1. Spirit Fanfics >
  2. Valorant - Uma história >
  3. Amores e ódios

História Valorant - Uma história - Capítulo 9


Escrita por: natinati6777

Notas do Autor


Oioioioioi, tô tendo muuuuuitas ideias, espero que gostem, boa leitura ❤️

Capítulo 9 - Amores e ódios


Fanfic / Fanfiction Valorant - Uma história - Capítulo 9 - Amores e ódios

{Dias atuais}

Estou no carro com Sage, indo para casa depois de toda aquela conversa no hotel com o Sova. Me sinto destruída, mesmo eu tendo superado o que aconteceu entre eu e ele, quando o vi, senti sua compaixão e seu amor por mim. Sei que ele não está feliz por ajudar a Kingdom. Não o culpo, se eu não escapei com vida e dias depois ainda recebi ameaças de morte, Sage que me disse, pois eu estava em pleno coma.

- Você acha que ele está disposto a mudar, Kill? - Pergunta Sage enquanto olha para frente prestando atenção na estrada.

- Não sei, Sage, eu senti isso nele... Senti aquela ligação que tínhamos...

- Você vai contar para a Raze isso?

Encaro a janela do carro e começo a me lembrar daquele beijo e o seu abraço, ligados a mim. Seu cabelo longo e claro, era uma das minhas coisas favoritas dele. Mas eu não posso fazer isso com Raze, eu gosto dela também, e ela sente isso.

- Acho que sim... Não irei esconder nada disso para ela.

( Chegando na base)

- Eu preciso tirar uma longa soneca agora - diz Sage enquanto caminhamos pelo corredor.

Eu sorrio para ela

- Vai lá, obrigada por vir comigo. - Digo em seguida ela dá um beijo em minha testa e entra para o seu quarto.

Então caminho para o meu quarto, abro a porta e me deparo com a Raze sentada em minha cama, dou um pulo após me assustar.

- Raze? O que você está fazendo aqui? - Pergunto a ela e caminho em sua direção.

- Eu que te pergunto onde vocês duas andavam essa hora da noite. Por mais que eu já tenha uma ideia- ela diz olhando para mim.- Você foi encontrar com aquele cara, Killjoy?

Eu suspiro

- Sim... Mas eu fui com a Sage, não havia perigo algum

- você está louca, Killjoy??? - Ela diz em tom alto, e faço final para ela falar mais baixo - Ele podia ter te sequestrado, poderia ter gravado toda a conversa!

- Não disse nada demais, Raze, apenas fiz uma proposta para ele. Vejo o quanto ele é infeliz na Kingdom e...

Sou interrompida

- E aí ele traí a Kingdom, e vem ficar perto de você ? Aliás, se sair com vida, por quê você sabe muito bem o que aconteceu com quem tem quebra de contrato com eles.

- Não precisa de detalhes, Raze, sei exatamente o que aconteceu comigo... - Olho para o chão - Mas desde que eu olhei para ele naquela cafeteria... Eu senti que...

Sou interrompida novamente

- Que você ainda ama ele, não é? - Ela disse e eu a olho. Ela suspira e caminha até a porta.

- Eu não quero ser só mais uma diversão para você, Killjoy. Sempre te apoiei, estive do seu lado, sempre quis ter algo mais sério com você... Mas ouvir você dizer isso... Me corta o coração. Ele foi a pessoa quem mais te fez sofrer e mesmo assim você vai ajudá-lo.

- Eu não quis dizer isso, Raze, me desculpe...

- Amanhã a gente conversa melhor - Ela diz e logo em seguida sai do quarto.

Sinto aquele vazio em mim novamente. Ela está certa, ele foi quem mais me fez sofrer... Mas não consigo o ver infeliz daquele jeito. 

Sinceramente? Não sei o que irei fazer.

Preciso descansar um pouco, e amanhã pensarei melhor.

{ Dia seguinte }

Acordo com o sol batendo em meu rosto, outro dia começando. Lembro de tudo que aconteceu nessa madrugada, então suspiro.

Levanto da cama e caminho até o banheiro, onde tiro minhas roupas para tomar uma ducha.

[...]

Após me vestir e secar meu cabelo, saio de meu quarto, e vou até a cozinha, fazer algo para comer. De repente me lembro da reunião que Breach e Skye tinham marcado para essa manhã. Saio correndo da cozinha e vou direto para a sala de reunião. Acabei nem olhando o relógio.

Abro a porta e vejo todos sentados.

- Atrasada também, Killjoy? - Pergunta Breach.

- Desculpe, acabei dormindo demais - Digo já me sentando ao lado de Sage, a mesma tem bastante cara de sono, se atrasou também.

Olho para frente e meu olhar se direciona para Raze, que estava me olhando, mas logo desvia o olhar. Preciso conversar com ela, é muito difícil te-la longe de mim.

- Bom pessoal, como todos sabemos, fracassamos na última missão. - Começou Skye - Mas descobrimos muitas coisas também. A Kingdom, através daquela Spike, puxa toda a radianita do ambiente. O por quê estão fazendo isso? Não sabemos ainda. Mas pode-se ter uma ideia de muitos experimentos, para cada vez produzirem mais e mais.

- Acabamos também detectando através de Satélites, que tem uma estrela com uma luminosidade diferente. - Acrescenta Breach - Não sabemos o que é isso, pode ser perigoso, segundos os estudos. Então iremos organizar outra missão e enquanto isso, quero que investiguem o que é isso voando no universo, não quero que isso cause algum estrago aqui na terra. É isso então, qualquer coisa nova, avisamos para vocês. Estão liberados.

Suspiro e me levanto da cadeira em que estava sentada, vejo todos levantando e saindo da sala. Eu espero alguns sair e vou até Raze, que permanecia na sala.

- Ei... O que acha que de sairmos para comer algo? - Pergunto chegando perto dela, mas não tenho nenhuma resposta - Comer aquele bolinho que você gosta tanto, o que acha?

- Outra hora, Killjoy. - ela caminha até a saída da sala.

- Raze, você não precisa ficar me evitando. Não tem o porquê de fazer isso - Digo a seguindo.

- Eu preciso de um tempo, Killjoy, um tempo pra mim, pra pensar. - Ela olhar para mim. - Nunca foi fraco o que eu sinto por você...

Em seguida ela sai da sala.

Bom... Se ela quer assim... Penso, em seguida saio da sala.

- Irei estudar esse projeto da estrela para descobrir o que é... Pensar em coisas boas.

{ Algumas horas depois }

Estou em meu escritório, tentando escrever um artigo, mas não estou conseguindo desenvolver nada. Olho para o lado e vejo aquela cadeira vazia da Raze. Dividimos o escritório juntas, e eu adoro isso, é muito bom ter alguém pra conversar quando o trabalho cansa, adoro também toda a sua bagunça. Sorrio fraco pensando em todas essas coisas.

Levanto da cadeira e caminho até a cozinha do andar em estava, pensando "Preciso de um café".

Faço como eu gosto, forte e docinho com açúcar. Em seguida vejo Phoenix entrar na cozinha também.

- Eai sumido, quando tempo a gente não se encontra dessa forma- Digo a ele, mas percebo que o mesmo está um pouco nervoso, agitado. - Tá tudo bem com você?- Digo me aproximando esfregando seus ombros com as minhas mãos.

- Tá.. Tá tudo sim, Killjoy

Eu o olho. Não acredito no que diz.

- Você parece um pouco agitado para mim. Quer conversar?

- Eu não sei se você enderenderia... Na verdade nem eu entendo. - Ele e senta em uma das cadeiras.

- Você pode me falar sobre qualquer coisa, nunca irei te julgar - Digo com uma mão em seu ombro

- Eu... Eu acho que sou Gay, Killjoy...

Olho para ele, surpresa.

- Espera... Mas você não gostava da Sage? Vocês tiveram até um tempo de rolo juntos...

- sim... E por isso estou confuso. Eu sempre senti essa atração pela Sage, mas desde que o Yoru chegou... Eu me sinto dessa forma.

- você pode descrever para mim?


- Eu e o Yoru nos beijamos..


Notas Finais


Espero que tenham gostado do capítulo ❤️❤️
Comentem aqui o que acharam, sugestões são bem vindas ❤️
Perdão qualquer erro de português


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...