1. Spirit Fanfics >
  2. Membros >
  3. DeadMoon

DeadMoon

Nome: Dead Moon
Sexo: Feminino
Localização: Curitiba - PR
Aniversário: 11 de Abril
Cadastro:
Dead Moon
The one and only.

Oi, sou eu de novo. (Desabafo)

Postado

Olá, aqui é a Dead, de novo. Eu vim por motivos talvez óbvios, talvez nem tanto. Eu sei que eu estou demorando demais pra postar, mesmo estando de férias, então me desculpem, ok? Eu não tenho estado em meus melhores dias.

Não faz muitos dias que eu comecei com isso de novo, mas dessa vez está mais forte que antes e eu preciso colocar pra fora de novo e não, eu não quis ir até o privado com alguém, pois eu tenho plena certeza que ninguém me entende completamente, pelo menos não do jeito que eu preciso. Por esse motivo, eu prefiro falar "sozinha", sem ninguém que eu conheço para que eu seja incompreendida por palavras impensadas, pois sempre acontece, eu escolhendo minhas palavras ou não.

Sabem, eu não consigo entender como isso funciona. Esse negócio está na minha cabeça, por que eu não posso simplesmente controlar?! Sentimentos ruins, crises de choro, vontade de simplesmente largar tudo e entrar em um caixão para dar um fim logo em tudo isso... Eu estou realmente cansada de sempre imaginar que eu estou bem e em minutos achar que tudo está errado, que eu sou toda errada. O limbo é tão grande que eu não sinto nada por ninguém e não sinto nada vindo de ninguém.

Eu acho que as pessoas não gostam de mim, que ninguém realmente me tem como uma pessoa de verdade na vida, que eu sou apenas um tapa-buraco, alguém com quem conversar quando você tem um tempinho sobrando ou não tem nada pra fazer ou simplesmente é ignorado por todos os seus outros amigos. É por esse motivo que eu não consigo fazer amigos de verdade ou arranjar alguém que supra essa personalidade "carente" que eu tenho.

É muito triste. Digo, se sentir sozinha no meio de tanta gente. Você só está nos lugares por estar, por precisar e não por querer. Você já não se diverte mais com os mesmos programas, as mesmas pessoas, sempre se acha um incomodo, um nada. Talvez vocês já se sentiram assim e eu aposto que foi o pior sentimento que vocês descobriram, pois pra mim é o pior. É o meu maior fantasma.

Eu não estou aqui pra me vitimizar, nem nada do gênero, eu apenas preciso colocar tudo pra fora antes que eu sufoque com essas palavras não ditas. Minha vida está de cabeça para baixo, eu estou dentro de uma bolha em que só eu posso entrar e sair, pois ninguém quer se meter na minha confusão. Ninguém quer alguém tão complexo e difícil de lidar como eu, pois não há paciência pra gente como eu, não há uma relação verdadeira de amor e carinho seja com quem for. As pessoas se cansam e eu não as culpo. Quem veio estragada fui eu e não eles, então não é como se eu pudesse apontar dedos e acusar alguém a não ser a mim mesma.

Eu venho escrevendo muitas coisas mórbidas ultimamente. Não consigo escrever direito as fics em andamento, pois eu não consigo mais entrar no personagem, não consigo mais ver os rumos das histórias sem ter algo triste ou mórbido no meio. Eu já tenho duas fanfics novas, praticamente prontas e adivinhem? É sobre morte, suicídio. É algo que simplesmente toma tudo o que eu tenho em uma força absurda e de uma só vez.

Não estou controlada, tampouco estou com medo. Estou apenas triste, vazia e só. Talvez eu não devesse me preocupar tanto, não é? Talvez seja só uma bobagem da minha mente, um pensamento ruim passageiro, um pesadelo que pode acabar quando eu acordar, não é? Eu já devia saber, pois não é a primeira e não será a última vez que isso vai acontecer, mas ainda assim... Meus demônios são mais fortes que eu e eu sinto que algum dia eles vão acabar me vencendo, pois ninguém pode lutar por mim e eu estou, sinceramente, exausta de lutar.

Não há psicólogo ou psiquiatra que pode "me curar", acreditem, eu já passei por cinco psicólogos. Dois apenas esse ano e bem... Olha onde eu estou. Os pensamentos de que eu não me forme na faculdade, que eu não viaje para os lugares que eu quero, que eu não conheça animais o suficiente para me satisfazer, que eu não encontre um parceiro que vá estar comigo seja o que for, que eu não serei mãe, muito menos alguém para ser lembrada me mata um pouquinho mais sempre que eu volto a pensar nessas coisas.

Eu já sofri muito nessa vida e várias vezes sem necessidade alguma. Me culpei por coisas que não eram de minha alçada e me machuquei por tentar ajudar pessoas que não mereciam meu tempo e meus sentimentos. Talvez eu que pedisse demais, cobrasse demais, precisasse demais. Eu me pergunto se sou eu que estou errada por não estar nada confortável comigo mesma, estando no meu corpo, na minha vida, no meu círculo de pessoas, odiando meu reflexo no espelho, odiando minha personalidade, meus jeitos e manias.

Me desculpem aparecer aqui só pra falar esse tipo de coisa, mas eu encontrei um refúgio aqui que talvez eu não encontre em nenhum outro lugar. Me desculpem por decepcionar vocês com tudo o que eu tenho (não) feito. Ainda hoje eu vou postar algumas coisas que eu tenho prontas ou meio prontas pra vocês, ok? Pode ser que ajude a me tirar desses pensamentos ruins, mesmo que por alguns minutos ou até mesmo horas.

Caso isso seja um até logo, até logo, vejo vocês mais tarde em qualquer história que seja.

Caso isso seja um adeus, muito obrigada a todos vocês que, de alguma forma, fizeram meu dia mais feliz por pelo menos uma vez.

Nos encontraremos em algum lugar em algum momento.

Escutando: Bleed for me - Escape the fate
Permalink Comentários (1)

[06/01/2018] Oi, eu sou a Dead. DESABAFO


Atualizações do Usuário

Usuário: DeadMoon
Favoritei a história
História: Bungee
História: Bungee
Durante 10 anos de sua vida, o ômega Baekhyun acompanhou o crescimento e amadurecimento do alfa Chanyeol, seu amigo, vizinho e de bônus, paixão da adolescência. Enquanto o Park c..
Usuário: DeadMoon
Adicionei um novo capítulo
História: Exordium
História: Exordium
[EXOPLANET/PODERES!AU] O planeta EXO estava passando por tempos difíceis após a construção do labirinto de Exordium, onde viviam os seres X-EXO, antagonistas dos seres EXO. Desd..
Usuário: DeadMoon
Adicionei um novo capítulo
História: Amores de romance
História: Amores de romance
Jongin era um famoso escritor de romances. Reconhecido internacionalmente pelos seus romances que abrangiam tanto casais hétero, como homossexuais, ele mesmo não tinha tido um ro..
Usuário: DeadMoon
Adicionei um novo capítulo
História: Can You Feel My Heart? - Chanbaek ABO
História: Can You Feel My Heart? - Chanbaek ABO
“ Eu não sabia que era possível fingir amor tão forte e puro, mas eu fui enganado. Enganado, jogado na sarjeta sem um won no bolso. Apenas com minhas roupas do corpo e meus sonho..
Usuário: DeadMoon
Adicionei um novo capítulo
História: Can You Feel My Heart? - Chanbaek ABO
História: Can You Feel My Heart? - Chanbaek ABO
“ Eu não sabia que era possível fingir amor tão forte e puro, mas eu fui enganado. Enganado, jogado na sarjeta sem um won no bolso. Apenas com minhas roupas do corpo e meus sonho..