1. Spirit Fanfics >
  2. Histórias Originais

Fanfics de Histórias Originais com o gênero Lírica / Poesia

Gripe

escrita por MinMei
Fanfic / Fanfiction Gripe
Concluído
Capítulos 1
Palavras 100
Atualizada
Idioma Português
Categorias Histórias Originais
Gêneros Drabs, Drabble, Droubble (Minicontos), Lírica / Poesia
Estou com frio, mesmo sentindo a febre queimar-me o peito. Como posso viver com este meio termo?
  • 8.302
  • 385

Me disseram que poetas sangram poesia

escrita por meldysama
Fanfic / Fanfiction Me disseram que poetas sangram poesia
Concluído
Capítulos 1
Palavras 97
Atualizada
Idioma Português
Categorias Histórias Originais
Gêneros Drabs, Drabble, Droubble (Minicontos), Drama / Tragédia, Lírica / Poesia
há muito tempo me disseram que poetas sangram poesia, e eu resolvi pensar sobre isso.
  • 2.386
  • 141

Me ouça

escrita por silenciei
Fanfic / Fanfiction Me ouça
Concluído
Capítulos 2
Palavras 264
Atualizada
Idioma Português
Categorias Histórias Originais
Gêneros Lírica / Poesia
mãe, o meu tormento diário é conviver em sociedade.

angst ! social phobia
  • 2.018
  • 59

Você é a minha eternidade

escrita por aebora
Fanfic / Fanfiction Você é a minha eternidade
Concluído
Capítulos 2
Palavras 1.824
Atualizada
Idioma Português
Categorias Histórias Originais
Gêneros Drama / Tragédia, Famí­lia, Fantasia, LGBTQIAPN+, Lírica / Poesia, Romântico / Shoujo
Eu posso ser apenas um personagem em um pedaço de papel, mas meu amor é real.
Você que me lê agora, saiba que eu me apaixonei por você. Eu te amo eternamente.
  • 1.756
  • 209

Deixe-me contar o que sonhei, Alice

escrita por littlefoxx
Fanfic / Fanfiction Deixe-me contar o que sonhei, Alice
Concluído
Capítulos 1
Palavras 148
Atualizada
Idioma Português
Categorias Histórias Originais
Gêneros Lírica / Poesia, Magia / Misticismo
"Sonhei com o nascer do universo na noite passada. Nunca pensei muito sobre o assunto, mas confesso que fiquei reflexivo."
  • 1.743
  • 138

Cosmos

escrita por sypha
Fanfic / Fanfiction Cosmos
Concluído
Capítulos 1
Palavras 402
Atualizada
Idioma Português
Categorias Histórias Originais
Gêneros Ficção, Lésbica / Yuri, Lírica / Poesia, Magia / Misticismo
Elas iam do preto ao azul, indo da vida a morte. Duas opostas chamadas Astral e Cora, que coexistiam e alimentavam uma à outra.

[universo pessoal]
  • 1.243
  • 85

Árvores

escrita por americadontcry
Fanfic / Fanfiction Árvores
Concluído
Capítulos 1
Palavras 1.180
Atualizada
Idioma Português
Categorias Histórias Originais
Gêneros Drama / Tragédia, Lírica / Poesia, Romântico / Shoujo
A detalhada descrição de uma atividade que eu amo, não apenas pelo que é, mas por quem a executa.
  • 1.135
  • 78

Espero que você não se importe

escrita por Super-nova
Fanfic / Fanfiction Espero que você não se importe
Concluído
Capítulos 1
Palavras 220
Atualizada
Idioma Português
Categorias Histórias Originais
Gêneros Drabs, Drabble, Droubble (Minicontos), Lírica / Poesia
Se eu ficar apesar da sua passagem.
Se eu respirar a revelia da sua atmosfera.
Se eu viver além do seu caos.

Espero que você não se importe.

  • 1.126
  • 98

Tudo significa nada

escrita por s5atan
Fanfic / Fanfiction Tudo significa nada
Concluído
Capítulos 1
Palavras 383
Atualizada
Idioma Português
Categorias Histórias Originais
Gêneros Drabs, Drabble, Droubble (Minicontos), Drama / Tragédia, Lírica / Poesia
Aqui estamos nós, olhando ao redor, tentando encontrar as respostas de nossas perguntas.
  • 1.094
  • 91

"Os opostos se atraem?" - Livro 1

escrita por Garota_em_Preto_e_Branco
Fanfic / Fanfiction "Os opostos se atraem?" - Livro 1
Concluído
Capítulos 71
Palavras 58.084
Atualizada
Idioma Português
Categorias Histórias Originais
Gêneros Ação, Comédia, Drama / Tragédia, Famí­lia, Ficção Adolescente, Gay / Yaoi, Lírica / Poesia, Musical (Songfic), Policial, Saga
O que faria se você conhecesse um garoto lindo? Porém, completamente o seu oposto, meio mal educado, e, no seu ponto de vista, só se importa consigo mesmo? O que faria se você se aproximasse demais desse garoto e descobrisse o horrível passado que tem atrás dele? E se algo horrível acontecesse com você, e o seu único refúgio fosse esse garoto?
Foi exatamente isso que aconteceu com Melissa, uma garota normal de 16 anos, que já no seu primeiro dia no colégio novo, conhece Gabriel, um "garoto-rock", 17 anos, quieto e fechado em seu mundo. Melissa, uma pessoa curiosa, faz de tudo para saber mais sobre esse garoto. Por que ele era tão quieto? Por que sua família não morava na mesma cidade? Por que ele era emancipado? Conforme o tempo passa, Melissa vai descobrindo coisas horríveis sobre o passado e sobre o próprio Gabriel. Coisas que ela preferia não ter descoberto.
Mas já era tarde demais, ela estava envolvida demais para sequer pensar em se afastar. E agora? Ela ouvirá a razão, que a manda correr para longe desse garoto que escreve poemas e músicas com facilidade, ou ouvirá o coração, que grita para que ela se entregue?

"Eles brigam, batem a porta na cara do outro e ficam sem se falar. Mas os dois voltam. Eles sempre voltam, porque ela pertence a ele e vice-versa. Eles são um do outro e ninguém consegue tirar. São uma espécie de casal de namorados, e melhores amigos, que brincam e brigam. Que uma hora estão bem e na outra não estão nada bem. Sabe a frase "Os opostos se atraem"? Se encaixa perfeitamente para os dois." -

~ comentário escrito por uma das minhas leitoras favoritas, ~Ingrid_Kailane
  • 976
  • 1.276