1. Spirit Fanfics >
  2. O Carcará, a Asa Branca e o Beija-flor

História O Carcará, a Asa Branca e o Beija-flor


Escrita por:


Fanfic / Fanfiction O Carcará, a Asa Branca e o Beija-flor
Sinopse:
Há quatro anos quando a seca veio, devastando as plantações e matando o gado de sede e fome, Sasuke precisou deixar o interior para conseguir trabalho na cidade grande e mandar dinheiro para casa.

Essa cena Sakura lembrava bem: o dia em que ficou parada na porteira, segurando a filha pequena nos braços que chorava inconsolável, enquanto via o marido ir embora levando consigo apenas uma velha mala preta e a promessa de que em breve viria buscá-la. Mas desde então, ele nunca mais voltou, de modo que a separação foi pedida durante um telefonema no orelhão.

Ela só não esperava que após o pedido de divórcio, um grave acidente finalmente os colocaria face a face.

*shortfic*
Iniciado
Atualizada
Idioma Português
Visualizações 4.635
Favoritos 345
Comentários 102
Listas de Leitura 137
Palavras 18.174
Concluído Sim
Categorias Naruto
Personagens Sakura Haruno, Sarada Uchiha, Sasuke Uchiha
Tags Sasusaku

NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama / Tragédia, Literatura Erótica, Romântico / Shoujo
Avisos: Insinuação de sexo, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Lista de Capítulos

Capítulo
Palavras
1.
Asa Branca
13
1.148
3.587
 
2.
Carcará
29
1.303
5.641
 
3.
Beija-flor
19
1.098
4.218
 
4.
Natal em família
41
1.086
4.728

Gostou da História? Compartilhe!

Comentários em Destaque

Postado por Celleste
Capítulo 4 - Natal em família
Usuário: Celleste
Usuário
Querida ninguém se compara a você!!! Eu estou tão tocada... Chorei, sorri, me derreti! Senti cada uma das palavras, a nostalgia dos passeios a roça, as histórias simples e doces contadas para mim do meu avô, o amor humilde a vida difícil porém feliz. Senti esse carinho e consideração que os dois tinham um pelo outro. Me emocionei! A inocência, os sacrifícios, a forma como foram obrigados a levar a vida. Me deixou reflexiva. Deixei lágrimas escorrem por cada um dos capítulos, e em casa um deles foi por um motivo diferente. É o tipo de sentimento que torcemos para que alguém tenha por nós. Mesmo esse amor sendo sofrido ele é extremamente real, e doce. É compreensivo, sensível. Foi tudo intenso demais, duro demais, mas ao mesmo tempo bonito demais. Você nunca decepciona em nenhum dos seus tópicos abordados, em nenhuma das suas histórias. Só consigo te desejar muito brilho pra continuar me agraciando com personagens tão cativantes!
Postado por Gattara
Capítulo 4 - Natal em família
Usuário: Gattara
Usuário
AI EU TÔ MUITO FELIZ!!
Eu estou realizada com esse final. Amei cada palavra e todo o desenrolar da trama até aqui.
Obrigada por compartilhar essa história e sua visão do Nordeste. Eu sou do Norte do país, uma realidade completamente diferente, mas sofrimento e dificuldade é doloroso de qualquer forma e em qualquer lugar. A pouco tempo li outra fanfic que trazia um plano de fundo diferente dos comumente utilizados, tal como a sua. Essa outra fanfic e a sua trouxeram uma ambientação completamente incomum e incrivelmente cativante. Sinceramente, espero ver mais desses plots por aqui. Foi encantador.
Esse finalzinho me encheu com a calidez do Natal, essa família unida fez todo o caminho valer a pena. A alegria pueril da Sarada; a relação sendo construída entre pai e filha; a união intensa entre o casal; a felicidade por ter um lar pequeno e ainda assim suficiente, porque o que se ama está alí com você. Ai autora, essa fanfic me faz ter saudade de casa. Pequena Konoha também faz isso. Hahahah Você é muito talentosa em evocar sentimentos e emoções.
Estou transbordando de felicidade e contentamento. :)
Espero poder ler mais trabalhos seus, aqui no site e também originais publicados algum dia.
Obrigada e parabéns!