1. Spirit Fanfics >
  2. Where my heart feels safe >
  3. 1 capítulo

História Where my heart feels safe - Capítulo 3


Escrita por:


Capítulo 3 - 1 capítulo


Assim que sai do colégio,me encontrei no portão com Jimin e Hoseok. Ambos estavam acompanhados de pessoas que nunca vi na vida,sendo um do tamanho de Jimin ou dois centímetros a menos,cabelos menta e várias tipo várias mesmo tatuagens;algumas de flores,caveiras,tribais,e uma de serpente no pescoço que descia pelo seu peitoral pela pequena abertura que pude ver na sua camisa escolar. Pela sua fisionomia e o modo de se vestir diria que era um alfa. Mas o seu cheiro...era menta,o que falava por si só que era um alfa. Já o outro era um beta,era alto e tinha cabelos castanho escuro em um topete;tinha um piercing no lábio,seu corpo era forte na medida certa. Os dois tinham um sorriso cretino nos lábios quando me aproximei deles e dos meus amigos.

—Você demorou!—Hoseok me acusou apontando um dedo na minha cara.

—deixe ele hobi,com certeza estava estudando na sala.—Ele sorriu de lado. Ele estava sendo irônico?!

—Er...sim,estava pegando o restante da matéria.—ocultei o fato de ter parado pra conversar com um alfa super gostoso e bonito.

—enfim quero te apresentar meus novos amigos que fiz no corredor dos fumantes.—Jimin disse falando aquilo como se fosse normal e puxou o mais baixo. Percebi que era branquinho como açúcar. Suas tatuagens contrastavam com sua pele. Tão fofo!

— Olá,sou yoongi—ele me estendeu a mão e eu a apertei.

—Olá,sou taehyung,Kim taehyung.

— Nha,sem melação—o beta falou,puxando minha mão para si—Sou Jackson,docinho,tenho certeza que seremos grandes amigos também,certo,Jimin?—Ele piscou pra mim. Pera ele piscou pra mim! Ele deu em cima de mim na cara dura. CÉUS ESTOU FERRADO!

—Prazer Jackson.—respondi tímido quando ele deixou um carinho na minha mão.

— Só na cama docinho.

—Olha lá Jackson,te conheci hoje,mas posso muito bem meter um murro nessa tua cara,se não parar de assediar meu amigo.—Jimin disse de braços cruzados e não deixei de rir com o quão fofo era Jimin inflando as bochechas cheinhas e apertando os punhos.

—mil perdões taehy,se não se sentir confortável irei parar.—falou parecendo arrependido.

—tudo bem jack,e então? Vamos para o shopping!—falei animado e sorri quadrado na direção deles.

                                   🎓📚

O caminho até lá foi acompanhado de risadas e zoações por parte de jackson e Hoseok,que contavam suas decepções no mundo romântico. Inclusive Hoseok contou do fora que dei nele. Tentei me justificar falando que não poderia retribuir porque não sentia o mesmo e não queria dar falsas esperanças,acabei dizendo também qualidades dele,o que acabou acarretando em mais risadas dos meninos falando em como eu era fofo dando um fora. Nisso acabei descobrindo que Hoseok chorou por um mês inteiro na época,pelo simples fato de eu ter citado um monte de qualidade sua e mesmo assim não querer ele. Enfim,se já estávamos rindo disso,imagina quando jackson contou sua primeira vez?fiquei super constrangido,mas me esforcei para escutar a história e dar várias risadas. Como no momento em que ele disse que o pênis dele não subia por nada no mundo e a ômega mesmo assim queria sentar nele,nessa época ele disse que foi obrigado a saciar a ômega,já que a mesma estava em seu cio. Ele também nos contou um pouco de seus pais,Que eram horríveis e moravam em Daegu. 

Jackson era super legal e carismático,além de contar histórias hilárias. Ele não me "cantou" mais,talvez por medo do Jimin ou porque achou que eu estava desconfortável. 

Yoongi também era bem legal,seu cheiro era muito bom,me sentia em casa com ele. Seu olhar era como de um gatinho,tirando toda aquela visão de bad boy dele. Pude perceber uns olhares dele em meus amigos e não deixei de sorrir com isso. Ele também contou um pouco de sua vida,falou que vivia e morava com seu melhor amigo e que considerava ele um irmão,disse também que o mesmo era muito popular na sua antiga escola,mas que era muito "rabugento" e não queria atenções. 


—Foi legal conversar e conhecer vocês—eu disse quando paramos em frente ao carro de yoongi -Jackson iria para casa com ele-.

—Foi sim,até que os nerds são legais.—yoon disse debochado.

—Nem acredito que fiz amizade com uns fumantes tão lindos.—todos gargalharam com a fala de Jimin —devo estar sonhando!—suspirou.

—o papo está bom,mas a gente vai indo,tchau pra vocês!—quando yoongi ia entrando no carro Hoseok o para e chama pra conversar em particular.

—Posso te chamar em particular também?—Jackson me perguntou meio acanhado,olhei para Jimin e o mesmo olhava mortalmente para ele.

—Claro,venha!—peguei sua mão timidamente.

Paramos um de frente para o outro no estacionamento do shopping. Só Deus sabe a vergonha que eu estava sentindo agora! 


—E então?—perguntei quando ele ficou em Silêncio me encarando.

—Quero me desculpar por hoje mais cedo,quero que saiba que não queria te desrespeitar nem te deixar constrangido ou desconfortável.

—Eu te desculpo,não foi nada demais e- — ele me interrompeu.

—Foi sim,por isso quero me redimir — pegou na minha mão—Quero que saia comigo,se quiser é claro.—me entregou um cartão—esse é meu número,se quiser podemos marcar a qualquer dia desses.—finalizou com um sorriso mínimo.

—Oh—foi tudo que pude dizer,estava confuso e feliz? Pela primeira vez alguém -fora meus amigos- me pede desculpas por talvez ter feito algo de errado e querer se redimir.


—Olha me desculpa mesmo,mas eu gostei de você de verdade,você é lindo demais,acho que a pessoa mais linda que já vi,além de legal,inteligente e- — cortei ele,nós conhecemos hoje e ele é tão legal,porém não posso o iludir achando que teremos qualquer tipo de relação,infelizmente.

— Eu aceito ir sair com você,mas não quero te dar esperança de nada,entende?eu não sou muito bom com isso de sentimentos e sei que não quer nada comigo além do meu corpo é claro só que eu não passei um bom momento e acho que me relacionar agora irá me atrasar além de atrasar a vida da minha mãe e irmão posso até mesmo ser mandado embora de casa já que da ultima vez eles fize-

— Ei,se acalma,vai ficar tudo bem,eu entendi que você não quer apressar nada. — sorriu acolhedor—podemos fazer um passeio com os meninos,se isso te deixar mais confortável,tudo bem? E quem sabe depois a gente saia só nós? Outra coisa eu não quero só o seu corpo!

—Me desculpa,eu fiquei nervoso. Como sempre atrapalhando tudo,me descul- — Parei quando ele me abraçou e me deu um beijo na bochecha. Fiquei vermelho como um morango. Senti meu rosto e pescoço inteiro queimar. Que vergonha!!!

— A gente se vê amanhã,ok? Sábado iremos sair com os meninos em uma festa,esteja pronto as 20hrs.—Ele saiu andando e me deixou ali plantado.
Se despediu de Jimin e me mandou um beijo voador,junto de yoongi. Assim que me aproximei Jimin me deu um peteleco.

—AÍ!—massageei o local—Por que fez isso? E cadê o hobi?—perguntei emburrado pelo peteleco.

—É claro que você não ia ver— revirou os olhos— hobi foi com eles. Agora desembucha o que o Jackson queria com você? Ele te fez algo?eu mato aquele desgraçado!—vociferou ficando com o rosto vermelho de raiva.

—Calma jiminie,ele só me pediu desculpas pelo o ocorrido mais cedo e pediu para se redimir,e me  convidou para sair. — falei calmo e ele me olhou desconfiado— olha,você sabe como sou com isso depois de tudo que aconteceu,né?—vi seu olhar vacilar e engoliu em seco—você não teve culpa de nada Jimin, não precisa ficar sempre receoso,eu não vou me relacionar com ninguém mais.—Ele olhou pra baixo,seu olhar transmitia culpa?—iremos sair todos juntos,não estou pronto pra sair sozinho em um "encontro". — Fiz aspas e me virei,começando a andar — assunto encerrado.

—Ok,sabe que pode contar sempre comigo pra qualquer coisa,certo?—ele me abraçou por trás e senti um peso das minhas costas indo embora.

—Sei sim,agora vamos pra casa antes que minha omma surte.

—Vamos!—pegou na minha mão e saímos do estacionamento.

                                    🎓📚
          
No outro dia acordei com uma insuportável dor de cabeça,talvez o fato de passar o dia anterior sem usar minhas lentes ou meu óculos tenha causado ela. Me levanto da cama e ligo para Jimin avisando que talvez não iria à aula.

"Tem certeza que não vai?"

"Tenho sim,ji"

"Tudo bem então,iria te apresentar ao rabugento do irmão do yoongi"

"Se ele é tão rabugento assim como o yoongi Fala,é melhor eu nem conhecer esse maluco" ele ri com minha fala.

"Eu conheci ele ontem na verdade,não sabia que era dele que yoongi falava,e olha ele é um gato e aqueles músculos?! Será que ele curte alfas?" Jimin dizia rápido e eu ria,talvez o suposto rabugento era bem bonito mesmo.

"Bom,Eu espero que curta,só assim você sossega essa bunda."

"Você que deveria agitar a sua um pouquinho,sabe?como nos velhos tempos." ele disse como se estivesse lembrando da época em que íamos pra festa e desciamos até o chão.

"Você sabe que isso não vai mais acontecer! Não depois de tudo o que aconteceu." Eu disse irritado. Me odiava por tudo que fiz no passado,e ter Jimin me lembrando não me ajudava em nada. Talvez eu carregue esse peso pra sempre,é o que eu mereço mesmo. "Melhor você se arrumar se não vai chegar atrasado,amanhã a gente se fala."

"Taehy,me descul-" desliguei. Não queria mais falar disso.

—Brigou com o Jimin? Você sabe que ele só quer seu bem!—levo um susto com minha mãe no batente da porta.

—Por que você nunca bate na porta antes de entrar?—resmungo e me deito na cama encolhido—e não briguei com ele,só odeio quando tocam no meu passado como se estivesse tudo bem,como se eu não tivesse culpa de nada do que ocorreu!—me virei pro lado em que ela não pudesse me ver. Já era ruim o suficiente não ter superado meu passado,mas era mais ainda ter que levar as pessoas que amo pro mesmo buraco que eu.

—Filho a gente já conversou sobre isso,você mesmo já foi em vários profissionais e-—cortei ela como sempre faço quando não suporto mais conversar sobre o mesmo assunto.

—CHEGA! Eu não quero mais falar disso,será que não entende? Eu estou com dor de cabeça,por favor me deixa aqui no meu canto.

Escutei minha mãe fungando,Eu não queria que ela chorasse,mas era sempre assim quando falávamos desse assunto. Ela saiu do quarto e falou que traria um remédio para mim depois.

                                  🎓📚 

Faltar aula era bom,mas não quando se estava doente! Minha mãe depois de trazer meu remédio insistiu em ficar em casa para cuidar de mim,caso eu tivesse algo pior. E como sempre falei que estava tudo bem e não precisava se preocupar.

Agora estava sozinho em casa,sem ter nada o que fazer. Bufo frustrado e olho pra minha mochila,me levanto e a pego. Lembrei do caderno que o alfa de olhos de jabuticaba me emprestou. Assim que tiro o caderno não pude deixar de rir com a temática do mesmo- iron man- talvez seja seu herói preferido. Quando abro o mesmo vejo que contém vários rabiscos,algumas letras de músicas que nunca ouvi e alguns versos conhecidos por mim. 

Logo passo a matéria para o meu próprio caderno e não deixo de reparar o quão caprichada era a letra do alfa,talvez fosse perfeccionista levando em comparação os rabiscos que eram melhores do que meus desenhos em que eu dava meu melhor.

Assim se passou meu dia,estudando o que tinha perdido e pensando no alfa e aquela cheiro delicioso dele. O porquê de eu estar pensando nisso eu não sei,já que provavelmente ele já tenha um ômega ou uma ômega,talvez um beta ou alfa se ele se interessar...

Levo um susto quando meu celular começar a tocar de repente.Jimin.

"Oi ji, aconteceu alguma coisa?"

"Oi tae,não aconteceu nada só queria me desculpar por hoje mais cedo" escutei ele suspirar do outro lado da linha.

"Está tudo bem,mas e aí perdi algo de importante?"

"Você já está melhor? Queria muito passar aí,mas terei que ir na casa de um novo amigo da sala. E só teve um trabalho em dupla que o professor taradão de sociologia passou junto com o de história."

"A poxa,irei ficar sozinho?"

"O professor mandou você fazer com o bogum." Me senti aliviado. Fazer dois trabalhos em peso ia ser muito para mim.

"Vou ter que desligar tae,não se esqueça de sábado a noite" ele desligou.

                                       🎓📚

— Aí ele me levantou com um braço e com o outro pegou a Lisa. Sério ele é muito forte tae,você tinha que ver. Ele não é tão rabugento como achei que era...— divagou Jimin.

Estávamos sentados na mesa de jogos,perto da entrada e esperando Hoseok chegar. Jimin me contava como foi fazer o trabalho de sociologia com seu novo amigo -gato,gostoso,forte,entre outras baboseiras que não prestei atenção- embora eu ache que fizeram tudo menos o trabalho.

Vejo o novo aluno da minha sala entrando e indo em direção aos armários. Resolvo ir até lá para agradecer a sua gentileza e entregar seu caderno.

—Minie,irei falar com um colega,okay?

—Eu conheço?—perguntou desconfiado.

—Não ji,Só irei entregar seu caderno.— disse manhoso. Jimin tinha muito ciúmes de mim,não era pra menos,sempre queria me proteger de todos.

—Vou te esperar lá no corredor então, cuidado,viu?—ele passou por mim e me deixou um beijinho na testa.

Caminhei até ele,eu estava tão nervoso,odiava ficar assim perto de alfas! Mas o aluno novo era tão bonito e intimidante,talvez por ser um alfa lúpus. Ele estava tão bonito hoje,vestido com o uniforme desleixado,uma jaqueta preta e seu coturno preto. Okay taehyung,você consegue! Respira.1...2...3... e

— Oh! Olá ruivinho,não tinha te visto aí.— ele diz,quando fecha a porta do armário e se vira de frente pra mim,com um sorrisinho de canto.

—hum...oi,er obrigado pelo caderno aquele dia—digo envergonhado por tê-lo me olhando fixamente—aqui está.

— ah sim,você faltou ontem,certo? Te procurei e não te vi.—fico surpreso por saber que ele me procurou e não consegui disfarçar isso já que ele deu um sorrisinho mostrando suas covinhas. Ele tinha covinhas! Como podia ser tão fofo e ao mesmo tempo tão quente e sensual?—Bom,irei procurar uns amigos. Quer ir comigo?—mordeu o lábio inferior e me encarou esperando a resposta.

Pensei em Jimin que estava me esperando no corredor,é claro que me atrasar um pouquinho não iria ser nada demais. Além disso eu iria passear e falar com os amigos desse lindo alfa! Mas não,eu não podia e nem devia ceder assim,não depois de tudo que me aconteceu e causei no passado. Então mesmo achando que ele era diferente e querendo conhecer seus amigos e a ele mesmo,decidi não ir.

—Me desculpa,não poderei ir,tenho alguém me esperando.—digo segurando a bainha da minha blusa,olhando para baixo.

—Tudo bem então...— Ele segura meu queixo e me faz olhar em seus olhos ônix,poderia morar ali dentro e me perder na galáxia que era seus olhos. Ficamos nos encarando por breves minutos,até ele quebrar o silêncio—gosto de conversar olho no olho. E os seus são muitos lindos para admirar,ruivinho— é,talvez meu cabelo nunca fez tanto sentido na vida estar desse jeito,já que me encontrava extremamente vermelho.—Qual seu nome?—ele perguntou docetemente.

—Taehyung,Kim taehyung.

—Lindo nome taehyung,posso te chamar de tae?

—Pode sim—pensei em abaixar a cabeça,mas no mesmo momento me lembrei do que ele falou sobre gostar de conversar olho no olho.—e o se-—escuto alguém me interrompendo e vejo bogum correndo na minha direção.

—Até que enfim te encontrei taehy,tudo bem? Oh olá novo aluno.—falou olhando jungkook de cima a baixo.

—Oi,vou deixar vocês à sós,até daqui a pouco tae.—ele pega seu caderno e sai andando em direção a sala.

—Quem era Ele?—bogum pergunta e rapidamente nega—não importa,enfim,vim te avisar que seremos dupla nos trabalhos de história e sociologia. E queria saber se pode passar lá em casa sexta que vem para adiantarmos?

—Irei ver com minha omma e te falo bogum.

—certo,até amanhã.—ele beijou minha bochecha e saiu andando,ou melhor pulando.

Bogum era um amigo de longa data também,conheci ele um pouco antes da merda em minha vida acontecer. Já nos pegamos uma vez em uma festa,mas não porque queríamos ou algo assim,mas sim pra cumprir o memorável jogo verdade ou desafio.

Sai do armário e fui em direção ao corredor em que provavelmente Jimin estava junto de Hoseok. Assim que cheguei perto deles Hoseok rapidamente me puxou para um abraço apertado e salpicou meu rosto de beijinhos.

—TAEHY QUE SAUDADES!—falou com um grande sorriso de iluminar até o beco mais escuro de Busan.—como você está?ainda está com dor?—perguntou preocupado e me abraçou mais apertado.

—Estou bem hobi,agora me solta você está me esmagando alfa atrevido!—disse rindo.

—Tô adorando ver essa melação na minha frente e não me chamarem pra participar.—Jimin resmungou e cruzou os braços. Era até engraçado um alfa ser tão carente e fofo como ele.

—Tão carente esse meu anãozinho—disse puxando suas bochechas até ficar com um biquinho na boca.

—Carente é o seu c-—foi interrompido por yoongi que chegou com Jackson.

—Olá nerds,vós trago notícias!—abraçou Jimin e deu um sorriso de canto pra Hoseok.

—Diga yoon.—Hoseok pediu e revirou os olhos em seguida.

—Meu irmão quer conhecer vocês. Falei que iríamos no pub sábado e ele disse que só vai se conhecer vocês antes.

—Ele até perguntou se amanhã dava pra irmos na casa dele,né yoon?—Jackson falou e se aproximou de mim.

—Por mim tudo bem e vocês meninos?

—acho que posso também,Jimin.

—taehy?

—Acho que não vou não pessoal,meu irmão quer levar sua ômega amanhã lá em casa.

—Ah que pena então,deixa pra sábado de qualquer jeito.

A verdade era que eu não queria e não ia me sentir confortável em uma casa só com alfas e um beta,sendo que eu era o único ômega entre eles,isso me deixava um pouco triste.

                       🎓📚

A semana se sucedeu rapidamente, e infelizmente não pude ver o aluno novo já que este faltou o resto da semana. Fiquei um pouco preocupado de início pelo desaparecimento repentino,mas logo me lembrei que este poderia estar em seu cio. E por ser um lúpus deveria ser bem pior e cansativo do que alfas normais. Claro que isso me deixou com uma sensação incômoda,já que o mesmo poderia estar com uma ômega linda e maravilhosa do colégio. Só não entendo o porquê disso, eu e ele só nos falamos poucas vezes e eu nem sei seu nome! E o principal,não temos absolutamente nada. 


Hoje era sexta e estava com Hoseok em um banco da praça de alimentação do shopping,esperando por Jimin. O mesmo falará que teria uma surpresa para nós e claro não me contive pelo resto da semana para saber,infelizmente o desgraçado não me falou do que se tratava.
Na verdade ficou estranho desde que foi conhecer esse tal amigo de yoongi,ele não me disse muitos detalhes,apenas que se chamava jeon e que era bonito como falou no dia que fez o trabalho juntos,fora isso fiquei na curiosidade mesmo.

—Hobi,acho que Jimin quer nós dar um bolo.
Já faz 1 hora que estamos aqui e nada daquele pirralho.—digo emburrado—e está cheio de alfas aqui e eu odeio que fiquem me observando.

—Relaxa tae,esses alfas não vão te fazer nada. Eu estou aqui pra te proteger,escutou?—ele pegou na minha mão que estava em cima da mesa.—Vamos esperar mais alguns minutos,se ele não chegar vamos embora,tudo bem pra você bebê?—coro com o apelido. Hobi sempre me chama de apelidos assim e às vezes temo que o mesmo possa gostar de mim ainda e não falar por medo de eu o rejeita-lo de novo.

—Tudo sim,Hoseok.

                                 🎓📚

Jimin Pov's

"Estava no carro de yoongi,era terça feira e íamos para sua casa depois de buscarmos Hoseok. Queria que taehyung viesse,mas compreendo seu receio com os novatos e por isso não insisti tanto,até porque não queria uma ferinha do meu lado.
Yoon parou o carro em frente à casa e começou a buzinar sem parar,ri do estado que hobi saiu de casa com uma bolsa caindo de seu ombro,penteando os cabelos desgrenhados em tons alaranjados.

—Porra yoongi! Meus pais estavam dormindo!—entrou no carro e começou a xinga-lo.

—Oh!acordei meus sogros?—Silêncio.Literalmente.Ficamos em Silêncio olhando um para cara do outro. O primeiro a quebrar isso foi Hoseok com sua risada,e eu o conhecia há bastante tempo para saber que era sua risada de nervosismo.

—Ande logo!—murmurou em seguida.

A viagem até sua casa foi tranquila e percebi que não moravam tão longe. O condomínio em que moravam ficava em um bairro bem conhecido,que por sinal era caro.Yoongi era rico e não me falou!

—Não sabia que era rico yoongi...—falo impressionado enquanto passávamos pelas casas,uma maior que as outras. Via alfas,betas e bastante ômegas passeando por lá.

—E não sou,meu irmão de sangue tem um estúdio de tatuagem e paga metade do condomínio,ele diz que pela ausência dele me deve pelo menos uma casa digna. E claro a outra parte fica com a família do Jeon,meu querido irmão.

—Gente rica é foda,outro nível—exclamou Hoseok quando viu uma piscina gigantesca e alguns adolescentes nela.

Quando descemos do carro meu queixo caiu,Não porque a casa era linda,isso também é claro,mas foi porque a casa era a maior do condomínio e simplesmente tinha uma vista linda da cidade já que continha três andares. A casa era rústica com um toque moderno,completamente linda. Olho para Hoseok e vejo que o mesmo está embasbacado da mesma forma que eu,me viro para yoongi e quis dar um soco no seu sorrisinho convencido e debochado.

—Não acredito que mora nessa mansão com seu amigo. Você só tem 19 anos seu burguês safado!—começo a dar tapas em seu peito.

—A vida é dura para quem não pode,mas quem pode,pode.—deu de ombros.—vamos,meu irmão deve está compondo.

Se a casa,digo,mansão, já era linda por fora o interior era mais lindo ainda. A sala era enorme,tudo era enorme pra falar a verdade,a TV de última geração totalmente linda posicionada no painel,o sofá em um tom escuro,a mesa de centro com vários controles que eu duvidava muito que eles usavam todos. Ao lado da sala tinha a cozinha,uma porta que dava pra área da piscina e os outros cômodos infelizmente não pude ver;continha também uma escada que eu imagino dar para os quartos e onde obviamente Jeon deva estar.

—Bom,eu sei que aqui é lindo e tals,mas em outra hora apresento a casa toda para vocês. Agora vou sentar que estou cansado.—ele se jogou no sofá e fiz o mesmo sendo repreendido pelo olhar de Hoseok—Vou ligar para o babacão,sintam-se em casa,mas nem tanto.

—Você vê que ele é um burguês safado quando tem que ligar para achar o outro em casa!—contrapôs Hoseok indignado.

—Não precisa ligar yoon,e babaca é você.— Jeon desce as escadas lentamente e se aproxima curvando minimamente sua cabeça para nós—Senti o cheiro de vocês. Sou jeon jungkook.

—Às vezes esqueço que tenho um lúpus em casa.—yoongi diz revirando os olhos—enfim,esses são os nerds que te falei,esse é Hoseok e o anãozinho é o Ji-—foi cortado por mim e jungkook ao mesmo tempo.

—Olá Jimin.

—Anão é a sua bunda branquela.—digo irritado.

—Não sabia que conhecia meu irmão Jimin.—disse risonho.—se você soubesse o que ele fala de vocês,com certeza não entrariam aqui.

—Ah cala a boca moleque,e que história é essa que vocês já se conheciam?

—Ele é da minha sala e fizemos um trabalho em dupla na minha outra casa.—deu de ombros.

—Você tem duas casas?—fico espantado—aquela que fui era sua também?

—Na verdade aquela só uso quando quero pensar um pouco ou quando levo alguém da escola como seu caso.Normalmente se aproximam muita gente por causa da grana e prefiro evitar, aliás a Lisa cuida e fica na casa por mim.

— entendi,burguês safado.

—Posso falar com você Jimin?—yoongi disse já se levantando e indo em direção a uma sala.

—Uou! uma sala de cinema? Vocês são muito ricos! Sabe a regra básica de quem é amigo de rico,certo? Os ricos pagam a conta.

—Até parece que vou pagar a conta pra vocês.—ele revirou os olhos—Quero saber se o taehy tem algum alfa?—foi direto ao ponto.

E foi nesse momento que meu cérebro explodiu. O yoongi tá afim do taehyung o MEU taehyung,o cara que eu estou gostando está afim do meu melhor amigo. E eu sabendo de todo o passado do taehy vou proteger ele. Talvez possa ser egoísmo meu não falar nada para o tae,mas poxa,já vai ser a segunda vez que começo a curtir um cara e ele prefere meu melhor amigo. Então por conta disso simplesmente disse:

—Eu acho que a gente veio aqui falar e conhecer o seu irmão e não falar da vida do meu amigo.— vou em direção a Hoseok e jungkook que riam de alguma piada provavelmente besta.

Passamos o dia lá na casa deles e foi bem legal,embora yoongi não parava de me encarar. Conheci um pouco sobre jungkook,o mesmo me contou que era bem conhecido na outra escola e que detestava tanta atenção assim;pelo simples fato de não poder fazer nada que todos a sua volta descobriam ou faziam boatos. Quando fomos embora jungkook confirmou sua presença no pub-claro que se tivesse com disposição-palavras do mesmo.

Taehyung PoV's

—Cheguei galerinha!—Jimin praticamente berrou em nossos ouvidos e felizmente hobi estava ali para me segurar do impacto do susto.

—JIMIN! nunca mais faça isso,eu poderia morrer,sabia?—comecei a estapear ele.

—ainda bem que já tinha sentido o cheiro desse peste— Hobi o abraçou pela cintura—agora conta qual sua novidade e por que chamou a gente Aqui?

—Ah verdade,tinha esquecido desse detalhe—disse saltitante e nos deu uma ficha pra cada— antes que me perguntem isso é uma ficha e nela contém um código do ganhador,que claro foi euzinho. Enfim,eu participei de um prêmio aí e ganhei,nesse prêmio tinha uma ida ao salão e ganhamos um cartão para fazermos compras,ou seja,juntaremos o útil ao agradável,já que iremos no pub e precisamos estar lindíssimos e gostosos.

—A nãooo Jimin,da última vez que você participou desses sorteios eu voltei parecendo um tomate pra casa e o hobi um algodão doce de tantas cores pastéis no cabelo—digo emburrado e cruzo os braços.

—isso é verdade,minie.

—Vocês não deveriam reclamar,vocês dois tem muita sorte de me ter como amigos e colocar o nome de vocês na minha lista também—faço um biquinho de falsa chateação—além disso,vocês precisam retocar o cabelo e eu prometo escolher uma cor normal pra vocês,agora vamos por favor? —fez uma carinha de cachorro sem dono que por incrível que pareça sempre funciona. Às vezes acho que Jimin não é um alfa,por Deus!

                                🎓📚 

Estávamos no salão,Jimin fazia uma hidratação no cabelo já que tinha retocado sua raiz,além disso tinha uma bela moça beta fazendo suas unhas da mão,um belo de folgado! Já Hoseok pintava suas belas madeixas de preto. E eu? Eu estava com uma touca na cabeça e uma cocheira insuportável,não sendo o suficiente tinha literalmente uma alfa fazendo minha sobrancelha e eu literalmente gritava de dor,poxa era minha primeira vez fazendo isso.

A cor do meu cabelo Jimin me disse ser surpresa,mas me garantiu que eu adoraria o visual e que nunca tinha pintado o mesmo assim. Como o processo do salão iria demorar mais que o esperado,resolvermos fazer as compras em um outro dia,até porque estávamos morto de fome.

— Eu estou me sentindo um príncipe e vocês meninos?—Jimin perguntou em um tom brincalhão enquanto tinha as mãos da outra beta massageando seus cabelos.

—Eu estou me sentindo em decomposição—dramatizei um pouquinho — Jimin se você pediu pra pintarem meu cabelo de mais uma cor chamativa eu te mato,tá me escutando né? Eu sou ômega,mas sou forte.

—Nunca duvidei disso taehy. Você é mais forte que eu e Hoseok juntos.— ele disse isso,mas captei sua mensagem subliminar; continuou— e relaxa que escolhi uma cor básica,você vai ficar ainda mais belo.

                                     🎓📚

—Loiro?! É sério isso Jimin?

—Você está lindo taehy. Se antes já chamava a atenção agora vai chamar mais ainda.

—Tudo o que eu menos quero agora é chamar atenção ji— me olhei no espelho e fiquei vendo meu cabelo que era vermelho,agora loiro. Até que eu não estava tão mal assim.

— Você está divino,querido—Hoseok me puxou pra um abraço—acho que vou voltar a gostar de você.—fez um biquinho e dramatizou como sempre.

—Vocês são tão idiotas!

—Somos realistas querido taetae

O passeio no shopping foi repleto de elogios entre nós,além claro dos meninos me dando cantadas na brincadeira. Passamos na praça de alimentação e pedimos um enorme hambúrguer,mas que infelizmente não comi,estava de dieta e não poderia engordar mais do que já estava.
Jimin me trouxe em casa ao final do dia e disse que me buscaria amanhã.

                                        🎓📚

Eram sete horas da noite e eu estava a ponto de surtar,eu simplesmente não sabia o que usar e estava completamente nervoso,fazia mais ou menos dois anos que não saia pra esses tipos de encontro com os meninos. É claro que não foi por falta de convite Já que os meninos sempre iam e me chamavam pra ir com eles,porém desde que aceitei ir hoje eu senti que ia ser diferente,como se fosse um aviso que eu teria que ir lá.

—Filho hoje irei trabalhar e ficar até tarde,ok?—avistei ela na porta toda arrumada e com um coque bem preso no cabelo.—Oh,Jimin disse que viria daqui a pouco e você ainda nem está pronto meu amor,o que houve? Desistiu de novo?

—Não...Eu só não sei o que vestir mesmo,não se preocupe omma.—Sento e suspiro,vejo Somin vir em minha direção e acariciar meu cabelo.

—Você ficou tão lindo meu amor,eu acho que sou uma máquina muito boa já que seu irmão é tão lindo quanto.—falou brincalhona—Eu também sei o que se passa nessa sua cabecinha e aposto que não é só a roupa que está te preocupando. Mas quero que saiba que você precisa se dar uma chance;se divertir um pouco e esquecer do passado meu amor.

—Irei tentar omma. Eu sinto que hoje vai ser diferente.

—Vou te ajudar com a roupa—Foi em direção ao meu guarda roupa,tirando de lá uma calça preta com correntes do lado,uma camisa vinho em que caia sobre minha clavícula e um par de tênis.—Sente-se aqui—apontou para uma cadeira que estava em sua frente.

Minha mãe começou a fazer uma maquiagem básica e que na visão dela iria me destacar ainda mais. Claro que fizemos isso em Silêncio,assim como eu,ela também pensava e estava receosa sobre minha ida,mas claro que não iria falar nada até porque tudo que ela mais queria era me ver saindo e me divertindo como antes.

Quando ela terminou fui ao banheiro me trocar e aproveitei para ver meu visual. Estava lindo. Coloquei alguns brincos longos para complementar meu look e um gloss de melancia.

Saio do banheiro e tive que rir com a cara que minha omma fez,ela simplesmente arregalou os olhinhos e seu queixo caiu. Dei uma voltinha no mesmo lugar e ela veio correndo me abraçar e apertar minhas bochechas.

—Meu filho cresceu tanto,está tão lindo.—falou chorosa.

—Mãe você está me apertando—balbuciei.

—Só estou falando o quanto sou fod-—foi interrompida por uma buzina,provavelmente Jimin—enfim,só queria dizer que te fiz muito bem.—me largou e arrumou sua roupa que ficou um pouco amassada.—Quero que se divirta hoje,se cuide e use camisinha,ah e não traga ninguém que eu não conheça aqui.

—Aí omma já entendi,eu não sou uma criança!—Digo pegando minha carteira e celular.

—Só estou avisando que não quero netinhos tão cedo taehy-—sai do quarto deixando-a falando sozinha—Não me deixe falando sozinha Kim Taehyung!

—Tchau omma!
       

                            🎓📚

—Já te falei que está muito gostoso hoje?—Jimin perguntou pela centésima vez na noite.

—Sim e eu vou te dar um soco se falar de novo!

—Você está tão nervoso,tem que relaxar um pouco taehy.

—Estou tentando acredite.

Jimin assentiu e estacionou o carro. Quando entramos no local foi como uma explosão de cheiros,de alfas,betas e ômegas. Tinha pessoas se beijando ou quase transando ali mesmo.

Passo por essas pessoas e Jimin me conduz até uma mesa com 5 cadeiras,de longe avisto yoongi conversando com uma ômega loira,alta e muito bonita.

—Olá yoongi,lisa—Jimin os cumprimenta. O encaro confuso,de onde ele conhecia aquela ômega?

—Olá Jimin,taehy—ele nos saudou—Vejo que já conhece lisa,Jimin.—ele afirmou com a cabeça e se senta em uma das cadeiras—Taehy,essa é Lisa minha amiga e empregada da minha outra casa.

—oi—digo tímido e brinco com meus dedos no colo. Então essa era a Lisa que Jimin me falou.

—Empregada é seu rabo Yoon. E prazer em te  conhecer Taehyung,o famoso Kim Taehyung.—diz simpática e a encaro espantado pelo que disse—seu nome é bem falado na casa do Yoon.—olhou de soslaio para yoongi.

—espero que bem...

—Ah isso com certeza,você é um fofo!

—Cheguei pessoal,atrasei muito?—hobi fala assim que senta perto de nós—espero não ser o último.

—Atrasou sim,mas o Jungkook está no banheiro faz meia hora,gatinho. Qual seu Nome?—Lisa o respondeu e não pude deixar de notar seu belo sorriso interessado no alfa ao meu lado.

—Jung Hoseok e o seu é...?

—Lalisa,mas pode me chamar só de Lisa.

E assim o papo foi rendendo,todos interagiam entre si e eu como sempre ficava mais na minha. Uma coisa que percebi foi que Jimin grudou em mim que nem carrapato,tá que no dia a dia ele e eu vivíamos juntos,mas hoje ele está extremamente carente e grudado em mim. Além disso,vivia encarando Yoongi como se fosse sugar a alma dele e é obvio que eu apenas sorria pra isso. Eu ficava curioso sobre o lance deles ou se tinha alguma coisa envolvida nisso,mas como nenhum dos dois veio falar diretamente comigo decidi não tocar no assunto.

O papo estava bom,embora eu não falasse nada ficava escutando e rindo das suas histórias. Houve um momento em que Jackson apareceu em nossa mesa e até me surpreendi já que não via o mesmo há dias. Ele cumprimentou a todos,mas que por motivos pessoais teria que ir para casa. O que me deixou triste,já que pretendia pedir desculpas por não ter mandando mensagem nesses dias.

Uma coisa que me deixou curioso foi o fato de termos vindo pra cá e nada desse tal jungkook aparecer,oras foi ele que se convidou e não aparece? Talvez seja um chato,idiota,pé no saco,e rabugento como diria Yoongi. Eu já estava ficando de saco cheio,todos já estavam bebendo e eu não era santo ou qualquer coisa do tipo,mas hoje definitivamente eu não iria me embriagar-Eu me lembrava muito bem do que fiz na última bebedeira- ou melhor não lembrava de nada! E sim,me contaram do tão querido ômega que fez quase um strip na mesa e começou a chorar pedindo perdão ou no dia que simplesmente fiquei gritando que era um assassino. Eu esperava nunca mais fazer isso.

Saio dos meus pensamentos quando escuto uma voz rouca nos cumprimentando e o cheiro irresistível e inconfundível adentrar minhas narinas.

—Olá,me desculpem a demora. Tive um pequeno contra-tempo.—ele olhou pra mesa e como viu que só tinha cinco cadeiras e que as mesmas estavam ocupadas,puxou Lisa para seu colo—Você deveria dar o lugar aos mais velhos querida.—falou debochado e seus olhos foram diretamente para mim-se antes dele puxar ela para seu colo eu já estava vermelho,agora eu estava parecendo um pirulito sabor morango,de tanto que estava vermelho-—Ex ruivinho,adorei o visual novo tae,devo te chamar de loirinho agora?—arqueou sua sobrancelha e não pude deixar de notar o quão lindo ele estava com sua jaqueta de couro,uma camiseta branca que estava tão transparente que quando se movia muito dava para ver seu mamilo marronzinho;percebi que não fui o único a mudar algo já que o mesmo tinha feito uma tatuagem de flor no pescoço e perto da clavícula um dragão com uma asa que provavelmente descia para seu peito;continha piercing em sua orelha,no lábio inferior o que deu uma ressaltada na sua pintinha que tanto me chamava atenção e um na sobrancelha. Havia também um na sua língua,que o mesmo na parava de brincar,passando direto entre seus lábios.

—oi,er...sim Eu mudei um pouco e você também.—mordo meu lábio inferior e continuo dizendo mesmo tímido—você é o Jeon Jungkook?

—E você é o Kim taehyung, e sim sou Jungkook.—piscou para mim e se virou para falar com Hoseok e Jimin—E aí tampinha,levando o seu ômega pro mal caminho? Já tivemos uma conversinha sobre isso,certo?—disse brincalhão e...pera o que???? "Seu ômega" eu não sou ômega de ninguém!

—Disse e volto a repetir,não se envolva Jeon.

—Certo...vamos beber!

Pelo visto hoje seria uma longa noite...









































Notas Finais


Até sábado que vem 😳❤
Deixei uma mensagem oculta do que vai acontecer no prox cap hahaha

Oq Será hein?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...