História Vida de dois cumes - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Relatos
Visualizações 1
Palavras 672
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ecchi, Famí­lia, Luta
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Sou apenas um cara comum que esta começando a escrever para distrair a própria mente com materiais que eu me "divirta" fazendo.

Capítulo 1 - O início.


Fanfic / Fanfiction Vida de dois cumes - Capítulo 1 - O início.

Ano de 2074 em uma chácara na zona rural em Toronto, no Canadá estava um jovem escritor batendo na porta de leve com um pequeno livreto em mãos, o nome desse escritor se nemeava de Roger, um estudante bem sucessido que sempre quis escrever histórias de pessoas comuns desse pequeno mundo, Roger estaria trabalhando quando recebeu um recado de um amigo informando que tinha um senhor com uma historia um tanto interessante em uma zona afastada de Toronto, Roger então foi atras do homem através do endereço que seu amigo o entregou, então ali estava ele, na terceira batida naquela porta alguem teria falado de fundo-Estou indo...- apos ouvir, Roger parou de bater e apenas aguardou, em alguns estantes um senhor abria a porta e olhava para o rapaz. 

-Huh... Algum problema, rapaz? 

-Ah!  Não  senhor! Pode parecer estranho, mas sou um escritor que tem uma pequena queda em relatar a vida das pessoas e um colega me contou que o senhor tem uma historia de vida um tanto chamativa então  eu vim aqui, alias, me chamo Roger, Roger Sanchez. 

O senhor deu uma baixa risada fechando os olhos enquanto levava uma das mãos ate a própria cabeça, nunca achou que alguem iria chegar em sua porta fazendo imã pergunta do gênero, logo o velho afirmou com a cabeça de forma leve logo falando:

-Hum? Nunca achei que alguem iria se interessar por minha história, me chamo Gregory Shines, pode me chamar de Greg, pode entrar, venha

Greg chamou o rapaz para o mesmo entrar, a casa era totalmente em um visual rústico, pisos e tetos de madeira, nem televisão tinha naquele local, apenas uma grande lareira para os dias frios, o senhor se sentou em uma poltrona que ficava em um dos cantos da sala e o mesmo apontou para um sofá que tinha ao lado e falou para o rapaz logo sentar. 

-Ah, senhor- Greg interrompeu a frase do rapaz rapidamente. 

-Não precisa me chamar de senhor, Greg já esta ótimo, enfim, continue. 

-Ah... Me desculpe haha, mas enfim... Poderia me contar um pouco de sua vida? 

-Então haha... Aqui estamos, contar sobre a minha vida, não vou mentir, ate que essa vida que eu passei nesses longos anos foi um tanto interessante... Tantos sentimentos, perdas, confusões... Haha... Mesmo com setenta e quatro anos consigo lembrar bastante de muitas coisas... Entao vamos lá... Por onde eu devo iniciar?  

-Em 2007, eu tinha apenas 6 anos, não me lembro direito dessa época mas teve um ocorrido que me deixou bastante triste... 

Adentrando a historia

-Hey papai! Onde esta a mamãe? Você disse que ela iria voltar para casa hoje! Vocês estão fazendo alguma surpresa comigo?  Ela esta vindo pelas portas dos fundos? 

Essa voz vinha de um pequeno garoto que descia as escadas alegremente ao ver se pai retornar para casa, a expressão do rosto do pai de Greg era de tristeza, seu olhos vermelhos que aparentemente estavam lacrimejando e uma marca vermelha na própria testa indicando que ele estava com a testa no volente, ele tinha retornado do hospital onde a mãe de Greg teria acabado de falecer por culpa de um câncer poderoso no cérebro, o pai do garoto não sabia como o garoto iria reagir, o maior apenas abraçou o garoto já caindo em lagrimas novamente

-P-pai?... A mamãe... Ela... Não  vem?  

-Não, filho... Ela descansou... 

Greg na conseguiu se conter ali e acabou começando a chorar junto de seu pai ali mesmo na porta, aquele dia foi o inicio de uma das partes da vida de Greg, neste mesmo ano o pai de Greg entrou em depressão por culpa da morte de sua esposa e cinco anos após a morte da mesma o homem se suicidou jogando sei carro com ele dentro de montanha a baixo de um desfiladeiro de uma montanha, Greg estava na casa de um amigo quando recebeu a noticia o deixando bastante triste, perder seus pais foi a chave para a mente de Greg o forçar a querer fazer coisas com que acabassem com sua vida totalmente 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...