Fanfics de Jogos Vorazes (The Hunger Games)

Ser leitor da depressão! escrita por Rafa_Rodriguez

Fanfic / Fanfiction Ser leitor da depressão!
Em andamento
Capítulos 9
Palavras 8.812
Atualizada
Idioma Português
Categorias 50 Tons de Cinza, Agents of S.H.I.E.L.D., Arlequina (Harley Quinn), Arrow, As Crônicas De Gelo e Fogo (Game of Thrones), As Provações de Apolo (The Trials of Apollo), Batman, Capitão América, Ciclo Da Herança, Deadpool, Death Note, Divergente, Drácula, Eragon, Esquadrão Suicida, FlashForward, Frankenstein, Friends, Gavião Arqueiro, Gossip Girl, Grey's Anatomy, Harry Potter, Hércules, Homem de Ferro (Iron Man), Homem-Aranha, ICarly, Jogos Mortais, Jogos Vorazes (The Hunger Games), Jurassic Park, La Casa de Papel, Legends of Tomorrow, Liga da Justiça, Lucifer, Magnus Chase e os Deuses de Asgard, Mulher Maravilha (Wonder Woman), O Hobbit, Once Upon a Time, Once Upon a Time in Wonderland, Os 13 Porquês (13 Reasons Why), Os Heróis do Olimpo, Os Irmãos Grimm, Percy Jackson & os Olimpianos, Power Rangers no Espaço, Power Rangers Turbo, Rebelde, Robin Hood, Romeu e Julieta, Sam & Cat, Sense8, Shadowhunters, Sherlock, Sherlock Holmes, Star Trek (Jornada nas Estrelas), Star Wars, Stranger Things, Supergirl, Supernatural, Teen Wolf, The Big Bang Theory, The Flash, The Originals, The Walking Dead, Thor, Viúva-Negra (Black Widow), Wolverine, X-Men
Gêneros Crossover, Romance e Novela, Saga
Livros, acredito que seja a paixão de muitos; séries de sucesso, cativantes e que alguns até mesmo idolatram.
Eu sou assim, quase uma viciada.

Mas combinemos, ser fã não é achar tudo maravilhoso, é continuar acompanhando mesmo com os erros, defeitos e partes chatas. Nada é perfeito.

Autores nos fazem rir, chorar, sofrer e ficar nervosos. E por que não falar deles? De todas as séries de livros, fanfics e até mesmo adaptações e crossovers péssimos e incríveis.

Uma fanfic completamente dedicada ao universo literário, de séries, de filmes e tudo mais que surgir na caixinha de surpresas que eu chamo de cabeça.

Seja bem vindo a: "Ser leitor da depressão". E cuidado, isso é quase uma verdade.
  • 59
  • 76

The Hunger Games - INTERATIVA escrita por Bl4ckRos3e

Fanfic / Fanfiction The Hunger Games - INTERATIVA
Em andamento
Capítulos 2
Palavras 438
Atualizada
Idioma Português
Categorias Jogos Vorazes (The Hunger Games)
Gêneros Ação, Crossover, Drama (Tragédia), Luta, Romance e Novela, Universo Alternativo, Violência
“Do tratado de traição.
Como punição pela revolta,
cada um dos 13 distritos.
devem providenciar um garoto e
uma garota de idade entre 12 a
18 anos para a colheita.
Esses tributos ficaram sob
custódia da capital e serão
transferidos para a arena, onde
lutarão até a morte, até que rest
apenas um vitorioso, de agora em
diante, e para sempre, este
campeonato será conhecido
como: Jogos Vorazes"

⚠VAGAS ABERTAS ⚠

00/12 meninas 00/12 meninos
  • 26
  • 16

O Sol em meio à tempestade escrita por nsbenzo

Fanfic / Fanfiction O Sol em meio à tempestade
Em andamento
Capítulos 75
Palavras 221.784
Atualizada
Idioma Português
Categorias Jogos Vorazes (The Hunger Games)
Gêneros Romance e Novela, Universo Alternativo
Katniss Everdeen. Uma garota fechada para o mundo e para as pessoas que a cercavam. Uma garota com uma vida difícil. Uma garota com um sonho. E acima de tudo, uma garota que, apesar de todas as barreiras, decidiu seguir o que seu coração mandava. Porém nem tudo seria maravilhoso, e isso ela tinha em mente.
“Dar aula era um sonho que eu tinha desde menina, e apesar do problema financeiro que tínhamos há anos, foi algo que minha família sempre me apoiou para concretiza-lo. Porém eu estava amedrontada demais para comemorar essa conquista.
Mais ainda pelo fato de estar falando há mais de meia hora sobre literatura e sua origem, e a classe toda parecer não estar no mesmo lugar que eu. Eu realmente não sabia como lidar com meus alunos, e eles não pareciam querer aprender a lidar comigo.”

O que ela não esperava é que no meio de tantas adversidades conheceria alguém que, sem ao menos tentar, mudaria completamente sua forma de ver as coisas, apenas pelo jeito diferente que ele via a vida.
“– Regra número um. Se achar necessário, grite com eles. – Peeta disse escrevendo no quadro negro com o giz que ele segurava. – Eles precisam se sentir intimidados. – completou, virando em minha direção.
Eu o observava, com as sobrancelhas ligeiramente unidas.
– Você sabe que não sei gritar com ninguém. – torci o nariz, batendo a ponta do lápis em meu caderno.
– Regra número dois. – ele ficou de costas para mim novamente, voltando a escrever no quadro negro. – Aprenda a gritar.”

Katniss não tinha ideia do quão crucial seria a permanência de Peeta Mellark em sua vida, e só soube daquilo, no momento em que ela mais precisou se libertar dos sentimentos ruins que a assombraram durante tantos anos.
“– Eu te disse que quando quisesse ficar sozinha, poderia ficar sozinha ao meu lado. – Peeta disse assim que abri a porta. Seus braços rodearam minha cintura, puxando-me pra fora do apartamento, enquanto ele me aninhava contra seu peito. – Eu não preciso que você me fale nada. Eu só quero cuidar de você.
Meu rosto estava escondido contra sua camisa branca, e ali eu fiquei por alguns segundos, antes de finalmente erguer meus olhos inchados por culpa do choro, para olha-lo.
– Na verdade, eu quero conversar. – murmurei mordiscando o lábio inferior nervosamente.
– Então eu estou aqui para ouvir. – Peeta abriu um de seus sorrisos tortos.”

E foi a partir dali que ela soube.
“– Você é como se fosse um sol em meio à tempestade. – falei baixo, erguendo a cabeça de seu peito para olha-lo.
Peeta sorrio, parando sua mão na base da minha coluna.
– Como assim? – questionou curioso.
– Minha vida sempre esteve em uma constante tempestade. – comecei a explicar. – Você foi o sol que surgiu no meio dela, trazendo mais alegria para a minha vida. – conclui, sentindo as bochechas esquentarem.
Seu sorriso se alargou, enquanto sua mão voltava a acariciar minhas costas.
– Se é assim que você me vê, é assim que continuarei tentando ser. – ele repousou seus lábios contra minha testa.”

Era com isso que Katniss contava. E ela torcia para que nada fosse capaz de tirar o radiante sol que Peeta Mellark se tornara em meio a sua tempestade particular.
  • 201
  • 797

Love on the brain escrita por Mellarkisses

Fanfic / Fanfiction Love on the brain
Em andamento
Capítulos 1
Palavras 1.476
Atualizada
Idioma Português
Categorias Jogos Vorazes (The Hunger Games)
Gêneros Comédia, Romance e Novela
Ele foi estranhamente sincero sobre seus desejos e sentimentos. Deixou claro que não pretendia entrar em um relacionamento sério agora. Me avisou para não sonhar com um conto de fadas, porque de príncipe encantando, ele não tinha nada.
O único problema nisso tudo, é que eu não soube escutar.
  • 18
  • 8

We Are The Shadows escrita por rafs_moura

Fanfic / Fanfiction We Are The Shadows
Em andamento
Capítulos 2
Palavras 1.669
Atualizada
Idioma Português
Categorias Jogos Vorazes (The Hunger Games), Os Instrumentos Mortais
Gêneros Ação, Comédia, Crossover, Ecchi, Fantasia, Ficção, Hentai, Lemon, LGBT, Luta, Magia, Romance e Novela, Saga, Sobrenatural, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Essa é a história de Rafaela Ashburn no Mundo Das Sombras. Junto aos seus amigos, Isabella, Liam, Kauessa, Laura, Laís e Gabriela, esperam a chegada de uma nova integrante no Instituto de São Paulo. Será que a novata irá causar problemas?
  • 2
  • 3

The Queen Of Broken Heart escrita por Mrs_Queen e Leksa-Debnam

Fanfic / Fanfiction The Queen Of Broken Heart
Em andamento
Capítulos 21
Palavras 55.744
Atualizada
Idioma Português
Categorias Jogos Vorazes (The Hunger Games)
Gêneros Hentai, Romance e Novela
Peeta Mellark é um garoto comum como qualquer outro, estudante de Direito em Los Angeles e de poucos amigos, entre eles, Finnick Odair.

Os problemas de Peeta começam quando a pizzaria em que ele trabalha fecha, o deixando desempregando e pior, correndo o risco de perder sua vaga na faculdade.

Então, quando suas esperanças já desapareceram, eis que surge uma luz no fim do túnel. A vaga na mansão Everdeen, como guarda-costas de Katniss Everdeen.


"- Você sobe as escadas e então... - Costia para de falar no mesmo instante, obtendo uma fisionomia estranha.

- Costia? Você está bem?

Ela não responde e vejo seu olhar apontando para algo atrás de mim, e ao me virar percebo não ser "algo" e sim, alguém.

Ela era com toda a certeza, uma das mulheres mais belas que eu já havia visto.

O rosto perfeito fora a primeira coisa que eu notei; tinha olhos cinzentos de uma beleza estonteante, marcados por uma maquiagem forte. Os lábios eram do tamanho perfeito para ela, apesar de estarem em uma linha reta, deixando seu rosto inexpressivo.

A segunda coisa que me chamara atenção foram seus cabelos negros, presos em um coque perfeito. Eles faziam um perfeito contraste com a sua pele branca.

Por último - mas não menos importante - seu corpo estava coberto por roupas sociais, que não combinavam em nada com as curvas que ela tinha. Nos pés, um salto.

Ela era a típica milionária que era casada com um marido velho, ausente, e que lhe metia um belo par de chifres, enquanto ela ocupava o tempo que não usava dormindo, cuidando da empresa do marido.

- Você deve ser o novo empregado. O guarda costas. Espero que dure mais do que os outros empregados. Vamos, tenho uma reunião agora. - Sua voz era suave, porém carregada de frieza.

- Mas...

Tento dizer, mas ela já havia saído pela porta da frente desfilando de um jeito que me deixa bobo, e não tenho outra opção se não seguí-la."










"- Se você acha que o que tivemos foi importante, problema seu. Não significou nada para mim. - Suas palavras são como lanças, dilacerando a minha alma.

- Você está mentindo. Você está mentindo. - Repito a mim mesmo, tentando fazer as palavras entrarem na minha cabeça, e talvez, com sorte, na sua.

- Senhor Mellark, eu estou o expulsando da minha casa e da minha vida, para o mais longe possível. - Ela junta as mãos em cima da mesa, ainda sem desviar os olhos do computador. - Se possível, eu desejo nunca mais vê-lo."
  • 70
  • 271

Give me love, please escrita por Mellarkisses

Fanfic / Fanfiction Give me love, please
Terminada
Capítulos 46
Palavras 88.893
Atualizada
Idioma Português
Categorias Jogos Vorazes (The Hunger Games)
Gêneros Comédia, Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Amá-lo, era como dirigir um Maserati novo numa rua sem saída. Mais rápido que o vento, apaixonante como o pecado.
Amá-lo, era como tentar mudar de ideia uma vez que você já está caindo em queda livre. Como as cores no outono, tão fortes antes de esmaecerem.
Esquecê-lo, era como tentar saber sobre alguém que nunca conheci.
Tocá-lo, foi como perceber que tudo o que eu queria estava na minha frente o tempo inteiro.
Memorizá-lo, era tão fácil quanto saber todas as palavras da sua velha canção favorita.
Brigar com ele, era como tentar resolver palavras-cruzadas, e perceber que não há resposta certa.
Lamentar por ele, era como desejar que você nunca tivesse descoberto que o amor pudesse ser tão forte.
Peeta Mellark e Katniss Everdeen em:
Give me love, please.
Dê-me amor, por favor.
  • 118
  • 624

I hate you, I love you escrita por sahhelena

Fanfic / Fanfiction I hate you, I love you
Em andamento
Capítulos 1
Palavras 2.620
Atualizada
Idioma Português
Categorias Jogos Vorazes (The Hunger Games)
Gêneros Drama (Tragédia), Ficção, Ficção Adolescente, Hentai, Romance e Novela
É estúpido amar alguém como você.
Mas como o velho ditado diz: “o amor é cego, surdo e mudo”.
  • 7
  • 4

Lucky day escrita por IsabelaMellark

Fanfic / Fanfiction Lucky day
Em andamento
Capítulos 3
Palavras 6.869
Atualizada
Idioma Português
Categorias Jogos Vorazes (The Hunger Games)
Gêneros Comédia, Famí­lia, Ficção Adolescente, Literatura Feminina, Romance e Novela, Universo Alternativo
Dia de sorte ou dia de azar?

Katniss Everdeen. Uma jovem romântica, batalhadora e cheia de sonhos. Está se sentindo com sorte, pois foi contratada por um dos mais conceituados escritórios de advocacia do país, para atuar na área em que se especializou: Psicologia forense.
Ela está preocupada apenas em evitar esbarrar com o mais detestável dos advogados, por quem nutria um carinho especial na época da escola, mas com quem se decepcionou profundamente, num dos momentos mais difíceis de sua vida.

Mal sabe Katniss que ele não é apenas mais um dos advogados, mas sim um dos sócios que comanda a corporação.

Peeta Mellark é um bem sucedido advogado, conhecido por ser o queridinho das celebridades, e mantém um casamento de aparências com Glimmer Rambin, atriz em ascensão.
Ele está se sentindo com sorte, pois o departamento de Recursos Humanos acaba de recrutar a menina por quem ele se apaixonou no colegial e que, no passado, foi embora da cidade sem nem ao menos se despedir dele.

Vazio. Superficial. Vaidoso. Arrogante. Frio. Calculista. Interesseiro.
É assim que ela o enxerga.

Doce. Generosa. Simples. Ingênua. Sem ambições. Pura.
É assim que ele a vê.

No entanto, cada um deles tem mais facetas do que o outro imaginaria.

Será mesmo esse um dia de sorte para os dois?

Capa: Belrapunzel/CristabelFraser

CONTÉM SPOILERS DA TRILOGIA JOGOS VORAZES.
Alguns dos personagens e fatos são de propriedade da autora Suzanne Collins.
PLÁGIO É CRIME.
OBS: As imagens utilizadas na capa e nos banners dos capítulos foram obtidas em pesquisa no Google e não tenho nenhum direito sobre elas.
  • 16
  • 13

Forever By Your Side escrita por nsbenzo e Mellarkisses

Fanfic / Fanfiction Forever By Your Side
Em andamento
Capítulos 12
Palavras 27.536
Atualizada
Idioma Português
Categorias Jogos Vorazes (The Hunger Games)
Gêneros Romance e Novela
Meu nome é Peeta Mellark, e eu vou contar a história de como conheci a garota que mudou a minha vida.
Talvez você ria, chore e até se irrite com algumas situações, mas no final, eu garanto que irá se apaixonar. Se apaixonar como eu me apaixonei.
Essa história contém excesso de romance, uma grande pitada de humor, um casal apaixonado, e uma pessoa que nunca soube perder.
O aviso foi dado.
Daqui pra frente, você estará lendo por sua conta e risco.
Então, se ainda quer prosseguir, acomode-se, pegue uma bebida, pois pretendo contar cada detalhe.
  • 73
  • 163