muito obrigada por hoje, foi muito legal da sua parte pensar em me convidar - sorri.

- Por nada, as crianças te amam e também já tava na hora de conversarmos pessoalmente. Além disso é sempre bom poder interagir com outras pessoas fora do meu círculo pessoal. 

- Espero que não tenha me achado muito entediante então - sorri com vergonha. 

- Pode ter certeza de que você está longe de ser entediante.

- Ainda bem - sorri - Enfim acho que já está na hora de eu ir, muito obrigada novamente e tenha uma boa noite.

- Boa noite - a puxo para um abraço - até mais.

- Até - solta o abraço. 

Lauren pov 

Depois que Javon me deixa em casa não consigo parar de pensar em como essa noite foi incrível. Cada dia que passa fico mais encantada com o senhor Johnson, ainda mais depois de conversarmos pessoalmente. Ele parece ser perfeito demais para ser verdade, se não fosse meu chefe eu tenho certeza de que poderia meu apaixonar facilmente. Falando nisso lembro-me que tenho que lhe mandar uma mensagem para confirmar se o número está correto.

Depois de adicioná-lo aos contatos, finalmente lhe envio a mensagem.

"Oi, aqui é a senhorita Miller, espero que seja o número correto"

Após alguns segundos recebo uma resposta. 

"É o número correto mesmo, ainda bem que não me enganei. Tenha uma boa noite senhorita Miller"

"Que bom então, boa noite pro senhor também"

" :)"

















Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...