História Why You..? - Capítulo 5


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Kim Seokjin (Jin), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin)
Tags Assassinato, Bts, Min Yoongi, Park Jimin, Policial, Romance
Visualizações 12
Palavras 676
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Ficção, Mistério, Policial, Suspense, Violência

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 5 - Evolução no caso


Hoje a manhã foi mais agitada, ambas acordamos cedo nos arrumamos, tomamos um café rápido e fomos rumo a nova escola de Manu, ela realmente tá muito animada pra isso.

Depois disso o de sempre, ônibus e trabalho, ao chegar lá fui diretamente para minha mesa, estava disposta a fazer algum tipo de progresso, então comecei pelo relatório de Jungkook sobre o laptop, a princípio nada de mais, sem fotos, sem cadastros, sem digitais, absolutamente nada. Fala sério, ninguém é tão cuidadoso assim.

Depois de muitas tentativas falhas de ter algum avanço começo a procurar em câmeras de vigilância, é impossível ele ter se tele transportado até lá.

Nada, em nenhuma rua por ali, nenhuma pessoa encapuzada ou que vá para casa da vítima, isso já tá me irritando.

-Jimin, temos as imagens do prédio daquele mesmo dia?

-Acho que sim, nos arquivos de vídeo. Tá tudo bem S/n?

-Não, ele se preocupou demais em não deixar pistas e não pensou nisso? Tipo, ou ele quer que achemos ele ou ele ficou desatento a isso, não com certeza não foi isso... – concluo colocando o CD no aparelho de vídeo e analisando atentamente cada segundo. – quem é ele? – falo olhando a imagem de perto e revisando diversas vezes a lista de visitantes do prédio – ele não tá na lista, como...?

-Jimin pega o carro, vamos rever a lista de visitantes e moradores, ele não poderia entrar sem se identificar certo?

-Não, mas como não vimos isso antes?

-Não tenho ideia, mas vamos ver isso melhor na volta.

**NO PRÉDIO DA VÍTIMA**

-O senhor tem certeza? – pergunto pela milésima vez.

-Sim senhora, tenho certeza de que ninguém com essas características passou pelo prédio. Mas se ajuda que o Sr. Saito era muito desconfiado, acho que ele tinha uma câmera pequena na porta posso pega-la para senhora.

-Muito obrigado senhor, isso ajudaria muito.

~~DE VOLTA AO ESCRITÓRIO~~

Depois que voltamos Jimin foi entender melhor por que não tínhamos acesso ao CD antes e eu volte a minha busca. Olhei diversas vezes as imagens daquele dia da câmera particular (que ficava muito bem escondida por sinal) da vítima, mas estava difícil o reconhecimento facial por causa da máscara que o mesmo usava, aish isso está me deixando com dor de cabeça.

Ás 18 hrs sai para buscar Manuelle e deixa-la com a Dona Neide até o fim do meu expediente. Sendo que passei todo tempo encarando aquela foto como se isso fosse me dizer quem é o assassino.

**NO CONDOMÍNIO**

-Boa noite ajumma, como a Sra. está?

-Bem querida, obrigada. Como foi o trabalho? Entre.

-Cansativo, mas nada muito incomum. – falo entrando e me sentando no sofá ao lado da mesma. – Manuelle se comportou bem ajumma?

-Como de costume, fez as tarefas e até ajudou Yoongi a arrumar o quarto. Devem estar vendo desenhos no quarto dele, fique à vontade, vá lá eu vou me deitar em breve.

-Tudo bem, até mais ajumma, tenha uma boa noite.

Vou em direção ao quanto que dona Neide ajumma indicou e bato na porta antes de entrar e vejo Manu deitada e Yoongi saindo do banheiro.

     

-Unnie! – me chama animadamente Manu enquanto intercala seu olhar entre mim e os desenhos que passam sem intervalos na TV.

-Oi gatinha, olá Yoongi. – comprimento fazendo a tradicional reverência para ele que retribui. – podemos ir Manu? Amanhã eu saio mais cedo pra irmos em um parque antes da mamãe e do papai nos encontrarem.

-Siiim. – assente diversas veze com um lindo sorriso no rosto. – unnie o Suga pode ir?

-Claro, se ele quiser claro. – assim que termino de falar e ela já começa a olha-lo com os olhos brilhando.

-Por mim tudo bem. – ele responde recebendo um '' ebaa'' animado em troca.

**QUEBRA DE TEMPO**

-Até amanhã Suga.

-Até mais Yoongi.

Falamos em coro para Yoongi que acenou de volta com um pequeno sorriso, tenho a impressão de que já vi o rosto dele em algum lugar...

Depois de muita briga fomos pra cama e dormimos depois de uma música que fui quase obrigada a cantar.

 

~Unicórnio_Azul



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...