1. Spirit Fanfics >
  2. Usagi Janpu >
  3. Superar o passado

História Usagi Janpu - Capítulo 5


Escrita por:


Capítulo 5 - Superar o passado


Fanfic / Fanfiction Usagi Janpu - Capítulo 5 - Superar o passado

Zenkari olha para Blody com um olhar aterrorizante. Blody senta no sofá com as mãos meio trêmulas.

Blody: Cale-se... Estou aqui cerca de seis anos. Vou contar a história.

Ah, vamos lá.. Quando eu tinha doze anos..

Estava brincando com o meu irmão mais novo na festa do chá que a minha mãe havia feito. Eu achei um buraco de coelho perto de uma árvore de cerejeira, como toda criança, gostaria de ver o que tem dentro. Meu irmão mais novo havia caído nele e eu o puxei para fora, mas como consequência estou aqui..

Zenkari: Como tem o álbum de fotos? É improvável que o tenha desde que caiu na árvore.

Além do mais, e os outros objetos?

Blody fica meio triste mas continua a responder Zenkari.

Blody: Após vir aqui, um velhinho me acolheu, simpático e honesto. Ele tinha muito tempo de vida ainda, eu estava feliz junto à ele. Me ensinou à manejar uma espada, cozinhar, trabalhos domésticos e sobreviver em situações de perigo.

Quando completei 14 anos, ele foi assassinado por “Caçadores de coelhos” pessoas que caçam amuletos. Eles tem o poder de destruir até mesmo a coisa mais indescritível de todas em todo o mundo. Pelas ordens dos nobres, para que os mais pobres não usassem tantas borboletas que estavam e estão em escassez hoje em dia.

Eles arrancaram o relógio do “meu” avô e disseram que se não trouxer as borboletas que tínhamos para eles, iriam me matar também.

Eu sem pensar duas vezes, queria sair dessa vivo para vingar a vida do homem que me criou por 2 anos sem hesitar. Mas eles me enganaram, me trancaram em uma gaiola e me fizeram passar fome por 1 ano. Eu tinha me tornado um monstro, com esse meio tempo já conseguia ter o título de “poderoso de ar”. A gaiola conseguia mudar de tamanho de acordar com a estrutura do prisioneiro, fiz pressão no vento para que parecesse maior e foi ai que consegui sair daquele inferno, trancando um corvo em meu lugar.

A sala de tortura no porão? Siga-me.

Blody levou Zenkari e Naomi até a “sala de tortura” e os explicou muita coisa pelo o que sofreu naquele lugar.

Blody: Está corda? Ela me enforcava todos os dias depois de esperar sentado na minha prisão. Está forca cortava o meu pescoço e essa lança era fincada em meu coração. Meu corpo virou um brinquedo tão divertido que passavam à me dizer como me deveria me suicidar. Tudo isso, todos os dias, sem falta.

Zenkari: Como sobreviveu à isso?

Blody: O velhote me ensinou como tirar o espírito do meu corpo antes de ser atingido...

Divertido né? ESSE CORVO ME TORTUROU POR UM ANO HAHA. NÃO É LEGAL?

EU TIVE TODO O RESTO DA MINHA ENERGIA SUGADA E AGORA TENHO QUE ME ALIMENTAR DE “ERVAS ESPECIAIS” A POHA DE ERVAS!

Blody de desconcentra e cai em uma lança de ferro. Naomi o puxa de volta.

Naomi: Blody! Cuidado! Você precisa ser mais cuidadoso consigo mesmo!

Blody: D-desculpe eu me atrapalhei novamente...

Zenkari:... Como conseguiu o álbum? Você ainda não disse..

Blody: Eu roubei ele da minha realidade. Quando estava batalhando entre um guarda Nível Esmeralda.. Ele tinha um trato comigo, iria me dar um dia na minha realidade. Em troca eu o deixaria viver.

No final, agora sei que estou em coma para eles.

Naomi e Zenkari olham nos olhos de Blody e o enxerga como realmente é.

Naomi: (Ele sofreu, muito, muito e muito. Mas nunca quis nada de ruim! Dentro desses olhos..

Zenkari: EU VEJO UM SER EXTREMAMENTE SOLITÁRIO..)

Blody:........

Vocês tem quantos anos?

Zenkari: Tenho quatorze..

Naomi: Eu tenho treze.

Blody: Eu tenho dezoito, posso chamá-los de criança certo? Haha.

Naomi: Hahahaha!

Ambos começam a rir. Zenkari pega nos ombros de Blody e o encoraja.

Zenkari: Não desista! Nós ainda vamos te ajudar, eu prometo. Por favor! Me ensine à usar elementos!

Blody: Hã? Claro garoto.

Ei, Naomi!

Naomi: S-sim?

Blody: Pegue o chá que está na sala. Ele pode ser de grande ajuda, em seguida, casse borboletas no jardim.

Naomi: Sim senhor!

Naomi vai correndo para a sala, deixando Zenkari e Blody sozinhos. Logo depois vai caçar borboletas no campo novamente.

Zenkari:.... O que tem naquele chá?

Blody: Um segredinho que estava testando. Só precisava das plantas onde Naomi estava naquele campo. Por isso achei ela no momento.

Zenkari: Certo.

Naomi: Certo, onde temos borboletas? Há algo brilhante por perto, será que....?

Naomi se aproxima da floresta escura, ela vê muitas borboletas. Uma floresta escura e silenciosa, porém muito bela.

Naomi: O bosque parece ser muito sombrio, uma verdadeira rainha das trevas! Haha.

Caminhando, acha algo mais brilhante e puro que as borboletas.

Naomi: ( Que sentimentos são esses? Por que me atingem tanto..

Espírito: Por que eles são tão persistentes? Me tire.. Tire daqui..)

Naomi: U-Uma criatura? O alvo de alguém?

As pupilas de Naomi dilatam, ela fica imóvel.

O espírito era muito magnífico, um animal lindo, um pequeno pássaro dourado luminoso. Seus olhos estavam pedindo por socorro enquanto chorava.

Em um piscar de olhos ele desapareceu misteriosamente.

Naomi: Eu estou chorando.. Por quê? Quem era ele?....

Hm! Borboletas!

Após encontrar a presença de borboletas, Naomi tira seu foco da criatura e começa à caça-las.

Ela estende sua mão para alcançar, mas estranhamente a borboleta é atraída por ela e acaba em seus dedos.

Naomi: Como...? ESPERA, EU TENHO UMA BORBOLETA!

Naomi dá um solto de alegria e continua sua caça.

Enquanto isso, Blody e Zenkari se encontram treinando muito.

Zenkari: ( Não consigo me concentrar em nada...)

Blody: Não precisa de um treinamento forçado Zenkari. Pode se treinar em duas semanas.

Eu não pude treinar como você, minha energia estava fraca.. Somente ouça, ai dentro, existe uma coisa linda! Existe uma essência! Um coração.

Faça a técnica 4-7-8 que lhe ensinei. Ela ajuda você à dormir. Aqui não podemos sonhar, porém você pode dormir acordado.

Algumas horas se passaram, Naomi retorna novamente, e dessa vez, com o corpo infestado de borboletas.

Naomi: Pessoal! Eu consegui! Elas se atraíram por mim Haha.

Algumas estão em meus olhos, não consigo enxergar.

Blody: Naomi! Fico feliz que meu experimento deu certo, agora sei que podemos fazer poções aqui Hahahaha.

Naomi: Estão era isso? Uau! Obrigada Blody, eu gostei disso.

Zenkari: Sobre o que vocês estão falando, não consigo escutar direito..

Naomi: AAA POR QUE ZENKARI ESTÁ AMARRADO COM UM PANO NOS OLHOS E OUVIDO?

Blody: Ele precisa levar sua energia até o crânio, o lugar onde nossa cabeça costuma agir. Além de tudo, ainda estamos sonhando. É preciso afetar o córtex occipital e o sistema límbico, responsáveis pelas imagens e enredos dos sonhos dentro do cérebro. Ele precisa alterar essas regiões para que imagine seus novos poderes aqui, onde estamos.

Naomi: Isso é muito interessante..

Blody: Já chega, vamos!

Os três voltam para casa novamente, o mesmo se repete novamente e novamente cerca de duas semanas. Naomi sempre vende algumas das borboletas para a “Casa dos perdidos” e Zenkari com Blody treinam incansavelmente.

Blody: ANDE MAIS RÁPIDO!

ATINJA MAIS FORTE!

DEDIQUE-SE MAIS!

ANDE, ANDE, ANDE, ANDE!

Zenkari: Eu já posso levantar?

Blody: Gosto de pessoas como você, elas não se cansam facilmente. Ótimo! Por hoje é só.

Naomi novamente chega e os três novamente vão para casa, como sempre. Porém, agora com um novo Nível Esmeralda, Zenkari!

Naomi: Parabéns para vocês dois! Zenkari, conseguiu a energia de carbono?

Zenkari: Estou me esforçando, parece que ela já se manifestou no meu corpo. Consigo esticar as mãos com mais facilidade.

Zenkari pega um copo do outro lado da cozinha com seu braço gigante.

Zenkari: Consigo fazer muita coisa, até mesmo uma proteção com meu próprio corpo!

Naomi: Isso é incrível!

Blody: Vão almoçar seus pestinhas Haha.

Naomi: Blody é o melhor chefe, sem dúvidas!

Zenkari: Obrigado Blody.

Blody fica envergonhado com os elogios. Zenkari está feliz por ficar mais forte. Por fora, Naomi está com um sorriso no rosto, por dentro suas lágrimas gritam.

Naomi: (Mizu... Não consigo parar de pensar em você, será que está bem? Viva? Por favor, esteja à salvo!)

Tamires: Hanashi, está tudo bem?

Mizumi: Não, foi apenas uma impressão ruim.

Mei: Nos conte se não estiver bem!

Mizumi: Claro..

----------------------------------------------

No dia seguinte, Naomi acorda e resolve ir para a vila comprar ervas por Blody.

Blody: Naomi, não estou me sentindo bem, as ervas já se esgotaram. Pode ir até a vila por mim?

Naomi: Claro!

Zenkari: Absorção de Carbono, Naomi, Pegue alguns curativos para mim se for possível.

Zenkari usa sua habilidade para  dar à Naomi uma cesta. Naomi sorri alegremente para os dois e se despede.

Ela vai até a vila e sorri para as pessoas em seu caminho. De repente, Dois estranhos com capas que não chamam muito a atenção derrubam Naomi.

Trash: Venha, não temos muito tempo!

Aoi: Acalme-se! Estou indo!

Naomi: AAAAA!

Como a velocidade da luz, eles correm em direção à ponte, misteriosamente levam Naomi junto consigo.

Naomi: O QUE VOCÊS ACHAM QUE ESTÃO FAZENDO? EU VOU CHAMAR O BLO-..

O rapaz tampa a boca de Naomi com sua mão e a leva para embaixo da ponte junto com uma garota linda, parecia um anjo.

Os dois ficam quietos por alguns minutos enquanto Naomi tenta falar algo. Guardas passam pela ponte e vão embora. O rapaz e a bela moça tiram seus capuzes, Naomi em alguns segundos os reconhece.

Naomi: Vocês são.... As pessoas da árvore!

Trash: Sim! Eu sou o Trash e está é a Aoi! Nós lhe reconhecemos quando vimos passar pelo centro.

Naomi: Vocês conseguiram ficar vivos durante estas duas semanas! Nossa! (Mizu, então ela pode ter sobrevivido até agora!)

Aoi com um gentil sorriso, diz a Naomi como as coisas tem ocorrido.

Aoi: Eu e Trash precisamos de borboletas.. Então roubamos um pouco. Os guardas estão enfurecidos agora, consigo manejar minha espada, mais chamada de katana. E Trash dispara flechas com seu arco, ele é um caçador de recompensas. Nós temos ajudado as pessoas e ganhado muito dinheiro com isso.

Por enquanto, estamos planejando um plano para que todas as pessoas da encontramos na árvore possam escapar conosco, você é uma delas!

Pode nos ajudar?

Naomi: Meu nome é Naomi Hanashi, vai ser um prazer ajudá-los.

Continua..



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...