1. Spirit Fanfics >
  2. Incógnito VKook - Taekook

História Incógnito VKook - Taekook


Escrita por: BtsNoona

Fanfic / Fanfiction Incógnito VKook - Taekook
Sinopse:
[ Taekook - Vkook ] Jeongguk era só um garoto de ensino médio entediado que por acaso encontrou um caderno velho - pessoal até demais. Sua curiosidade fica atiçada pelo objeto recém adquirido, mas ele não faz ideia de quem possa ser o dono de pensamentos tão incomuns.

- high school - fluffy - plot clichê porque sim <3
Iniciado
Atualizada
Idioma Português
Visualizações 504.566
Favoritos 8.880
Comentários 5.004
Listas de leitura 5.067
Palavras 256.343
Concluído Não
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Kim Taehyung (V)
Tags Bangtan Boys (BTS), Btsnoona, Escola, Fluffy, High School, Highschoolau, Incognito, Jungkook, Taehyung, Taekook, Vkook

NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção Adolescente, Gay / Yaoi, LGBTQIA+, Romântico / Shoujo
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de difamar ou violar as imagens dos artistas.

Lista de Capítulos

Capítulo
Palavras
1
Um caderno
132
26.206
3.949
 
2
Um garoto
76
18.318
3.688
 
3
Uma conversa
89
16.449
3.104
 
4
Um livro
63
16.185
4.049
 
5
Um amigo
47
15.489
3.873
 
6
Um broche
49
14.245
4.298
 
7
Um jogo
74
14.040
3.992
 
8
Um hyung
62
13.425
4.079
 
9
Um dia
92
13.397
4.113
 
10
Um voto
75
12.330
3.957
 
11
Uma noite
84
13.344
4.461
 
12
Um tênis
63
13.059
5.231
 
13
Um louco
89
13.000
5.213
 
14
Uma fuga
70
12.802
4.941
 
15
Uma certeza
92
12.815
4.661
 
16
Uma resposta
102
12.829
6.458
 
17
Um som
74
12.604
5.345
 
18
Um ingresso
81
12.373
6.598
 
19
Uma febre
114
12.489
5.538
 
20
Um ponto
103
12.477
5.446
 
21
Um tempo
97
12.386
6.999
 
22
Uma besteira
219
13.513
4.837
 
23
Um crime
107
13.513
7.587
 
24
Um poema
124
13.919
7.883
 
25
Um elogio
148
12.627
5.692
 
26
Um boato
147
11.430
7.485
 
27
Um medo
124
11.592
7.739
 
28
Um plano
141
11.713
9.164
 
29
Um motivo
111
10.742
9.768
 
30
Um jornal
120
9.563
6.560
 
31
Um incentivo
122
9.504
6.533
 
32
Uma festa
181
8.978
6.884
 
33
Um espinho
160
8.278
6.858
 
34
Um diário
151
8.189
8.292
 
35
Uma carta
200
9.059
7.402
 
36
Um símbolo
269
9.475
6.773
 
37
Um caminho
127
7.926
5.759
 
38
Uma palavra
125
7.543
7.288
 
39
Uma escolha
200
7.458
8.466
 
40
Uma prova
127
5.531
5.331
 
41
Um baile
96
3.839
4.750
 
42
Um presente
93
3.788
6.063
 
43
Dois
126
3.926
3.517
 
44
Uma visita - Capítulo extra
58
2.198
5.719

Gostou da História? Compartilhe!

Comentários em Destaque

Postado por last_narcissus
Capítulo 41 - Um baile
Usuário: last_narcissus
Usuário
Larissa esse capítulo ficou simplesmente perfeito, sem palavras. Bom eu sou um leitor seu BEM antigo desde 2018, mas eu n usava essa conta ainda então por isso não tem outros comentários meus em outros capítulos, mas eu tinha até na época te mandando uma mensagem no curious cat q eu ia convidar o garoto q eu gostava para o cinema kkkk. Eu só queria falar que essa história é a minha favorita, eu cresci com ela no meu ensino médio aprendendo a lidar com meus sentimentos e com fato de ser gay. Eu não tenho palavras para expressar o como sua fic me ajudou a me entender e a não desistir do amor, mesmo que eu não o tenha encontrado ainda (no caso ser correspondido), espero encontrar um taehyung ou um jungkook ainda kkk. Eu quero muito o final e a versão física dessa história que tanto amo, mesmo sabendo que vai significar um fim de um ciclo para mim pelo menos eu vou sempre poder reler essa obra prima que você fez. Eu amei tudo nesse capítulo desde a interação com a família do jk, aos momentos taekook e de amizade e aos tensos como o posicionamento do taehyung diante do baek é muito bonito a evolução do tae e do próprio jungkook por toda a fic. Estou muito ansioso pelo final e até o próximo capítulo aaa
Postado por beckttx
Capítulo 39 - Uma escolha
Usuário: beckttx
Usuário
É completamente dificil fazer review de uma algo que é completamente importante na minha vida, principalmente pelo fato de Incógnito ser uma história que faz minha mente viajar por lugares que eu nunca fui antes. Eu costumava odiar tudo relacionado a romance, não só historias do spirit, como filmes também; coisas de romance bonitinho nunca foi muito meu estilo. Ler Incógnito tem sido meu castigo, e ao mesmo tempo meu maior prazer; mas não se engane, o castigo é me fazer querer ter uma relação tão maravilhosa quanto essa, que provavelmente nunca vai existir. É incrível como minha vida pós Incógnito é sempre pensando "nah, eu não vou fazer isso, não era o que o taehyung faria" ou "se não for pra amar igual o jeongguk eu nem sinto nada"!!! Incógnito deixou de ser uma história pra passar o tempo, e se tornou o motivo pra me trazer de volta ao mundo das leituras, na qual eu havia saído a um bom tempo. A história é tão boa, e te prende de uma maneira tão gostosa que eu saio panfletando pra todo mundo ver o quão bom é, e sempre concordam comigo. Pra quem só lia livros policiais e de ficção científica, nossa querida autora fez um ótimo trabalho em me prender em uma história de romance bem fluffy.

Larissa você é maravilhosa em tudo que escreve, e sinceramente é uma das minhas inspirações pra tentar escrever coisas também. Eu consigo sentir todas as coisas que você tenta passar pra gente com tudo que acontece na história; eu consigo sentir toda paixãozinha, toda manha, toda raiva, angustia, tristeza, e até o alívio que eles sentem eu consigo sentir lendo. Felizmente, guardei seu nome no meu coração, porque daqui uns anos eu tenho certeza que encontrarei seu nome na internet com título de uma autora de um best seller, e tudo que vou conseguir pensar é: "que orgulho, eu lembro lá do comecinho, quando ela me fez sentir literalmente tudo, lendo Incógnito".

Obrigado por escrever algo tão bom pra mim e pra tantas pessoas, por fazer a gente esquecer o mundo lá fora sempre que entra aqui pra ler algo seu. Obrigado por escrever a minha história companheira das noites de insonia como essa. Obrigado por compartilhar Incógnito com a gente, e torço para que mais pra frente possa compartilhar outras histórias maravilhosas que eu sei que você tem dentro de você.

PS: Eu vou te cobrar pelo capítulo do date em um museu de física PELO RESTO DA MINHA VIDA. Paz.

Yours sincerely, Sora.
Postado por CairParavel
Capítulo 31 - Um incentivo
Usuário: CairParavel
Usuário
Ai, pessoa... O que comentar nesse penúltimo capítulo lançado?

Eu tô na saga da leitura dessa fic já tem um tempo, e, nossa, quero morrer lendo sua fic pra poder morrer de emoção. Quão envolvente você consegue escrever? A história me enlaçou, mas de uma forma que você não pode fazer ideia... Sabe?
Eu tenho coisas a comentar de vários capítulos, mas não comentei porque eu me sufocava e não conseguia dizer. Estou agora comentando, com o nariz escorrendo, enquanto espero ser atendida na dentista... Sorrir é bem irónico, então.
Acredito que houveram alguns pontos que me arrebataram de uma maneira que me tirou os pés do chão e me jogou para uma superfície espumosa que não consigo não sentir, é indescritível. Uma cena de beijo, em específico, eu fiquei com vontade de ler em voz alta, tipo quando você tá num clube literário e disserta Shakespeare?
Sabe, eu poderia passar horas conversando sobre a sua história, sobre o quão ela me representa, o quão identificada eu fiquei, o quão emocionada, empolgada e solitária eu me senti... Foi mágico, mágico é a palavra que você usou em uma passagem que o JK elogia o V, não lembro exatamente se por um sorriso, beijo, ou por ele ser quem ele é. Mágico é o que é esta história.
Eu gostaria de pedir duas coisas, para você, pessoa que autoriza outras a conhecerem o universo de Incógnito. Devo pedir desculpas antecipadamente por serem pedidos egoístas. Os pedidos então são: por favor, nunca apague essa história, mesmo que um dia você não se identifique, que você nunca termine, que você perca seu prazer em vê-la, saiba que sua história representa muito mais do que o seu dizer, ela representa uma possibilidade de significar que pessoas como eu escolhem para entender, isso me dá motivo para querer existir, para querer lutar, querer andar, porque você me permite entender o mundo a partir dos meus sentidos com Incógnito; o outro é que você adicione as tags da história a tag Escola, isso, pois, uma amiga está lendo as história principais dessa tag, e eu mais do que tudo desejo que essa história seja lida por ela, se a história cair nessa tag, essa história pode atingi-la. Você não precisa me entender, nem se preocupar com meus pedidos, eu só precisava fazê-los como o JK precisa dizer ao V que o ama.

Obrigada por escrever. Eu não pretendo ler ainda o último capítulo postado, pois sinto como se eu não tivesse ao que recorrer quando me sentisse mal. Por isso vou lê-lo com lentidão, me agarrando a cada parágrafo tecido ali.
Tudo de bom para você, eu me sinto feliz de poder ler uma marca de sua existência, da mesma forma como pude ler marcas de que Jorge Amado existiu, de que Marx existiu, de que BTS existiu, marcas semelhantes as escritas nos livros de bibliotecas que indicam que houveram pensamentos enquanto alguém os lia (lhe admiro).
Postado por jggukkie
Capítulo 31 - Um incentivo
Usuário: jggukkie
Usuário
e mais uma vez eu quase chorei lendo um capitulo de incógnito, nem sei pq eu me surpreendo com isso, ja que toda vez que eu leio incognito meu coração transborda de tanto amor que eu sinto
aiai o sentimento deles é tão lindo, eu tenho certeza a se eu pudesse viver em um universo de alguma fanfic eu com certeza escolheria incógnito, daria tudo pra sentir o que eles sentem um pelo outro, é tudo tão lindo e puro e ai não tenho palavras pra definir o que eu sinto por essa fanfic
só acho incrível que não importa quantas fanfic eu leia, nenhuma consegue me fazer sentir o que incognito me faz sentir
eu amo tanto a sua escrita, ela é tão linda e faz a gente se sentir como se estivesse lá com eles, como se estivesse sentindo tudo o que eles sentem, é isso é tão bonito
mas com isso a única conclusão que eu tirar é que eu sou completamente apaixonada por incógnito <3
Postado por brugrc
Capítulo 28 - Um plano
Usuário: brugrc
Usuário
Oi! Tô pensando e sentindo mil coisas desde que comecei a ler essa fanfic, fico encantada demais com a forma como você conduz a história, a ponto de nem saber como descrever o tanto de coisas boas que ela transmite. E são tantas. Dá vontade de ficar lendo e viajando nela pra sempre; me refugiar nessas palavras tão bem escolhidas e ficar escondidinha ali, nas entrelinhas; no quentinho do sentir. Eu passei a amar tanto esses personagens e a forma como eles são únicos, cada um do seu jeitinho cativante, além de me identificar muito com alguns deles. Fico imersa nesses sentimentos tão poéticos. Ah, poxa, eu queria muito, muito mesmo, conseguir explicar como eu me delicio lendo: além do enredo, dos personagens e o conteúdo em geral... a tua escrita é incrível. É mágica!

Fico feliz que, quando comecei a ler, já tinha 28 capítulos e muuitas palavras e pude ler por dias a fio (se pudesse, ficava o dia inteiro lendo, mas infelizmente tive que ler lentamente, quando podia dedicar tempo e atenção total à história para poder apreciá-la por completo, sem pressa). Ela estava arquivada na minha biblioteca, o típico caso em que deixamos pra ler depois e quando finalmente começamos a ler, nos surpreendemos muito com a história.

Enfim, OBRIGADA por escrever. Espero que siga escrevendo por muito tempo, porque você faz isso com perfeição. Vou esperar de coraçãozinho apertado pelos próximos capítulos dessa história que me pegou de jeito. <3