1. Spirit Fanfics >
  2. Listas de leitura >
  3. 💜💜💜💜💜💜

Lista de leitura 💜💜💜💜💜💜

Lista criada por: Luiesquisit
3 histórias
escrita por abyss- e c4tgirl_
Fanfic / Fanfiction Yandere Boys - Irmãos x Leitora
Em andamento
Capítulos 10
Palavras 15.699
Atualizada
Idioma Português
Categorias Histórias Originais
Gêneros Drama / Tragédia, Ficção, Ficção Adolescente, Literatura Feminina, Policial, Romântico / Shoujo, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo
Volta às aulas. Isso para quase todos os alunos é bem chato e entediante, mas o que aconteceria se um quarteto de irmãos chegassem como novos alunos em sua escola e se apaixonassem por você?

Um mais louco que o outro! Até onde o amor deles por você é capaz de ir? Leia e veja o que seu futuro com eles reserva...

| Yandere | Irmãos x Leitora | +18 |
  • 487
  • 185
escrita por Unnydere
Fanfic / Fanfiction Yandere Brothers
Concluído
Capítulos 13
Palavras 31.825
Atualizada
Idioma Português
Categorias Osomatsu-san
Gêneros Drama / Tragédia, Mistério, Policial, Romântico / Shoujo, Terror e Horror, Universo Alternativo
Você será inserida em um romance doentio e perigoso com os sêxtuplos.
  • 1.197
  • 286
escrita por Kitty-Batsky
Fanfic / Fanfiction Meu único amigo (Slenderman x Leitora criança)
Concluído
Capítulos 1
Palavras 4.306
Atualizada
Idioma Português
Categorias Slender (Slender Man)
Gêneros Drama / Tragédia, Famí­lia, Magia / Misticismo, Musical (Songfic)
«- Eu estou cansada de tudo isto. Ninguém nesta casa parece se importar realmente comigo e quando o fazem é só puro fingimento. – Queixavas-te, um dia, enquanto brincavas com a rosa que fora depositada por Slender nos teus cabelos ondulados e bravios. – Se eu quiser ser honesta comigo, contigo, com eles, acho que és o meu único amigo. – Remexeste-te no seu colo, olhando pesadamente as sombrias paredes do casarão. – Já pensaste em simplesmente... levar-me embora? – A ideia surgira-te de forma abrupta, inesperada... avassaladoramente tentadora. Slender, no entanto, só estava à espera de uma oportunidade. Ele sabia que acabarias por querer desfazer-te da família, aqueles tolos que não te davam afeto nem amor. Ficou ajoelhado na tua frente, numa tentativa (inútil) de igualar alturas. Ergueste a cabeça um pouco, de forma a estabeleceres contato "visual" com o ser. Só nessas ocasiões vocês conseguiam falar um com o outro, numa linguagem que talvez só tu mesma compreendesses. Afinal, se os outros nem conseguiam avistar Slender, quanto mais ouvi-lo falar.

- Virei buscar-te amanhã à noite. Traz tudo o que te seja precioso e parte comigo. – Dito isto, ele desapareceu perante os teus olhos. Não te assustaste, nem sequer deste um passo atrás, pois já estavas habituada às suas chegadas e partidas súbitas. Ficaste a pensar no que deverias levar. Tinhas tantos brinquedos e, no entanto, não te apegaras a nenhum em especial. Adormeceste aquela noite, completamente ignorante de que, no dia seguinte, fazias seis anos.»
  • 154
  • 19