História E Se... - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Harry Potter
Personagens Blásio Zabini, Draco Malfoy, Harry Potter, Hermione Granger, Ronald Weasley, Theodore Nott
Tags Dramione
Visualizações 143
Palavras 1.428
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Eu nem iria postar hoje, então me perdoe o capítulo pequeno. Foi bem corrido

Capítulo 3 - Capito 3


Não acredito que eu estou fazendo isso! Mas também é culpa minha por não conseguir me controlar... não, a culpa é do Malfoy, sim! Se ele não fosse um completo idiota, eu não estaria agora tentando entrar na escola me escondendo pra não ser vista pelo F4. Com toda certeza o Malfoy não vai deixar aquele soco barato, soco bem merecida afinal

- Quem mandou provocar também Hermione! - Digo para mim mesma ao passar agachada por um arbusto - Agora aguenta, eu não posso morrer com 17 anos, sou nova demais

Subo pelas escadas tentando ao máximo não ser notada, preferi ir pela a entrada dos fundos, foi cansativo já que a escola é enorme, porém não a nada que a gente não possa fazer pra salvar nossas vidas. Tento abrir a porta dos fundos, mas não consigo, obviamente... Já que a vida não gosta muito de mim e insiste em complicar mais minha vida. E o Rony? Teve que ir correndo para ir ao banheiro, graças ao excesso de chocolate que comeu de madrugada. Eu literalmente estou sozinha

Dou meia volta para voltar todo o percurso que corri até ali em vão, mas sou parada por três homens de terno... Fodeu, são os Homens de Preto

- Hermione Granger? - Pergunta um deles

- Sim, mas quem são vocês? - Pergunto em um sussurro

- Você tem que vim conosco - Ordenou e todos os três foram chegando perto de mim

Sem mais e nem menos corro o mais rápido que podia. Como eles sabiam que eu estava ali? Eu devo está com algum rastreador nas minhas roupas, só pode! Putz onde foi que eu me meti? Minha vida ta ficando muito difícil, eu quero voltar a ser café com leite

- Pra onde eu vou agora? - Olho para os lados e me jogo no meio dos arbustos tentando me esconder deles

Foi um erro enorme não ter persistido mais com meus país sobre não entrar nessa escola, mas se levarem meu corpo decepado na porta deles, eles veriam que eu estava certa... Não, não pensa nisso Hermione, eles só querem te fazer algumas perguntas talvez

- Te achei - Ouço uma voz grossa atrás de mim e congelo. Sinto meu corpo ser levantado com facilidade e ser carregado até um carro totalmente preto

- ME SOLTA - Grito me debatendo tentando me soltar e consigo morder a mão dele quando tentou calar minha boca. Vejo que um deles paga um pano branco e o outro abrindo a porta do carro e de lá posso ver... Malfoy? A última coisa que lembro antes do homem pressionar o pano em meu rosto e apagar, são os olhos demoníacos de Malfoy

[…]

"O corpo dela ajuda"

"Precisamos limpar as sombrancelhas"

"As mãos dela estão cheias de calos"

Minha cabeça doía e minha garganta estava um pouco seca... Oque foi que aconteceu mesmo? Tento me recordar de todo acontecimento até eu apagar e quando finalmente lembro, um súbita raiva subiu. Sinto meu corpo sendo... Tocado? Tento abrir meus olhos aos poucos para me acostumar com a claridade e me deparo com três mulheres massageando meu corpo

- Oque.. - Digo com a voz baixa. Tento sair dali, porém elas me impedem - Me soltem! Isso é sequestro, sabiam?

- Estamos comprimido ordens do Jovem Mestre - Mas oque? Jovem Mestre? Só pode ser o retardado do Malfoy - Por favor colabore se não vamos ser demitidas, não vamos fazer nada que lhe machuque - Disse uma mulher de aparecem jovem. Decido então "colaborar" um pouco com aquilo.. Mas afinal, oque Malfoy quer?

Durante toda a tarde bem tratada por todos e eles estavam fazendo um trato em mim. Meus cabelos cacheados agora estavam lisos e brilhoso, minhas unhas estavam perfeitas, minha pele estava bem mais macia e mais tratada. Eu vestia um vestido maravilhoso, que nunca havia visto em loja alguma, também usava um salto com pedra de diamantes, assim como o colar, brincos e pulseiras.. Será que são de verdades?

Não sabia onde estava, mas o lugar era maravilhoso e enorme! Não havia nenhum cômodo pequeno, pelo menos os que me levaram. As paredes eram bem detalhadas e posso jurar que algumas maçanetas eram de ouro. Talvez eu devesse está em um Palácio?

- Me acompanhe senhorita - Sou tirada dos meus pensamentos por um mordomo que me chamara. Faço que sim com a cabeça e começo a seguir o mesmo

Sou levada para um quarto enorme e tenho certeza que minha casa cabe dentro desse quarto. Caminho por entre ele e vejo um quadro onde havia a foto de uma mulher muito bonita, tinha cabelos loiros quase brancos e olhos azuis cinzas. Realmente era maravilhoso

- Você me lembra ela - Ouço aquela voz atrás de mim e meu coração salta do meu peito - Ela é minha irmã mais velha, se casou ano passado com um Francês e agora vive por lá - Sua voz parecia distante, viro-me para olhar para ele

- Hum, sente saudades? - Pergunto tentando puxar assunto... Por que to fazendo isso mesmo?

- Bastante - Confessou Malfoy - Por isso vou permitir que você ande comigo e me comprimente quando ninguém estiver por perto - Sorriu ao dizer - E já que não tem ninguém aqui, você pode dizer que gosta de mim, estou certo? Eu saquei a sua

- Você comeu alguma coisa estragada? Bateu a cabeça quando acordou? Sua mãe deixou você cair quando você era bebê? Será que bati forte demais em você? Porque não é possível você está dizendo essa amnésia para mim e ainda ter me sequestrado. Por que eu iria gostar de um idiota como você? Você me fez passar os piores dias da minha vida - Digo sem acreditar no que ele dizia - Por que você acha que eu iria querer andar com você?

- Porque sou rico! Quer saber quanto eu gastei com você? Cem mil reias e posso gastar muito mais se andasse comigo! Posso te da o luxo que você nunca teve em sua vida - Destilou suas palavras enquanto se aproximava

- Pois bem, eu pouco me importo com o seu dinheiro e todo esse luxo Malfoy, quando você aprender a não depender do seu dinheiro a gente conversa - Começo a tirar os brincos, cordão e pulseiras que estavam em mim. Pego um pano molhado que estava na mesinha ao lado e começo a maquiagem sobre o meu rosto. Estava preste a tirar o vestido quando lembro que o Malfoy ainda me olhava - TRAGA O MEU UNIFORME! - Grito para ele e ele ainda estava parado me fitando com aquela cara de bobo. Deixo ele ali e vou para o outro quarto onde estava e visto meu uniformidade novamente. Depois volto para o quarto onde Malfoy ainda se encontrava no mesmo lugar

- Estou indo. Tem algo a dizer? - Ele me olha e parece pensar no que dizer. Como não tenho tanto tempo do mundo, dou meia volta para ir embora

- Tem certeza que vai negar minha proposta? - Ele finalmente fala algo. Como resposta, tiro os saltos que ainda estavam nos meus pés e jogo na cara dele - Ai Granger você é tão delicada - Dou o dedo do meio pra ele

- Sabe oque eu acho Malfoy?

- Oque Granger?

- Acho que quem gosta de quem aqui é você - Dou uma piscadela pra ele

- Oque? - Ele começa a rir um pouco constrangido - Você ta doida Granger - Ele estava todo desconcertado depois de eu ter dito isso - Tem várias garotas no meu pé, por que eu iria gostar de uma pobretona?

- Não sei, me responde você - Cruzo os braços e dou um sorriso de lado e tive a pequena impressão que ele corou? Isso deve ser impressão minha, com certeza

- Vejo que já ta tarde, vou pedir pro meu motorista levar você - Quando eu ia abrir a boca pra responder ele sai pela a porta e a fecha a mesma e me deixa lá de boca aberta

- CLARO, VOCÊ ME TROUXE AQUI OBRIGADA E NO MÍNIMO VOCÊ TEM QUE ME LEVAR DE VOLTA - Bufo com raiva

Idiota, idiota, idiota! Aquele projeto de gente nasceu pra me irritar! Se ele aparecer de novo na minha frente eu vou morder a cara dele pra ele aprender a não fechar a porta na minha cara. Agora que eu lembrei, ele me fez perder um dia de aula, não não não meu Deus! Ah ele vai me pagar


Notas Finais


Desculpe alguns erros!

Grupo no WhatsApp para os Dramione fãs

https://chat.whatsapp.com/8ZksUUmGvXl0H88hA2cgRl


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...