História Una Noche - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Amor, Cultura, Desejo, Drama, Loucura, Paixão, Perigo, Romance
Visualizações 12
Palavras 720
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Famí­lia, Festa, Luta, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Olá minhas MARAVILINDAS!! Hoje eu caprichei!
Vocês vão pirar!

Capítulo 3 - Capítulo 3


Fanfic / Fanfiction Una Noche - Capítulo 3 - Capítulo 3

P.O.V-Derek

-No, somente una história que me encantaria em ler de nuevo

 

Capturei os lábios dela enquanto rasgava o vestido vermelho, e sob a baixa luz do luar que iluminava o quarto eu pude admirar o corpo dela pela primeira vez...E então eu a Amei. Amei como se fosse a única mulher da terra, unicamente minha, perfeitamente minha...

Eu estava ficando louco, louco pela mulher daquele velho imbecil, e aquilo era um pergio. Perigo no qual eu não estava medindo as consequências...

 

Depois da noite na casa de Hernandes  não nos vimos mais, também como podería? Aquilo lá era uma fortaleza e o velho era o imperador e tudo que eu mais queria era sua Rainha...ou devo dizer, Minha Rainha.

-Eu to morto cara! – Thomas encostou no espelho do elevador –  Estamos horas sem dormir

-Nem me fale....

O elevador chegou no vigésimo andar e Thomas desceu. Chegando no andar de cima, entrei e joguei  as pastas em cima da mesa, tudo o que eu queiraera um banho bem quente para relaxar e dormir.

Sempre que chegava no hotel  Karine estava lendo um livro ou vendo TV na sala, mais nquela noite foi diferente. O apartamento estava escuro,olhei para o relógio na cozinha e já eram 00hrs50. Abri a geladeira e bebi um copo de água, e em alguns segundo lembranças de nosso antigo amor vieram a minha mente, mas tudo era muito vago....nem parecíamos mais um casal

E sinceramente....era triste, não por mim, mas por ela...

Deixei  o copo na mesa e fui em direção ao quarto, quando ascendi quase enfartei.

-O que é isso Karine? – Observei a cena. Ela estava deitada em “nossa’’ cama com uma lingerie vermelha provocativa

O vermelho me lembrava outras coisas....

-Estou com saudades – Ela levantou-se e veio até mim tocando em meu peito. Eu não sentia nada com aquele contato.

Apenas gelo.

-Karine....estou cansado – Retirei as mãos dela de mim – Por favor...

-Mais o que é isso meu amor? Cansado de mim? – Ela insistiu

-Pare...

Na verdade eu já deveria ter tido essa conversa com Karine a algum tempo, mais só achei uma lacuna naquele momento...

- O que foi amor?

-Pare...Olha Karine, você é uma pessoa incrível que já fez de mim um homem muito feliz tempos atrás. Mas agora, eu acho que não estamos mais tão propicíos para continuar esse relacionamento...entende?

-Está querendo dizer que não me ama mais?

-Não...

-Está terminando comigo? – Ela parecia perplexa – Agora!?

-Sim...

-Como você PODE! SEU IDIOTA! – Ela batia as mãos em meu peito que a minutos atrás havia sido  “encarinhado’’ por ela mesma

-Calma Karine! – Eu segurava seu braços estéricos

-VOCÊ TEM OUTRA NÃO TEM? PENSA QUE EU NÃO PERCEBI!?

-Do que você está falando.....Acalme-se!

-É  A VAGABUNDA DO HERNANDES NÃO É?

-Karine! QUEM!? – Naquela hora eu senti minhas pernas tremerem, ela poderia estragar tudo

-EU VI A PORRA DO COLAR! SEU FILHO DA PUTA! EU ACHEI QUE ERA UM PRESENTE PRA MIM!

-BASTA KARINE! JÁ CHEGA! Esse escandalo todo não vai fazer com que eu te ame de novo

-Já está apaixonado por outra não é!? Isso não vai ficar assim! NÃO MESMO! – Ela colocou o primeiro vestido que estava no armário,sua bolsa e saiu batendo a porta

 

Se eu dormi? NÃO!

Não preguei os olhos a noite toda, me sentia um lixo por ter feito aquilo com ela....Eu não queria que ela soubesse de Paola agora, eu queria terminar nosso relacionamento civilizadamente...mais isso foi impossível.

Na manhã seguinte acordei, tomei um longo banho, um café reforçado e desci para o andar de Thomas

-Então terminaram mesmo!?

-Sim, definitivamente

-Mais e agora? Ela ficou sabendo da Gringa?

-Pior que sim....

-E sabe o que é pior? Hoje temos o almoço da caridade no salão de equitação e adivinha.....A PORRA DO HERNANDES VAI!

- E Paola também...

-Sim, a sua destruição também...

 

As exatas 12:45 fomos para o centro de equitação, o evento estava prestes a começar. Chegamos e sentamos próximos a pista de apresentações. Logo de cara me servi de um copo de whisky, eu precisava beber....

Hernandes vinha em nossa direção, e ao seu lado como os 7 pecados mortais encarnados em uma  só pessoa Paola, que vinha caminhando sensualmente vestida em um vestido azul marinho que fazia com que todas ao seu redor sentissem inveja, e que todos os homens a desejassem.


Notas Finais


VIXI VIXI! VEM BABADOS POR AI!
Favoritem! Comentem!
E continuem acompanhando!
Beijões!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...