1. Spirit Fanfics >
  2. Indigo

História Indigo


Escrita por:


Fanfic / Fanfiction Indigo
Sinopse:
Os remédios deveriam fazer com que eu me sentisse melhor. Mas eu só me senti bem de verdade quando ele apareceu.
Iniciado
Atualizada
Idioma Português
Visualizações 4.382
Favoritos 306
Comentários 60
Listas de Leitura 41
Palavras 13.802
Concluído Sim
Categorias Monsta X, NO.MERCY
Personagens Gun, Joo Heon
Tags Gun, Gunhee, Gunheon, Joogun, Jooheon, Monsta X, Nomercy

NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama / Tragédia, Ficção, Ficção Científica / Sci-Fi, Gay / Yaoi, Mistério, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de difamar ou violar as imagens dos artistas.

Lista de Capítulos

Capítulo
Palavras
1.
Primeiros sinais
9
1.235
1.754
 
2.
Aprendendo a enxergar
9
781
2.681
 
3.
Uma aventura
9
640
2.579
 
4.
Primeiro contato
8
616
2.589
 
5.
O adeus
8
550
2.876
 
6.
Recomeço
17
560
1.323

Gostou da História? Compartilhe!

Comentários em Destaque

Postado por Lilaahs
Capítulo 3 - Uma aventura
Usuário: Lilaahs
Usuário
Ai, meu deus, o profitelore *--------------------* usahasuhsuahsaah eu não sei como descrever esse capítulo, mas confesso que ele foi me deixando cada vez mais empolgada enquanto eu lia, talvez porque ele esteja com um toque menos sombrio do que o primeiro capítulo, por exemplo xD É esse clima entre o Jooheon e o Gun, sério, achei muito fofo o fato de que eles já se acostumaram com a presença um do outro, mesmo que o Jooheon esteja desconfiado... mas, na verdade, ele gosta bem mais do Gun do que parece (e olha que parece muito amor já lol).
Era pra eu começar o comentário falando de algo que notei ali no início do capítulo, mas o profiterole me embasbacou suahsauhasusaah então, o ponto era: MEU DEUS, COMO VOCÊ CONSEGUE NARRAR O GUN TÃO DIREITINHO??? *--------* Porque, sério, todos os gestos que você descreve, até o jeito de falar! Dá pra imaginar o Gun fazendo tudo certinho, desse jeitinho aí, como se ele estivesse realmente aqui enquanto eu tô lendo. Esse negócio de colocar a mão na nuca, GENTEEEEEEEEEE, é muito ele, é perfeito!!!!!!! O Jooheon da fic também passa essa coisa, esse feeling, mas com o Gun é 100% real suahasuhsusahusahah
E esse finalzinho do "seguro a mão de Gunhee" T~~~T punhalada no meu peito, porque só de imaginar isso, já dá aquele friozinho bom na barriga suhsuhasusah mais do que imaginar o Gun de toalha, neah?! lol achei que ele ia convidar o Jooheon pra tomar banho junto #aquelas brincadeira, vamos com calma lol
Enfim, eu amei o capítulo <3333333333 valeu a pena a demora aushushsausah
Postado por YoriSuzuki
Capítulo 1 - Primeiros sinais
Usuário: YoriSuzuki
Usuário
Eu vou precisar de calma para comentar tudo o que li aqui. Pois acabo de achar o diamante que garimpava há tanto tempo nesse site.
Vou tentar comentar tintim por tintim, pois acho que essa maravilha merece isso.
Bom, vamos começar pelo começo (adoro redundâncias haha): a descrição da xícara e da forma como ele observava seu arredor com tanto cuidado me deixou MUITO impressionada. Seu jeito de descrever a visão dele as coisas, sendo a caneca caindo ou a forma simples como ele lida com os problemas da casa, aliás, como NÃO lida com eles, simplesmente deixa as coisas passarem, ficou muito humana, me passa a imagem de uma pessoa completamente sem expectativa, ele não limpa, pois não precisa limpar, é simples, mas é imprescindível.
Depois vem a parte em que ele dorme e acorda tendo se urinado, também lidando com isso como se fosse a coisa mais normal do mundo, para um adulto isso não é normal e com certeza uma pessoa comum não teria lidado dessa forma, entretanto ele me aprece tão entregue e tão acostumado com o seu modo de ser e viver que nem sequer liga para isso.
Claro que não tem como não citar o grande mistérios da história, pensar se ele está ou não imaginando tudo que acontece ao seu redor, fica claro que ele tem problemas mentais e uma forma de explicar o que está havendo seriam sintomas de sua enfermidade, porém, eu imagino que não seja esse o caso, principalmente se tratando da parte final.
Aliás, citando o final, falemos dele: fiquei bem impressionada com a parte em que ele para ver seu ferimento, pois somente a dor não é capaz de prová-lo de que o mesmo se encontra ali, o que mostra que suas alucinações de enfermo devem ser pesadas, estou bem ansiosa para ler o próximo capítulo, farei isso assim que terminar aqui.
Sua escrita é impecável, realmente muito bonita, estou apaixonada pela profundidade que dá aos pensamentos do personagem; uma obra de arte.
Postado por CrazyJewel
Capítulo 2 - Aprendendo a enxergar
Usuário: CrazyJewel
Usuário
Desde que comecei a ver o No.Mercy e a saber mais sobre a "amizade" do Jooheon com o Gunhee, eu SEMPRE esperei que aparecesse uma fanfic sobre eles dois e FINALMENTE achei a sua *-*
Você não tem noção de como fiquei feliz *-*

Mas vamos lá... Eu quase nunca favorito uma fanfic, mas a sua me chamou a atenção porque, além de ser uma fic com meu couple lindo e maravilhoso, tem um tema intrigante e que, se você desenvolver do jeito que estou imaginando, ficará perfeito :')

Eu não faço a menor ideia do que seja o problema do Jooheon, mas meio que tenho umas teorias... Será que ele é, sei lá, esquizofrênico? Ou que talvez ele seja capaz de ver espíritos e Gun é um deles? Ou, ainda mais improvável, será que o Jooheon é que é fantasma? HSAFHWEKSHDFHESDKF Sim, minhas teorias são péssimas, miane!!!!

Bem, Jooheon as vezes tem um jeito meio fechado e tudo o mais e vi que você conseguiu retratar um pouco dessa parte dele... Do mesmo jeito que fez o Gunhee ser o fofo que sempre é, embora ele também seja fechado em certos momentos.
A ligação entre eles está aparecendo aos poucos, eu acho... E isso é a melhor coisa. Odeio ler coisas que acontecem rápido demais...

Eu estou muito ansiosa pelo próximo capítulo e e e e <3

E, só pra vc saber, já estou amando esse Gun... Ele só precisa ser menos passivo, pelo amor de Deus /corre
Postado por Lilaahs
Capítulo 2 - Aprendendo a enxergar
Usuário: Lilaahs
Usuário
Ahhhhhhhh, espera que eu fiquei confusa uashuashaushsaah quero dizer, o Gun me deixou confusa, pq, pelo que eu entendi, ele sempre esteve ali - nós temos os sinais desde o início da fic -, mas como assim ele não se lembra?????? Achei que o problema todo seria apenas do Jooheon e vejo que me enganei asuhsauhsausah aliás, eu pensei besteira com essa do banheiro, acho que eu li fics +18 demais e minha mente ficou um tantinho poluída lol
Preciso dizer que o Jooheon é um safado que está se importando mais com o fato de que o Gun cozinha bem saushauashash "Eu sou o Gunhee, ué" foi muitoooooooo a cara dele!
E esse "eu vou ajudar você, okay?" no final, fez meu coração dar um pulinho *-* já dá pra sentir a ligação entre os dois, mesmo que ainda não esteja muito claro ^^'
Bom, espero que vc atualize logo pra eu entender melhor o que aconteceu com os dois,pq sinto que estou misturando as histórias deles, mesmo elas não tendo sido apresentadas ainda suahuhasuasah e ah! Adorei o estilo da escrita, sério, tem alguma coisinha a mais aqui que eu não sei descrever, mas quem lê percebe xD