1. Spirit Fanfics >
  2. Membros >
  3. YourBitch-Chan >
  4. Favoritos >
  5. Histórias

YourBitch-Chan - Histórias Favoritas

26 favoritos

Meu Querido John

escrita por Angeljtk
Fanfic / Fanfiction Meu Querido John
Em andamento
Capítulos 15
Palavras 39.793
Atualizada
Idioma Português
Categorias Outlander
Gêneros Drama / Tragédia, Fantasia, Gay / Yaoi, Literatura Erótica, Romântico / Shoujo
Alexei é um jovem que tem uma simples mas boa vida, ele tem amigos fieis, uma mãe que não vê a hora dele arrumar uma namorada e um pai que apenas o aceita como ele é, apesar dele mesmo não saber o que ele é ou como deveria ser.
Ele e seus amigos ganham uma viagem onde um de seus destino é a Escócia, e é lá que Alexei vai descobrir quem ele é, só que ele vai aceitar o que o destino reserva para ele ou ele vai desistir de sua felicidade e voltar para aquilo que é conhecido e seguro?
Espero que gostem.
  • 14
  • 25

Pai

escrita por Pineapplee
Fanfic / Fanfiction Pai
Concluído
Capítulos 1
Palavras 6.551
Atualizada
Idioma Português
Categorias Sherlock
Gêneros Drama / Tragédia, Famí­lia
O que tende a acontecer quando você convive com a filha do seu melhor amigo por tanto tempo? Quando você a vê dar os primeiros passos e dizer as primeiras palavras? Quando cuida dela desde sempre?

A resposta para essas perguntas é que, em algum momento, ela provavelmente começará a vê-lo como uma figura paterna. E talvez, ela comece a querer chamá-lo de pai. É um raciocínio bem lógico, pra falar a verdade.

E é exatamente essa a situação que ocorre Sherlock, mas ele não pensava que isso fosse realmente acontecer um dia, e quase não percebe a primeira vez em que Rosie o chama de pai. Quase.
  • 579
  • 44

Nativo

escrita por KaoruUrameshi
Fanfic / Fanfiction Nativo
Concluído
Capítulos 1
Palavras 423
Atualizada
Idioma Português
Categorias Histórias Originais
Gêneros Conto
Terra de Siena queimada. Essa era a cor do pequeno e da qual jazia severamente destacada pela pintura carmesim que realçava o olhar sério, quase metálico, de um guerreiro proeminente. A lança em punho não mentia, tampouco a certeza de que habitava no olhar escuro, tal qual o açaí recém colhido, de que um peixe, aquele dia, ele pegaria.
  • 81
  • 13

I'll be fine one day

escrita por AlwaysandForeverFrost
Fanfic / Fanfiction I'll be fine one day
Em andamento
Capítulos 12
Palavras 32.928
Atualizada
Idioma Português
Categorias Arrow, Supergirl, The Flash
Gêneros Aventura, Drama / Tragédia, Famí­lia, Literatura Feminina, Romântico / Shoujo
Caitlin sofre de uma doença em seus ossos que a impede de se locomover direito, tudo devido a um trauma de infância que a assombra até hoje. Seu namorado cuja pessoa era importante para ela, acaba de terminar o namoro. Caitlin se sente sozinha e desamparada e acredita que nunca mais vai conhecer o amor. Isso até conhecer Barry...
  • 48
  • 59

Rebola, Jeongguk!

escrita por tehvoir e rkivst
Fanfic / Fanfiction Rebola, Jeongguk!
Concluído
Capítulos 3
Palavras 1.974
Atualizada
Idioma Português
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Gêneros Comédia, Ficção, Gay / Yaoi, Romântico / Shoujo, Universo Alternativo
Jimin estava chateado com Jungkook e havia apenas uma única coisa que pudesse desfazer aquele bico emburrado nos lábios do mais velho.

E Park sabia muito bem como.

— Se você quer me ver feliz vai ter que rebolar, Jeongguk!

jjk + pjm • comédia
  • 42
  • 11

O Jogo Da Rebeldia - Kim TaeHyung

escrita por QueenSkarsgard e DarlingVanQueen
Fanfic / Fanfiction O Jogo Da Rebeldia - Kim TaeHyung
Em andamento
Capítulos 1
Palavras 2.682
Atualizada
Idioma Português
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Gêneros Ação, Aventura, Comédia, Drama / Tragédia, Esporte, Famí­lia, Ficção Adolescente, Literatura Erótica, Literatura Feminina, Luta, Policial, Romântico / Shoujo, Suspense, Terror e Horror, Tragicomédia, Universo Alternativo
“— Eu realmente não podia ter confiado naquele hipócrita! Me deixando ser iludida por aquelas malditas palavras eu fui totalmente idiota ao ser dele! Mas eu aprendi com esse grande erro, e superei tudo que tinha de superar: As afirmações de amor eterno e seu companheirismo foram às travessuras mais cruéis que ele poderia fazer contra mim. E eu não o perdôo...!”
  • 66
  • 10

A Privilegiada Da Coisa - IT, A Coisa

escrita por DarlingVanQueen
Fanfic / Fanfiction A Privilegiada Da Coisa - IT, A Coisa
Em andamento
Capítulos 2
Palavras 6.278
Atualizada
Idioma Português
Categorias Bill Skarsgård, Deixe-me Entrar, Hemlock Grove, It: A Coisa
Gêneros Ação, Aventura, Comédia, Conto, Drama / Tragédia, Esporte, Fábula, Famí­lia, Fantasia, Ficção Adolescente, Literatura Erótica, Literatura Feminina, Luta, Magia / Misticismo, Mistério, Policial, Romântico / Shoujo, Saga, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Tragicomédia, Universo Alternativo
Sinopse Da Fanfic: “A Privilegiada Da Coisa - IT, A Coisa”

Derry, uma cidadezinha focada em vários desaparecimentos constantes têm uma terrível história por trás de todos os horrores que ali acontece, tendo sua história facilmente desvendada por alguns moradores do local que além de terem o azar de irem mais a fundo em como tudo havia começado, também tem a infelicidade de sofrerem com situações paranormais que eram efetuadas por um estranho palhaço.

Bill Denbrough ainda sofria muito com a perda de seu irmão mais novo, Georgie. Seu maior tormento nisso tudo era pensar que outra pessoa poderia cair nas garras fatais de Pennywise, – IT, A Coisa, o ser maligno que tem ligação à cidade de Derry e aos desaparecimentos dos jovens –, o mesmo ser que estava sendo o responsável por tudo de ruim que acontecia ao grupo.

O palhaço queria Bill, ele finalizou a vida do irmão do garoto pensando em como atrairia sua atenção a ele. A estratégia de IT funcionou perfeitamente, pois Bill começou a ver esse palhaço como uma obsessão em sua vida, sempre pensando em como exterminar aquele palhaço o impossibilitando até mesmo de voltar à existir em outras ocasiões. Assim conseguindo vingar a morte de Georgie da mesma forma que IT a tirou.

Vanessa Rios, prima mais nova de Beverly Marsh, nunca viveu naquela cidade permanentemente, sempre indo visitar seus familiares em alguns verões ocasionais. Quando criança, a garota passou por uma experiência que no momento a deixou muito empolgada pra revivê-lo outra vez. Com 4 anos de idade, Vanessa teve uma vivência única quando ficou cara a cara com aquela coisa mágica e perigosa sem ter o azar de sofrer alguma maldade feita por ele.

A Coisa a poupou, apenas descidindo começar uma conversa com aquela jovem e curiosa criança que surpreendentemente não se assustou com ele, ou com suas tentativas em assustá-la. A garota não sentia medo dele, e por alguma razão ele não se sentia mau, já que ele temia que alguma criança não acreditasse na sua existência por essa reação poder enfraquecê-lo muito.

Anos se passaram e a jovem cresceu muito. Quando IT descobre que a mesma voltou a visitar Derry, imediatamente pensa em revê-la para se certificar de que a imunidade que antes ele sentia do medo dela, (quando ela ainda era uma criança indefesa), ainda continuava intacto mesmo depois dos anos que se passaram dês da última vez que ele viu aquela garota pela sua primeira vez.

Ter uma única criança que não sentia medo de si no fundo foi um privilégio imensurável, pois Vanessa foi a primeira que naturalmente conversou com Pennywise sem medo da sua aparência e tratando-o como o seu melhor amigo durante os anos em que ainda tinha a lembrança dele na mente, uma lembrança que estava sendo naturalmente esquecida devido ao seu crescimento, mas que consequentemente será trazia à sua memória assim que tiver um novo diálogo com IT.
  • 98
  • 40

I Said...Yes!

escrita por AlwaysandForeverFrost
Fanfic / Fanfiction I Said...Yes!
Em andamento
Capítulos 7
Palavras 16.652
Atualizada
Idioma Português
Categorias Arrow, Supergirl, The Flash
Gêneros Comédia, Literatura Feminina, Romântico / Shoujo, Universo Alternativo
Após a despedida de solteira de sua melhor amiga, Caitlin Snow acorda com a pior ressaca do mundo, sua cabeça parecia que ia explodir. Além de estar em um lugar totalmente desconhecido, ao seu lado há um estranho lindo, sensual e misterioso… marido? Até agora, arrumar um namorado havia sido praticamente impossível para ela. Ainda que tentasse, conquistava apenas um coração partido e uma péssima lembrança. Mas depois de alguns martínis e muita tequila na noite passada, agora ela se via casada… Caitlin precisava de um advogado o mais depressa possível. Mas para a sua surpresa, seu marido não queria aceitar o divórcio!
  • 26
  • 24