1. Spirit Fanfics >
  2. Membros >
  3. intrinsecamente >
  4. Atividades

intrinsecamente - Atividades

111 atualizações
Usuário: intrinsecamente
⠀⠀ Me comparam tanto comigo mesmo
⠀⠀ que, por vezes, perco o sentido lógico
⠀⠀ e afundo-me na confusão mental
⠀⠀ indômita que brada para que
⠀⠀ encontram-me e dêem-me mais
⠀⠀ uma função, outra comparação.

⠀⠀ — olliver hawkins !
Usuário: intrinsecamente
literalmente. aí eu falava com ele no wpp e vinha com grosseria, aí uma vez veio com um papo de eu apresentar minhas amigas pra ele porque eu era rodeado delas. e tipo, hoje eu percebo o quão ingrato isso é. basicamente eu era o "psicólogo" particular dele e só. quero longe, amém
Usuário: intrinsecamente
meu deus eu falando do lemos em fevereiro e hoje eu percebendo que ele é superingrato. cara, ele conversava comigo muito na pandemia, mas só pra pedir conselhos e eu ser ouvinte. aí chegou ano passado e ele foi pra minha escola e começou a cagar pra mim.
Usuário: intrinsecamente
acho que não sobrevivo até o fim do ano, mas acho que não tem problema. pela primeira vez não me sinto tão infeliz com tudo isso (eu só tô existindo e focando em excluir os sentimentos, talvez isso explique). enfim, daqui sla quanto tempo eu volto com mais desastres sentimentais.
Usuário: intrinsecamente
tô deixando a história e os personagens me guiarem, e acho que isso é bom até certo ponto, depois fica ruim e eu preciso intervir.
tirando tudo isso e acrescentando algo: to com uma relação amena com minha família; meu irmão caçula tá virando num capetinha; minhas notas tão ruins
Usuário: intrinsecamente
eu vou dormir, sonho e acordo pensando nesse novo projeto. sério, tá alugando espaços na minha mente que eu nem sabia que existiam. falar sobre assuntos que eu gosto (solidão, morte, amizade, luto) tá me deixando feliz, apesar de este eu não ter feito escaleta e tal.
Usuário: intrinsecamente
incrivelmente resolvi me engatar na escrita de um livro narrado pelo ponto de vista de um fantasma, e fala muito sobre morte e solidão, e acho que isso tá me salvando ultimamente. tenho medo de não conseguir terminar ele porque significa muito pra mim.
Usuário: intrinsecamente
parte boa desses meses até agora? eu consegui terminar de escrever um livro e uma novela. o livro (JMA) é polêmico e me deu dor de cabeça agora pouco porque uma colega leu e "não gostou" do plot e não deu explicação nenhuma. e a novela é meu xodó, nada acima.
Usuário: intrinsecamente
paralelamente a essa coisa de amizades destrutivas, eu tô triste e irritado porque eu perdi muito peso depois de sair da academia. eu não consigo mais ter a rotina de antes, de comer e beber água e seguir minha vidinha fitness; literalmente desandei e tô mal.
Usuário: intrinsecamente
às vezes eu queria ser uma pedra, tipo, não sentir nada, nadinha, só ficar preso no chão existindo ou sendo chutado pra lá e pra cá e nada iria doer. parece mais atrativo do que ser humano que precisa interagir com outros humanos porque somos uma espécie (supostamente) sociável.
Usuário: intrinsecamente
claro que eu me defendi, mas foi babaca. bem babaca. só que é o que eu disse: cadê a reciprocidade? isso se encaixa em TANTAS situações. e apesar de eu estar evoluindo nesse papo de "não ligar" ainda é difícil.
Usuário: intrinsecamente
no segundo dia de aula eu literalmente fiquei 6 horas em pé no centro da cidade com uma dessas gurias do grupo por nada, nem comer comi, pra ela na semana seguinte "ordenar" pra que eu parasse de pegar ônibus junto pq ela tinha achado "companhia melhor".