História Unsolved--Darth Vader - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Star Wars
Personagens Anakin Skywalker (Darth Vader), Han Solo, Obi-Wan Kenobi, Personagens Originais
Visualizações 55
Palavras 1.744
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Ação, Aventura, Bishoujo, Bishounen, Comédia, Crossover, Drabble, Drabs, Drama (Tragédia), Droubble, Ecchi, Esporte, Famí­lia, Fantasia, FemmeSlash, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Ficção Científica, Fluffy, Harem, Hentai, Lemon, LGBT, Lírica, Literatura Feminina, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Musical (Songfic), Orange, Poesias, Policial, Romance e Novela, Saga, Sci-Fi, Seinen, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Shounen, Slash, Sobrenatural, Steampunk, Survival, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Canibalismo, Cross-dresser, Drogas, Estupro, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Mutilação, Necrofilia, Nudez, Pansexualidade, Sadomasoquismo, Self Inserction, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Espero que gostem dessa primeira fic de SW que estou trazendo sobre uma nova ameaça. Deêm voto e comentem que ajuda muito!

Capítulo 1 - Prólogo- Onde tudo se inicia


— Desista agora!— Darth Vader insistiu para uma Jedi que continuava lutando com ele mesmo com a quantidade de sangue que já escorria pelo corpo, saíndo do nariz e da boca. As roupas da mesma estavam completamente rasgadas de uma ponta para a outra e a pobre mulher guerreira, rebelde, sabia que não iria aguentar muito mais naquele estado. Mas tinha de lutar pelo que era justo e pelo que havia sido treinada toda a sua vida inteira. A rebelião tem de permanecer viva e forte, nem que morram milhares de rebeldes, a justiça tem que prevalecer no universo. Mas no entanto, Vader continuava usando a força e com a mesma, atirava a mulher para todos os cantos daquela arena em ruínas de onde os dois se encontravam lutando com os soldados Stormtrooper's observando a batalha sem fazer nem um movimento, por ordens do grande Lord Vader.

— Não! Eu não irei desistir agora, por mais que me doa todo o corpo e não são derrames de sangue que vão me impedir de continuar lutando!— A guerreira falou em resposta á afirmação que Vader havia falado para a mesma. O sith por fim ergueu o seu sabre de luz vermelho, no alto ao nível da sua cabeça coberta pela sua máscara negra e olhou para a Jedi que se encontrava deitada e toda coberta de sangue, quase morta e olhando para ele enquanto o fitava sériamente. Vader deu uma breve risada interior e fitou a mesma com severidade e logo a guerreira começou a flutuar e a sofucar.

— Antes de morrer..— Vader falou pausadamente enquanto andava em volta do corpo flutuando, da Jedi. — Saiba que foi você quem escolheu esse destino!— Em um só golpe, Vader cortou o corpo da rebelde ao meio e uma enorme poça de sangue se formou no meio das duas partes do corpo da mesma separados ao lado um do outro.
O Sith saiu da arena toda destruída do tempo e foi para dentro da sua nave pessoal para logo seguir para a Estrela da Morte e dar o relatório da missão ao planeta Gyurk ao Imperador. Ele sabia que o imperador iria ficar satisfeito por um lado e aborrecido por outro. Darth Vader havia conseguido destruir mais um Jedi, porém, não conseguiu nenhuma informação que pudesse ser útil sobre a nova ameaça ao império. Vader estava tranquilo com isso, ele nunca falhara e o Imperador sabia que ele poderia extraír informações de outro lugar, fosse onde fosse.

— Ela não te falou nada é isso que está me falando Darth Vader?— O Imperador perguntou a Vader e o mesmo balançou a cabeça em confirmação. O grande e temível Imperador, sabia que o seu adorado braço direito tinha algo em mente para conseguir mais informações e Vader sempre assegurou o seu imperador de que de uma maneira ou de outra ele resolveria todos os problemas que fizessem face contra o Poderoso Império.

— Era uma boa guerreira Jedi!— Darth Vader afirmou com toda a sua certeza, o seu conhecimento do que significava ser um bom Jedi era vasto e por isso ele poderia conseguir avaliar qualquer Jedi com a forma como lutavam e como seguiam os seus objectivos. Mas o que ele pretendia dizer ao Imperador naquele momento, era que ela seria uma boa aliada para o Império, porém, estava morta.— Mas tenho mais fontes por onde recorrer para saber mais sobre essa tal "Mega Arma de Devastação"! — O Sith respondeu ao Imperador com toda a sua certeza e intusiasmo. O Imperador o olhou com uma expressão de breve dúvida e depois um breve silêncio consumiu o clima daquela divisão central da Estrela da Morte. Vader caminhou para a porta de saída da mesma e assim que chegou perto, voltou a se virar para o Imperador.

— Onde vai Darth Vader?— O Imperador perguntou curioso e Vader riu. Sempre que ele perguntava aquilo era porque havia algo mais para dúvidar nas intenções com que ia para um certo planeta ou o que iria fazer no mesmo.

— Vou procurar informações no antigo planeta da última base da républica, no planeta Tarrkar!— Ele respondeu e logo saiu da divisão central, se dirigindo de novo para a sua nave pessoal e se preparando para ir ao planeta de Tarrkar, só lá ele teria respostas concretas de se a arma pertencia há aliança rebelde ou não.

                                   ******

Leia acordou com o braço de Han sobre a sua cintura e logo retirou o mesmo da parte do seu corpo e se levantou a metade do corpo, ficando apenas sentada na borda lateral da cama. Ela sabia que esse seria mais um grande dia de pesquisas intensas sobre qual o próximo plano do Império contra a aliança rebelde. Han logo acordou também e sorriu ao ver a sua amada noiva fitando o chão com uma expressão de incerteza.

— Está tudo bem Majestade?— Han perguntou com tom irónico. Leia sabia o quanto Han a enchia, falando esse nome sempre que queria algo com ela quando se conheceram e ouvir isso dele agora dava algum animo para a mesma. Ela olhou o seu amado de relance e sorriu, se deitou ao seu lado por um pouco mais e os dois ficaram se fitando por algum momento até que a porta do quartos deles se abre, entrando Obi-Wan do outro lado.

— Interrompo algo aqui?!— Obi-Wan pergunta com o sobre-olho franzido enquanto fitava Leia e Han deitados um ao lado do outro. A princesa se levantou por completo da cama e ficou de frente do Mestre Jedi sorrindo apenas com o seu pequeno pijama vestido.

"Sempre o mesmo Ben Kenobi!"

A princesa pensou para si mesma e logo foi até á varanda do quarto, enquanto observava os dois indo para a mesma. Obi-Wan caminhou lentamente aos passos que a princesa dava e quando lá chegaram, uma paisagem bastante bonita foi avistada pelos dois. O parque do lado de fora do Castelo da base Repúblicana, era possível se ver toda a erva verde e brilhante assim como a água dos lagos que estavam perto da zona verdeada com a mesma erva. Era tudo muito belo, nem parecia que já havia acontecido uma pequena guerra naquele mesmo lugar.

— O que percisa para vir entrar no meu quarto com tanta urgência Ben?— Leia perguntou com um olhar de dúvida para o mesmo que logo retribuiu com seriedade para a princesa deixando o clima um pouco mais frio. Obi-Wan Kenobi sabia que algo se aproximava daquele planeta e queria avisar a princesa o quanto antes para que as tropas rebeldes ficassem preparadas para um possível ataque.

— O seu pai está vindo para cá, eu detectei ele em uma das torres detectoras da zona Este, ele vem com mais quatro transportadores e é possível que em cada venham mais ou menos doze soldados do império por isso é melhor se preparar para um possível ataque.— Após a últimas palavras de Obi-Wan, Leia engoliu em seco e suspirou levemente, olhando o horizonte que estava na frente da mesma e logo voltou a olhar o mestre Jedi que a continuava fitando, esperando uma resposta dela.

— Ok!— Leia afirmou decidida— Fale para as tropas se reúnirem na praça principal que eu e Han vamos lá ter em dez minutos!— Obi-Wan acenou com a cabeça e logo saíu do quarto da princesa para ir avisar os soldados rebeldes do possível ataque que iriam ter.Leia acordou com o braço de Han sobre a sua cintura e logo retirou o mesmo da parte do seu corpo e se levantou a metade do corpo, ficando apenas sentada na borda lateral da cama. Ela sabia que esse seria mais um grande dia de pesquisas intensas sobre qual o próximo plano do Império contra a aliança rebelde. Han logo acordou também e sorriu ao ver a sua amada noiva fitando o chão com uma expressão de incerteza.


— Está tudo bem Majestade?— Han perguntou com tom irónico. Leia sabia o quanto Han a enchia, falando esse nome sempre que queria algo com ela quando se conheceram e ouvir isso dele agora dava algum animo para a mesma. Ela olhou o seu amado de relance e sorriu, se deitou ao seu lado por um pouco mais e os dois ficaram se fitando por algum momento até que a porta do quartos deles se abre, entrando Obi-Wan do outro lado.

— Interrompo algo aqui?!— Obi-Wan pergunta com o sobre-olho franzido enquanto fitava Leia e Han deitados um ao lado do outro. A princesa se levantou por completo da cama e ficou de frente do Mestre Jedi sorrindo apenas com o seu pequeno pijama vestido.

"Sempre o mesmo Ben Kenobi!"

A princesa pensou para si mesma e logo foi até á varanda do quarto, enquanto observava os dois indo para a mesma. Obi-Wan caminhou lentamente aos passos que a princesa dava e quando lá chegaram, uma paisagem bastante bonita foi avistada pelos dois. O parque do lado de fora do Castelo da base Repúblicana, era possível se ver toda a erva verde e brilhante assim como a água dos lagos que estavam perto da zona verdeada com a mesma erva. Era tudo muito belo, nem parecia que já havia acontecido uma pequena guerra naquele mesmo lugar.

— O que percisa para vir entrar no meu quarto com tanta urgência Ben?— Leia perguntou com um olhar de dúvida para o mesmo que logo retribuiu com seriedade para a princesa deixando o clima um pouco mais frio. Obi-Wan Kenobi sabia que algo se aproximava daquele planeta e queria avisar a princesa o quanto antes para que as tropas rebeldes ficassem preparadas para um possível ataque.

— O seu pai está vindo para cá, eu detectei ele em uma das torres detectoras da zona Este, ele vem com mais quatro transportadores e é possível que em cada venham mais ou menos doze soldados do império por isso é melhor se preparar para um possível ataque.— Após a últimas palavras de Obi-Wan, Leia engoliu em seco e suspirou levemente, olhando o horizonte que estava na frente da mesma e logo voltou a olhar o mestre Jedi que a continuava fitando, esperando uma resposta dela.

— Ok!— Leia afirmou decidida— Fale para as tropas se reúnirem na praça principal que eu e Han vamos lá ter em dez minutos!— Obi-Wan acenou com a cabeça e logo saíu do quarto da princesa para ir avisar os soldados rebeldes do possível ataque que iriam ter.

Notas Finais


Até á próxima!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...