História Aqueles olhos verdes (Supercorp Supergirl) - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias Supergirl
Personagens Alex Danvers, Cat Grant, Eliza Danvers, Hank Henshaw, James "Jimmy" Olsen, Jeremiah Danvers, J'onn J'onzz "John Jones" (Caçador de Marte), Kara Zor-El (Supergirl), Lar Gand (Mon-El), Lena Luthor, Lucy Lane, Maggie Sawyer, Non, Samantha Arias (Reign), Winslow "Winn" Schott Jr.
Tags Karadanvers, Lenaluthor, Supercorp, Supergirl
Visualizações 158
Palavras 664
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Famí­lia, Festa, Ficção Adolescente, Ficção Científica, LGBT, Literatura Feminina, Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Violência, Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olá pessoal, como vocês estão?
Desculpem a demora para ter att de ambas histórias.
Boa leitura a todos.

Capítulo 4 - Café especial - Revelações


Fanfic / Fanfiction Aqueles olhos verdes (Supercorp Supergirl) - Capítulo 4 - Café especial - Revelações



Kara Danvers.  




Meu café estava pronto. Alex estava terminado de se arrumar, coloquei uma  xícara de café em cima da mesa e entrei no quarto terminado de retocar a maquiagem leve em meu rosto. 



- Isso é tudo para Lena? - Alex questionou entrando no quarto e se jogando em cima da mesa.  


- Para! Eu apenas quero estar apresentável.  


- Você quer impressionar a personal trainer, gostosona! - Alex provocou rindo maliciosa. 


- Que isso Alex! Ela é uma cientista renomada.  


- Uma cientista renomada que quer  levá-la para cama! 


- Tá na minha hora. - falei pegando minha bolsa e saindo do quarto indo direto para sala e saindo. - Vou para a Catco e depois para o DOE. 



Sai da casa e quando cheguei na entrada do apartamento escutei o barulho de um carro se aproximando, passei meus olhos pelo vidro e quando menos esperava uma Lena usando uma calça na cor caramelo desceu com um sapato preto e uma camisa da mesma cor de botões social. 



- Olá bela loira de olhos azuis. - Ela sorriu ao se aproximar e pegou minha mão depositando um beijo na mesma. 


- Você me deixa tímida com esses elogios. - falei sentindo minhas bochechas ficaram ruborisadas.  



- Ficas linda dessa forma, tímida, bela, simplesmente linda. - falou sorrindo boba. - serei sincera com você srt. Danvers. 


- Diga? 


- Eu tenho interesse em você. 


- Lena, eu sou muito velha para você. - falei. - vamos ser amiga.  



Lena concordou com a cabeça e abriu a porta para mim entrar em seu carro. Eu  posso estar enganada, acredito que seja um daqueles carros esportivos.  


Não demoramos para chegar na cafeteria. Lena escolheu uma mesa afastada com vista para algumas árvores que balançam por conta do vento.  



- O que desejam? - a garçonete perguntou com o bloco nas mãos. 


- Um café cappuccino para mim e um pedaço de torta de maçã. - pedi olhando para garçonete que não tirava os olhos de Lena que nem a dava atenção.  


- E para você coisa linda? - questionou chamando a atenção de Lena. 


- O mesmo que a minha namorada. - Lena respondeu. 


A garçonete fechou a cara na mesma hora que ouviu a palavra: namorada. Eu fiquei em silêncio esperando nossos pedidos que não demoraram a chegar.  



- Desculpe, eu chamei você de namorada para não dar chance a ela. - Lena falou depois de minutos em silêncio. 


- Ela é uma mulher jovem e bonita, por que não olharia para ela? - questionei mexendo meu café.  


- Por que meus olhos não conseguem olhar outra pessoa que não seja você. - respondeu sorridente.  


- Lena eu tenho que contar uma coisa para você.


- Deixe-me falar antes. - pediu e concordei com a cabeça. - a muitos anos atrás quando eu tinha 21 anos eu estava apaixonada por uma mulher muito parecida com você, ela tinha amigos em comum comigo e eu passava dias a observando sabendo que não teria chances de ama-la,  em uma despedida de solteiro ela estava lá, bebemos e conversamos, nos conhecemos em poucas horas de conversa, o desejo foi evidente e quando menos esperávamos estávamos nos amando em um cama onde me entreguei. - Lena falava olhando para meus olhos que a encaravam sem arriscar piscar os olhos. - eu entreguei minha virgindade para ela e depois disso nós perdemos o contato, meu coração foi junto com ela naquela manhã, me sinto assim com você e não quero te perder como a perdi. 


- E-eu! Meus Deus! 


Essas foram minhas palavras antes de sair correndo daquela cafeteria deixando Lena para trás. 


Não consigo acreditar em tudo que ela me contou, isso não pode ser possível. A mulher por quem eu me apaixonei naquela noite estava ali parada conversando comigo e assumindo que é apaixonada por mim? Eu sentindo a mesma angústia, eu me apaixonei por ela com apenas por um olhar.


O famoso amor a primeira vista. 


Notas Finais


Como estamos?
Desculpem qualquer erro ortográfico.
Abração Cj-15
Até a próxima pessoal.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...