História When the moon cry - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Amizade, Drama, Mistério, Terror
Visualizações 7
Palavras 279
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, Romance e Novela, Saga, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sadomasoquismo, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


oiiii, denonokkk mais um capítulo do arco ikkai, espero que vocês gostem>ˍ<>﹏<T_T◑ 3◐kkkk

Capítulo 4 - Ikkai- Arco 3


Na manhã de segunda-feira, infezlimente acordei cedo. Eu desci as escadas e Katy já estava de pé e fazendo o café-da-manhã. Estava sonolento, ela olhou para mim e disse:

— Já acordou? hum... Você  disposto a fazer tudo hoje, bebê? — Já sei até do que se trata. 

Ergui o olhar, dei um sorriso meio sem graça. 

— Acho que sim. Eu estou disposto hoje. — respondi. 

— Ah, isso é muito bom. Vou preparar algo bem especial para você. —  ela comenta, como se fosse um segredo só nosso.

Meu tio sempre acorda mais tarde que todos nós. Ele trabalha em um horário no começo da tarde, então geralmente não fazemos muito barulhono horário em que ele estava dormindo. 

Agora, só o que me importa é deixar as gotas de água escorrerem pelo meu corpo, enquanto estou tomando banho. Minhas bocas estão entreabertas e meus olhos fechados. O frio recorrente da temperatura e os calafrios que sinto pela minha pele, me fazem ficar mais encolhido e buscar a minha toalha com urgência.  

Me viro, o espelho do banheiro está um pouco embaçado e o limpo, deslizando minha mão sobre ele e a imagem do meu rosto acaba se tornando mais nítida. o garoto jovem, de cabelos castanhos escuro, com os olhos azuis num tom mais profundo. A boca vermelha, um pouco retorcida, mas não estou com raiva, apenas me lembrando dos acontecimentos dessas últimas semanas. 

 Um vulto de um garoto da minha idade aparece no vidro, e eu instivivamente me jogo para trás, caindo no banheiro. meu coração acelera, meu corpo começa a se agitar e ficar tenso. Eu me ergo do chão e volto a me olhar no espelho. 


Notas Finais


E então? kkkkkkkkk


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...