1. Spirit Fanfics >
  2. Membros >
  3. domAckerman

domAckerman

Sexo: Masculino
Cadastro:
Meus favoritos. Leiam: @Her0ndal3, @combatLover, @Ackermanns, @descansoul, @linaHannigan, @anyLady, @nanamxs.

"Quando escrevo, confio inteiramente no leitor, supondo que ele próprio acrescentará os elementos subjetivos que faltam ao conto". (Tchekhov).

"Qué placeres yacen después, la lengua lo sabe, pero no puede decirlo." Srngarakarika, Kumaradadatta. Citado em Afrodite, Isabel Allende.

* Não gosto de contato fora da plataforma.
* Citação da capa: Libertango.

TAG entrevistando o escritor (domAckerman) Pt2

Postado


Indicado pela @descansoul, @anyLady, @ackermanns e @combatLover.

Autora das regras/tag ( @Srta__Wu )

Aqui estão as regras:
Regras:
1. Todos podem participar.
2. Monte o jornal respondendo livremente às seguintes questões sobre a sua fic que foi indicada:
- O que levou você a escrever essa fic? Desafio, compartilhar alguma ideia, uma história para conscientizar alguém, etc.
- Como tirou inspiração para escrever essa fic? Séries, músicas, memes, experiência pessoal, etc.
- Quais dificuldades você teve para escrever essa história?
- Qual a sua parte favorita da história?
- Alguma curiosidade que queira contar sobre a fic?
3. Em seguida, você pode citar as histórias que você mais gostou de escrever.
4. Para finalizar, indique os escritores e suas respectivas fics que você gostaria de saber mais.
5. Ao postar o jornal, não retire as regrinhas sobre o funcionamento da brincadeira.
6. O título do jornal deve ser “TAG — Entrevistando o escritor (seu user no Spirit)”, assim fica mais fácil de localizar outras pessoas que estão participando e ler o jornalzinho do outro para conhecer novos escritores e suas histórias.


Fanfic: Metanarrativa

O que levou você a escrever essa fic?
Homenagear as autoras que mais gosto focando nas características que admiro na escrita delas e que as tornam únicas.
Gosto muito de todas elas e em outras oportunidades (O demolidor, Contrato, Eu te amo) já escrevi fics de presente, a diferença é que o foco dessa é principalmente a autora.

Como tirou inspiração para escrever essa fic?
Da característica que mais gosto ou mais me marca. Por exemplo, Animals é uma história muito importante para mim, foquei nesse aspecto (a capacidade de gerar identificação); a @combatLover é muito versátil então o fio condutor foi a escrita em si, e a @ackermanns tem uma ligação muito bonita com Pernambuco além de se destacar por ser muito boa no drama e trabalhar situações mais cotidianas. A partir disso, escrevo.

Quais dificuldades você teve para escrever essa história?
Nesses casos não tenho, consigo transformar com facilidade meus pensamentos ou sentimentos em escrita.

Qual a parte favorita da história?
Os comentários que acabam sendo uma sessão estendida de homenagem, em especial os da @descansoul.

Alguma curiosidade que queira contar sobre a fic?
Era para ser apenas o primeiro capítulo, mas conforme fui conhecendo mais trabalhos delas e admirando mais, quis incluir (não escrevi outra porque acho o título Metanarrativa apropriado).


Fanfic: Kink

O que levou você a escrever essa fic?
Vontade de explorar aspectos fetichistas de forma natural, como parte da vida sexual de pessoas adultas, responsáveis, que consentem, respeitam e gostam dos envolvidos. É comum encontrar conteúdo fetichista abusivo e nada saudável e me incomodava muito como era comum comentarem surpresos nas minhas fics sobre como o Levi era cuidadoso.
Quis escrever algo que evidenciasse que isso não é plus, é o mínimo. Qualquer relação, incluindo as casuais, demandam respeito, afeto e responsabilidade entre as partes.

Como tirou inspiração para escrever essa fic?
Experiências que passei e/ou gostaria de passar, e um capítulo em especial de uma conversa com uma amiga que gosta da prática.

Quais dificuldades você teve para escrever essa história?
Não foi exatamente uma dificuldade, mas relia várias vezes e tentava deixar explícito questões de consentimento, segurança, respeito, responsabilidade, intimidade, afeto não só durante as práticas em si mas também na amizade entre eles, principalmente entre o Levi e o Armin que se conheciam há pouco tempo e ainda estavam construindo essa relação de confiança e intimidade.
Alguns leitores se aborreceram com o Levi sempre tão reticente mas foi proposital tanto porque abrir esse tipo de diálogo em um relacionamento demanda muita conversa, vontade mútua e cuidado com os próprios sentimentos e da parceira, mas também para mostrar que diante da hesitação o melhor é esperar, pensar melhor e conversar ainda mais, e é o que eles fizeram em alguns momentos.

Qual a parte favorita da história?
O primeiro e o último capítulos, e basicamente todas as partes em que ponderavam sobre como isso poderia afetá-los tanto pessoalmente quanto na dinâmica da relação.

Alguma curiosidade que queira contar sobre a fic?
Sempre me irrita como gostam tanto do Armin porque ele foi pensado para ser um personagem secundário, apenas um apoio didático para explicar o que eu desejava deixar claro aos leitores. Não é um personagem que deveria ter crescido tanto, e detesto quando as coisas saem do meu controle.
É engraçado também que tinham muita expectativa de rolar um quadrisal, decepcionei os leitores com a relação entre o Levi e o Armin se restringir à amizade.


Fanfic: Profiler

O que levou você a escrever essa fic?
Gosto do Nanami, é o tipo de personagem com o qual me identifico e sobre o qual gosto de escrever. O Mahito é um personagem muito interessante e que pode ser trabalhado de diversas formas, quis explorar essas possibilidades.

Como tirou inspiração para escrever essa fic?
O último diálogo entre eles e algumas das últimas considerações do Nanami.

Quais dificuldades você teve para escrever essa história?
Ainda tenho: é difícil escrever fics longas que precisem de planejamento.

Qual a parte favorita da história?
A conversa entre ele e Iori e as considerações dele a respeito dessa amizade. As conversas dele com o Mahito.

Alguma curiosidade que queira contar sobre a fic?
Sempre que escrevo divago muito e preciso me atentar à história que quero contar, e muitas vezes corto pedaços inteiros de ponderações desnecessárias ou citações filosóficas que não cabem no decorrer do enredo. É a fic em que mais sou prolixo se não tomar cuidado.
Algumas pessoas interpretaram que existiria algum interesse romântico entre os dois ou no mínimo uma tensão sexual e essa nunca foi minha intenção: existe sim uma tensão mas é sobre um choque intelectual e de valores. O Mahito representa para o Nanami uma provocação na forma de ver o mundo e se posicionar nele.


Fanfic: Ouija

O que levou você a escrever essa fic?
Me desafiar a escrever um gênero diferente.

Como tirou inspiração para escrever essa fic?
Tentar criar um final aberto. Falhei de novo, mas um dia consigo!

Quais dificuldades você teve para escrever essa história?
Geralmente me projeto muito no que escrevo e me apoio em experiências, questões ou problemas pessoais, mas essa não me permitiu isso então foi um dos primeiros trabalhos unicamente criativos que publiquei.
Foi especialmente difícil compor o Levi devido à essa dificuldade e acredito que deveria ter desenvolvido mais a história.

Qual a parte favorita da história?
O final.

Alguma curiosidade que queira contar sobre a fic?
Nenhuma.


As histórias que você mais gostou de escrever são:
Dia dos mortos, Moira, Metanarrativa, Gênio, Família, todas as originais.

Eis os escritores que eu indico:
Obediência, @anylady.

Permalink Comentários (2)

[20/09/2021] Jornal de indicações

[14/09/2021] TAG entrevistando o escritor (domAckerman)

[07/06/2021] Conhecendo meu eu escritor


Atualizações do Usuário

Usuário: domAckerman
Ótimo lema de vida, tenho tentado adotar.
Usuário: domAckerman
Vi uma kokedama de amora e quero aprender a fazer mesmo com minha intuição gritando o fracasso sujo e bagunceiro que será.
Usuário: domAckerman
@Faey isso já me aconteceu, foi muito vívido, tátil mesmo. E até nisso fui sacaneado porque já que era pra me deixar ter um sonho assim que pelo menos fosse com a pessoa certa ksaskaskask
Usuário: domAckerman
A pior coisa que tem é precisar lidar com equipe interna do cliente que está lá há dez anos sem se atualizar, sem estudar, sem evoluir.
Só servem pra dizer não pra tudo e lutar pelo direito de continuarem obsoletos.
Usuário: domAckerman
Briguem pelo Nanami! Briguem, por quê vocês não brigam? Vocês sabem brigar?
(@descansoul você criou um monstrou)