1. Spirit Fanfics >
  2. Árvores

História Árvores


Escrita por:


Fanfic / Fanfiction Árvores
Sinopse:
A detalhada descrição de uma atividade que eu amo, não apenas pelo que é, mas por quem a executa.
Destacado em 05/04/2020 por @3tangfei
Esta história é interessante e surpreendente por vários motivos.
Primeiramente, como PhD. em subir em árvores quando criança, foi impossível não reviver momentos tão distantes. Percebi-me como o descrito pela narrativa, o ventinho característico da minha cidade natal pareceu passar por mim novamente e refrescar esses dias, que têm sido quentes enfurnada dentro de casa. Foi uma forma rápida de me reconectar com a natureza enquanto estou respeitando a quarentena e vivendo entre paredes de concreto apenas. Eu vivi não só a experiência do protagonista como, em certo momento, enxerguei pelos olhos de narrador tão apaixonado.
Foi impossível não dar um sorrisinho bobo e apaixonado (com todo o respeito).
Parabéns à autora e a sua fonte de inspiração.
Amar incondicionalmente, de forma tão pura, é uma dádiva vivida por muitos e vivida por poucos. Muitos são os apaixonados, talvez poucos o que se entregam de corpo e alma. Principalmente de alma.
E essa história não é apenas uma história apaixonante; é a arte em sua forma mais pura.

Portanto, "Árvores" recebe (mais que merecidamente) o destaque da semana,
Novamente, parabéns à autora!
Iniciado
Atualizada
Idioma Português
Visualizações 5.340
Favoritos 1.132
Comentários 85
Listas de Leitura 183
Palavras 1.180
Terminada Sim
Categorias Histórias Originais
Tags Drama, Fluffy, Lírica, Original, Poesias, Romance, Shoujo, Texto

LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Drama / Tragédia, Poesias, Romântico / Shoujo

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Lista de Capítulos

Capítulo
Palavras
1.
Capítulo Único
85
5.340
1.180

Gostou da História? Compartilhe!

Comentários em Destaque

Postado por Syr
Capítulo 1 - Capítulo Único
Usuário: Syr
Usuário
Se você escreveu com o coração, então eu te santifico. E saúdo.
Postado por Sara_Senjo
Capítulo 1 - Capítulo Único
Usuário: Sara_Senjo
Usuário
Estou chorando. O que, na verdade, não faz sentido nenhum tendo em vista que foram palavras tão tranquilas as que acabei de ler.

Não sei se chegará a ler o que estou escrevendo, mas a necessidade de me expressar me faz pensar que, talvez, isso não importe (quando, na verdade, é o mais importante). Estou me contradizendo pois não sei o que escrever de fato. Poderia falar sobre o lindo cenário esverdeado e meio amarelado que suas palavras me fizeram pensar, sobre a grama molhada na qual botei os pés enquanto lia, ou sobre a escrita simples e tão descritiva que me fez entender cada palavra e logo depois duvidar de meu entendimento.

Poderia falar das vestes antigas com direito a suspensório, mesmo tendo os pés descalços, que vieram em minha cabeça em algum momento.

Poderia falar da leveza que me abateu, e que me fez lagrimar por uma razão que me nego a expressar verbalmente (pois depois de tudo, eu invejo as palavras que você usou, por carregaram a leveza que eu tanto preciso).

Poderia falar do amor descrito, que vai além do real e que alcança o imaginário de forma tão completa e talvez infinita, mas sem dúvida poética.

Poderia falar de tudo isso e de mais coisas (que passaram pela minha cabeça em algum momento mas que agora se negam a voltar), mas sinto que não serei capaz de dizer de forma compreensível o que me abateu ao ler seu texto, tão simples e complexo, e que me trouxe tantas contrariedades. Então vou me limitar a fazer o que minha mãe sempre me ensinou (em palavras doces mas expressas de forma tão dura através dos seus lábios finos). Vou agradecer.

Obrigada.
Por me fazer refletir tão sutilmente ao tentar lhe responder.
Por trazer através da escrita um sentimento que me apertou o peito de forma confusa.
Por ter escrito isso e sem querer, ter melhorado a minha noite vazia.

Obrigada_sz_
Postado por waryeol
Capítulo 1 - Capítulo Único
Usuário: waryeol
Usuário
Eu recebi a notificação tem uns dias - como sempre e venho enrolado propositalmente ler, tem acontecido tanta coisa em minha vida que estava me sentindo meio desorientada, e eu nunca quis ler algo sem me permitir entrar nos sentimentos que foram colocados ali, pq eu sei que sempre tem tanta informação sentimental. Seria um sacrilégio passar meus olhos por essas palavras e não as permitir entrar em minha pele.

Gostaria de dizer que a humanização das árvores me agradaram tanto tanto, me deu uma saudade enorme da Alice de 6/7 anos que era uma marota incorrigível (talvez eu ainda seja, mas é segredo) E não tenho palavras pra descrever isso, na vdd, eu nunca sou boa comentando pq eu saio descarrilhada e esqueço de dizer o que eu realmente gostaria de dizer.

Céus, eu estou apaixonada, pela sua escrita (que surpresa), pelo que vc me contou... como me permitiu chegar lá.

Você descreveu uma atividade que eu amava tanto fazer, socorro aiai, eu me peguei lembrando de quão divertido é fazer isso, atualmente eu convivo de forma diferente com as árvores, eu gosto de me encostar nelas, como eu faço com meus amigos... a textura das minhas velhas amigas atrás de mim é tão relaxante.. Você já perdeu algum tempo só apreciando a existência delas, apreciando ficar sob seu manto? É algo mudador de vida. Só não durma em local publico, eu já fiz isso uma vez e acordei completamente perdida hehe.

Sobre essa pessoa... a narradora em questão ela é tão apaixonada... é de aquecer o coração, a forma como foi me contando os detalhes de seus sonhos mais enamorados... tão refrescante... não sei se essa é a palavra correta, porém é a mais próxima que lembro agora, sob a luz dos acontecimentos imagino algo como um daqueles quintais das casas das vovós, sabe? Não tem nada a ver, mas cê já sabe que eu sou atrapalhada e aleatória comentando, me desculpe por isso. Fico me perguntando o quanto é guardado, por quanto tempo esses sentimentos ficaram guardados e na coragem desesperadora de falar sobre eles. É incrível como você consegue me levar em uma montanha russa com suas palavras, estou completamente encantada.

Eu amei, nunca deixe de escrever querida, você fez minha noite outra vez. Obrigada estrelinha.
Postado por +susabi
Capítulo 1 - Capítulo Único
Usuário: +susabi
Usuário
Meu Deus!

Primeiramente, saudades de você. Recebi essa notificação e decidi me aventurar, acho que nesse tempo todo nunca li nada seu no sentido de alto original e lírico criado pelo único propósito de escrever. E a experiência foi uma maravilhosa que fez o tempo correr em satisfação.

Eu amei sua narradora, tem algo especial num narrador com seu próprio papel na história, mas que nos garante que não quer falar dele mesmo. As descrições de cada ato são tão precisas e detalhadas que o ritmo da leitura acompanha perfeitamente a atividade que descreve, ler essa obra foi como trepar uma árvore também. Primeiro eu estranho e analiso a mensagem, depois admiro e escalo para cima e para dentro tentando ver a paisagem que fica no topo.

A viagem foi maravilhosa por si só, um carinho muito grande e com muito espaço para interpretação. Eu me perguntei se trepar árvores não é uma metáfora para o amor dele, especialmente quando as árvores foram humanizadas ao ponto de aprender a rejeitar uma outra tentativa.

Mas depois, a visão do topo, aquela em que o narrador se revela tão intimamente, essa foi bela demais. O desespero e intensidade de não ter palavras suficientes e ao mesmo tempo ter palavras demais para descrever um sentimento imensurável.

Foi maravilhoso, você tem uma técnica incrível e obrigada por esse poema em prosa <3